segunda-feira, maio 03, 2010

Believe everything happens for a reason - By Ana Carolina

Boa noite!

Com certeza muitas por aqui não me conhecem, ou nunca nem viram minha foto, mas como sou tímida até pela internet normalmente fico só acompanhando as conversas. Bom, nesse primeiro post vou contar um pouquinho sobre como vim parar aqui.

Tenho 22 anos, fiz 4 anos de Administração de Empresas mas ainda não conlcuí a faculdade, pois tenho umas DPs do 1º ano que ainda não consegui fazer, e a faculdade parece que só dificulta a minha vida, juro que desde o primeiro ano tenho problemas com eles, e não seria diferente com as DPs. Muita gente me fala pra terminar essas matérias para depois viajar, mas tentei, tentei, e tentei terminar essas matérias e não consegui fazer esse semestre, então vou primeiro pra depois voltar e terminar. Sei que quando voltar vou ficar com preguiça, desanimada etc e tal, mas sinto que se não for agora, não vou mais!

Comecei com a ideia de ser Au Pair a pouco tempo, em julho do ano passado. Tudo começou quando uma amiga minha falou que ia e quando soube ela já estava lá, em NJ e estava amando! E depois conversando também com uma outra conhecida, fiquei sabendo que ela tinha sido Au Pair em Chicago há 2 anos, e também amou a experiência.

Comecei a procurar informações, agências, conversei com a minha amiga e resolvi assistir as palestras da STB (APC) e EF (CC). Levei meu pai nas duas palestras pra ele ir acostumando com a ideia, mas não adiantou, ele foi contra e continua sendo.

Amei as palestras, já sabia de tudo que eles falaram, pois já tinha pesquisado o possível e o impossível, mas mesmo assim depois de assistir a depoimentos, visitar a agência, fiquei MUITO mais animada, foi ai que pensei: "tenho certeza que quero fazer isso, tento ficar nesse emprego até fev/2010, já preencho a papelada e vou logo depois da minha formatura (que foi em março)". Mas tinha muito o que fazer ainda também, as horas com kids, não tinha CNH, e fiquei em dúvida entre as agências...

Até aí, tava tudo lindo, maravilhoso... Em setembro, fui promovida, e todos meus planos de ficar até fev e pedir a conta se foram por água abaixo, pois estava em uma empresa "boa" e com um salário ótimo, deixei essa história de viajar de lado.

Quando esqueci a história de au pair o que acontece? FUI DEMITIDA, e fiquei com tanta raiva pois foi no começo de março, bem na época que tava querendo ir, ou seja, se tivesse continuado com meus planos do ano passado, já estaria nos EUA.

Mas faz parte, acredito que tudo tem sua hora pra acontecer e comigo não foi diferente. Acho que se tivesse ido antes, ou feito tudo como tinha planejado não seria uma boa experiência pois não estava preparada.

Voltei então com meus planos antigos, já que ainda tinha uma graninha. O problema agora é meu pai, que arruma qualquer desculpa pra eu não ir, ele é totalmente contra, e acha que eu deveria ficar no Brasil, arrumar um bom job por aqui mesmo e é isso. Mas esse medo dos pais acredito ser mais do que normal, e aqui em casa com certeza não seria diferente pois sou a mais velha, tenho um irmão de 19 e uma irmã de 17. Tá certo que eles não são mais crianças, mas depois que perdi minha mãe há 3 anos, meu pai começou a depositar toda a responsabilidade em mim, pagar contas, ir ao mercado, cuidar de tudo. Não estou reclamando, longe disso, confesso que com tudo isso cresci e amadureci muito e tenho medo mesmo de deixar meus irmãos aqui e meu pai, mas acho que vai ser bom tanto pra mim, quanto pra eles.

E é isso minha gente! Agora estou tirando a CNH, comecei o CFC hoje by the way, estou fazendo trabalho voluntário em uma creche e em uma escolinha perto de casa, pois antes só tinha referências familiares. Semana passada fiz entrevista pra ser monitora em um English Camp, espero que dê certo, pois seria uma chance de treinar mais meu inglês e já ir me acostumando com kids + english.

Boa sorte para quem já foi, ainda vai ou está pensando em ir.

Até o próximo dia 3!!

Beijos

"Life is too short to wake up with regrets. So love the people who treat you right. Love the ones who don't just because you can. Believe everything happens for a reason. If you get a second chance, grab it with both hands. If it changes your life, let it. Kiss slowly. Forgive quickly. God never said life would be easy. He just promised it would be worth it."

Um comentário:

  1. Ana realmente ele deve ser contra por medo de algo te acontecer, meu pai ainda nem sabe que eu vou, só minha mãe e ela me apóia -apesar de não ser 100% a favor... bjos e boa sorte...

    ResponderExcluir