domingo, maio 30, 2010

Quem não se comunica... - por Mariel

Olá!

Primeiro eu gostaria de atualizar pra vocês a minha situação no programa, rs. Tive match! Vou para Northbrook, Illinois, cuidar de 3 crianças: uma menina de 10, um menino de 8 e outro menino de 5. Eu simplesmente amei a family e estou muito feliz! Agora pra poder comemorar de vez resta esperar o resultado do visto, né?

Agora vamos ao que interessa! Hoje eu gostaria de falar sobre algo que, na minha opinião, é um dos fatores que mais determina o seu sucesso (ou a inexistência deste) no programa: a comunicação com a host family.

É MUITO comum ouvirmos reclamações de au pairs sobre atitudes de suas host families e isso é absolutamente normal! Afinal você, de repente, vai para a casa de pessoas que você não conhece, tem uma leve idéia sobre suas personalidades e estilo de vida, mas, na verdade, você não sabe NADA sobre a realidade, os princípios, as regras e as manias da família. Além do mais, eles não são perfeitos (e nem você) e terão defeitos que te incomodarão. E em muitas situações você não pode conversar com eles como se fosse "parte da família" (por mais que eles se esforcem pra te tratar assim) simplesmente porque você trabalha pra eles! Então é sempre necessário ter muito cuidado com a forma de reclamar sobre algo que não gostou ou deseja que seja diferente.

Porém uma coisa é fato: você não deve ficar calada! Conhece a expressão "bola de neve"? Pois é! É isso que vai acontecer se você deixar qualquer momento desconfortável passar batido. Você aguenta uma coisa num dia, no outro ela acontece de novo e, quando você vê, sua family já se acostumou com aquela situação e você, aí, sim, vai ter MUITO mais dificuldade pra reclamar de um comportamento que já virou rotina.

Para citar apenas alguns exemplos:

"Minha host family usou a gasolina que EU coloquei no carro pro meu tempo livre."

"As crianças entraram no meu quarto sem a minha autorização, mexeram nas minhas coisas e os pais não fizeram nada."

"Minha host mom me avisou de última hora que eu teria que trabalhar hoje à noite e eu já tinha planos com minhas amigas."

"Os pais pediram que eu fizesse a laundry deles também."

"Meu host não gostou de tal coisa que eu fiz e gritou/foi grosso comigo."

"Meu hosts me pagaram atrasado nas últimas duas semanas."

Enfim... A lista é imensa! Todas essas coisas podem acontecer com qualquer uma e, às vezes, pode até não ser por má intenção da família. Eles podem realmente ter esquecido de te pagar! Ou podem não ter parado pra pensar que você já tinha planos para aquela noite quando te pediram pra trabalhar até mais tarde.

Mas não importa o que aconteceu e se foi de propósito ou não. O que importa é que se te incomodou e você viu que eles não perceberam (ou fingiram que não perceberam), você precisa falar!

Pense bastante sobre o ocorrido, veja os argumentos que vai utilizar e pondere a melhor forma de abordar o assunto. É importante não ir com a cara de quem "toma satisfações", mas sim de quem se sentiu desconfortável com alguma coisa, entende que a family pode não ter feito por querer (por mais que você ache o contrário) e está disposta a conversar amigavelmente sobre isso para resolver o problema.

Ou seja: não chegue "quebrando tudo"! Vá com calma, mas não deixe de colocar as cartas na mesa. E, se for o caso, sugira o que eles podem fazer para modificar o comportamento que te incomoda. Por exemplo: "Por que nós não agendamos depósitos automáticos do meu salário para a minha conta todas as sextas-feiras?" ou "Por que não fazemos um 'diário' com as datas de abastecimento e os recibos do posto de gasolina?" e assim por diante.

Se você gosta da sua family, não vale a pena ficar chateada e irritada pro resto do ano por causa de algo que talvez seja negociável. E muito menos perder a family!

E, na minha opinião, a expressão chave é: BOM SENSO! Verifique o momento adequado para falar sobre o assunto (não quando suas 3 crianças estão se batendo no playroom, a água do macarrão está fervendo e sua host está estressada por causa do trabalho, rs). E se uma vez ou outra sua family faz algo que você não gosta, mas não é tão grave assim e eles, por outro lado, te ajudam em momentos que podiam te ignorar ou deixar você na mão, pondere! Pode ser que eles te peçam pra trabalhar a mais que o normal numa semana (claro que não ultrapassando as 45 horas sem pagar extra), mas na outra semana eles te deixem sair mais cedo pra um show legal que você vai assistir com uma galera. Uma mão lava a outra, no fim das contas!

Reclamar sobre certas coisas é normal e eu até acho que você deve desabafar, sim, com suas amigas! Fale mal dos hosts, das kids, das coisas que te incomodam, e tal. Mas se elas são apenas reclamações de uma rotina cansativa e não um abuso que sua family está tendo em relação a você, relaxe! Desabafe e depois deixe pra lá! Nunca se permita esquecer das coisas maravilhosas que o país e o programa oferecem (sim, elas existem!) e que te fizeram tomar a decisão de ser au pair!

Bom, acho que é isso... Espero que este post ajude algumas de vocês!

Beijos e boa semana pra vocês,

Mariel

2 comentários:

  1. Falo e disse Mariel! Comunicação é tudoooo! Boa sorte com o visto e feliz América pra você!

    ResponderExcluir
  2. C teve match e eu nem sabia!!!!!!! PARABÉNSSSS... Felicidades.

    ResponderExcluir