sábado, setembro 25, 2010

Introdução: Por Mary Oliveira

Ola pessoas, esse e o meu primeiro post para o blog. Eu sou a Mary, tenho 24 anos e atualmente moro em Salisbury, Ma. Devo comecar dizendo que estou muito feliz em poder compartilhar desse trabalho que tanto me ajudou nos meus momentos de crise EUA, e tambem gostaria de me desculpar pois o meu post vai todo sem acentuacao (maleficios de se comprar um computador as precas no mercado).
Bem minha saga e a seguinte: cheguei aqui em maio de 2010 e fui viver em Indiana. Minha familia era muito legal, apesar do alto indice de reproducao e de todas as folgas que caminham junto ao fato de se ter uma au pair pela primeira vez. Minhas cinco criancas uns amores, mas meu trabalho era absurdo. Durante quatro meses trabalhei sem agenda - e quando digo se schedule era sem mesmo, tendo o meu destino decidido em meio ao tumulto do dia a dia.
Bem, resumindo trabalhei mais do que devia, fiquei infeliz porque a minha cidadezinha era definitivamente o fim do mundo cuja unica opcao de transporte era a minha inseparavel bicicleta, estava completamente far far away da civilizacao e encontrar as outras meninas era um verdadeiro parto.
Apesar de tudo isso estava aguentando, porque afinal eu gostava muito da familia, mas quando me foi impossibilitada qualquer opcao de estudo que eu tinha interesse simplesmente nao deu mais pra mim. Acho que o acumulo de tudo fez o meu caldo entornar.
Mesmo com medo, afinal rematch pode ser a coisa mais aterrorizante, a pressao psicologica e simplesmente absurda, decidi que precisava dar um rumo na minha vida. Eu nao podia passar o resto do ano que planejei tanto, na mais completa infelicidade (Regada de fins de semana muito divertidos, but not enough). Foi assim que dois dias depois do meu pedido de rematch (que estava valendo ate o voltar pra casa) que achei a familia com a qual estou agora, o que pra mim foi a perfeicao.
Tenho quatro criancas aqui - pois e eu gosto de familias grandes - mas trabalho mais com o Ryan, meu anjinho de 3 anos, ja que as outras estao na escola. Minha schedule e fixa - trabalho de segunda a sexta das 8 as 5, e minha familia e muito compreesiva e simpatica.
Estou aqui ha tres semanas, as quais posso dizer que foram as que mais aproveitei. Nao me sinto morta de cansada ou explorada, ou qualquer tipo de infelicidade. Tive a oportunidade de conhecer pessoas muito amaveis que tem estado comigo e me ajudado na exploracao local. Comeco estudar na semana que vem, nao o curso que eu queria, mas esse foi o problema de pedir rematch no final do summer, sem matriculas para o fall.
Enfim, tudo isso pra dizer que, por mais que voce tenha medo, se sinta insegura, ou nao tenha nenhum problema efetivamente grave com seus hosts, nao vale a pena ficar se torturando. Sempre existe uma janelinha no final do corredor, basta voce olhar de uma outra perspectiva! Isso parece um pouco de auto ajuda, mas funciona.
Eu acredito que a experiencia alheia pode contribuir para melhor enfrentar o mundo, assim resolvi compartilhar com voces essa minha pequena historia. Volto no proximo mes, com mais um diario de bordo de Lucas Silva e Silva direto do mundo da lua!
Mary Oliveira

5 comentários:

  1. Ki bom que tudo deu certo...

    ResponderExcluir
  2. Nossa que corajosa vc.... com certeza vc tomou a melhor decisão e que ótima sua nova sua familia....

    ResponderExcluir
  3. Parabéns... Entrar em rematch requer coragem e fico feliz que deu tudo certo e, melhor, sem brigas com a família antiga... Gostei do seu post!

    Beijos e até mês que vem!

    ResponderExcluir
  4. Oi Mary!
    Muito válido o seu post.
    Ajuda mto saber da experiência de vcs que já estão aí.
    E parabéns, pq é preciso de muita coragem pra pedir rematch!
    Boa sorte aí e aproveite bem seu curso, que mesmo não sendo o que vc queria, pelo menos vc vai estudar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ooooiii Mary!! Td bem?
    Nossa, ADOREI teu post! Mostrou q vc é muito corajosa e não tem medo de ir atrás do que quer, mas sempre respeitando os outros! Assim que tem que ser!! :D
    Beijoooos, até o próximo post!
    Ótima semana pra ti!

    ResponderExcluir