terça-feira, junho 01, 2010

Contagem regressiva - por Giulia

Oi, gente!

É a minha segunda vez postando aqui e eu preciso dizer que esse mês passou bem rápido. Hoje faltam 35 dias pro meu embarque, e esse número vai diminuindo a uma velocidade assustadora. Ah, e eu ando completamente ausente da comunidade porque estou passando umas semanas na casa da minha mãe aqui em SP e minha irmã fica no pc o dia inteiro :(

Bom, meu visto é segunda-feira que vem e eu sinto que não estou levando isso tudo muito a sério. Não separei documentos, não decidi o que vestir e nem paguei os 9 dólares complementares da taxa do visto (aumentou de 131 pra 140 dólares pra entrevistas a partir do dia 04/06). Muito menos estou 'losing sleep', que é o que eu vejo acontecendo com as meninas antes da entrevista. Ah, nem descobri como chegar ao Consulado, também.

Não sei por que estou tão tranquila. Talvez porque eu sinta que vai dar tudo certo, ou então porque eu não vejo a hora de sair daqui. Essa semana fui comprar os presentes pra família e foi uma sensação diferente. Acho que é insegurança, morro de medo de a família não gostar de mim, principalmente as crianças. Mas ontem tive uma surpresa muito agradável: o host me mandou um e-mail perguntando meu endereço porque as kids queriam me mandar algo. Achei muito fofo!

Acho que a minha relação com a host family é diferente das vossas. Desde o match (07/04), só nos falamos mais 3 vezes por e-mail. Eles não perguntaram minha cor preferida, não vão decorar meu quarto e duvido que me recebam com um cartaz e presentinhos, mas acho que foi por isso que nos demos bem: tanto eu quanto eles somos bastante desligadinhos.

Tenho um monte de coisas pra resolver e morro de preguiça de começar. Nem minha PID eu solicitei. Vou acabar deixando tudo pra última hora, pra variar. Tenho ainda que cancelar a conta do celular, ver minha situação no banco, fazer procuração, comprar lentes, decidir o que colocar na mala, pagar a agência, comprar dólares, terminar de comprar presentes (...). Mas o que mais me assusta é eu não estar preocupada com nada, porque, né, eu já deveria estar surtando a esse ponto.

Uma garota da África do Sul criou um 'grupo' no facebook pra meninas eu vão embarcar dia 6 de Julho. Eu achei que só nós, brasileiras e sonhadoras, venerávamos tanto o programa au pair. Mas aí eu li lá os comentários das alemãs e elas parecem bem mais desesperadas que nós, haha. Por falar nisso, conheci uma alemã que vai morar pertinho de mim. Estaremos no mesmo cluster e provavelmente vamos dormir no mesmo quarto durante o treinamento. É legal chegar lá já conhecendo alguém (além das brasileiras, com quem eu mal mantenho contato, né).

Fora tudo isso, minha mãe já tá toda sentimental. Eu agradeço muito por não ser ligada a ninguém aqui no Brasil, senão eu estaria toda sofrendinho. Quer dizer, tem um garoto aí, né, mas ele não é nada meu, então não tem por quê eu sofrer. Mas deixo aqui minha solidariedade para todas as meninas que estão sofrendo com isso. Espero que superem!

E estou louca pra saber novidades da Jess, que acabou de embarcar.

Eu estava lendo o post da Mariel e me lembrou de uma coisa que me deixa irritadinha.
Muitas meninas vão pros EUA com pensamento de férias. Querem ganhar dinheiro sem trabalhar e gastar tudo em viagens e baladas. Meninas desse tipo reclamam quando têm que brincar com as kids, quando os hosts se atrasam meia hora, quando são pedidas pra trabalhar num sábado à noite ou quando têm que lavar uma louça a mais. Gente, acordem. Os hosts não vão te mimar, eles já têm que fazer isso com os próprios filhos. Eles não pegam au pairs porque acham divertido conhecer outras culturas. Eles pegam porque é mais barato, ou seja, eles não estão nem aí se você já tem planos ou se adoraria ficar off mais cedo. E não ligam se você está de homesick ou se não se adaptou. Como diria a Luciana, eles só te querem em condições de trabalhar, o resto é por sua conta. Você é o estepe, acostume-se!

É claro que há famílias que são exceções, né. Mas acho que, basically, se você cumprir sua parte, eles cumprem a deles. Mas lembre-se: se você pedir um favor, depois não reclame se eles pedirem outro de volta!

Esse post foi meio inútil, tá mais pra desabafo do que pra algo produtivo, haha. No próximo post eu já terei meu visto e estarei a 5 dias de embarcar. Prometo ter um assunto melhor!

Boa viagem pra quem tá indo, boa sorte pra quem vai tirar o visto, etc, etc, etc.

Ah, e meninas, vamos manter esse blog em dia, né?

Beeijo.

5 comentários :

  1. Oi Giulia!
    Eu estou na contagem regressiva tbm!
    pra mim faltam 20 dias e eu nem mala comprei hahahaha..começei hj a ir atras de presente pra family! Hahahhaa!
    pra variar vai fikar pra ultima hora tdo mesmo!!! Mas vamo que vamo! :)
    Boa sorte com seu visto!!!
    Beijos
    =*

    ResponderExcluir
  2. ahhahaha Ta chegando a hora heim neguiinhaaa
    *-------------------*
    Vai lá dançar o caminho das indias / lOL
    torço por ti ;)
    Vai dar tudo certo \o/

    ResponderExcluir
  3. Estou igual a vc...nem comecei a arrumar nada e estou a 47 dias do embarque! Nada de PID, presentes, o que levar na mala, dólares...enfim, tb estou deixando pra depois...
    Quanto à família, tb nem converso muito com a minha, mas sinto que isso é natural pq conversaremos sobre o quê?! =/
    Tá chegando...ah! o visto?! tb fiquei bem tranquila e arrumei tudo um dia antes! conesgui o visto com apenas três perguntinhas! o negócio é: tranquilidade...

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Nem preciso dizer que te desejo boa sorte né?! Vê se aparece mais na comu!

    ResponderExcluir
  5. Giu, relaxa que eu tava IGUALZINHA a vc um mes antes do embarque. Tinha acabado de sair do emprego, tinha essas mesmas mil coisas pra resolver, e fui fazendo aos poucos, sem pressa, bem desligada. O visto nao merece essa preocupa;'ao toda nao, é só nao chegar la com um bottom de "i heart 11 de setembro" que da tudo certo.
    Eu só troquei os dólares e comprei mala na semana antes do embarque, entao fica sussa meeesmo, que tudo se ajeita!

    Boa sorte!

    ResponderExcluir