quarta-feira, agosto 22, 2012

E a vigésima segunda sou eu!


Todos os meses no dia 22 vocês vão ler sobre a história de mais uma au pair, como todas as outras 29 meninas do blog. Vou buscar trazer sempre algo diferente e informativo, mas como esse é o mês das apresentações, hoje eu vou apenas falar sobre mim e contar como anda o meu processo como au pair.
Meu nome é Camila, tenho 19 anos, sou gaúcha e curso Engenharia Sanitária e Ambiental. Não gosto de falar muito sobre mim porque eu estou em constante mudança, todo mundo está. Muitas das minhas características de ontem já não combinam comigo hoje, eu gosto disso, gente que é a mesma coisa desde que nasceu me cansa.
Desde os 14 anos eu sonho em fazer um intercâmbio. Focando, sonho com um intercâmbio, não em ser au pair. Como a maioria, escolhi ser au pair pela falta de grana. Conheci o programa assistindo a uma palestra de intercâmbios no Yázigi. Cheguei em casa, dei uma lida no site da InterExchange, nem se quer pesquisei outra agencia, uma semana depois, como pouco impulsiva que sou (e isso eu sou desde que nasci), eu estava assinando o contrato e começando a preencher o App.
Como eu já tinha sido babá algumas vezes, preencher a parte de experiências com crianças foi fácil, difícil foi falar sobre eu mesma usando vários caracteres. Levei mais de um mês nesse App. A famosa “Dear Host Family” foi fácil, li modelos em vários blogs e fiz a minha em menos de um dia.
Enquanto preenchia tudo isso eu ia contando pra Deus e o mundo que vou viajar, ser au pair. Gente, não tem coisa pior do que todo mundo perguntando “eaí, quando tu vais?” Ou “Desistiu de viajar?”. Eu já cansei de tanto explicar como funciona o programa, mas sempre tem um chato desinformado. Então aí vai um bom conselho de futura au pair pra futura au pair: não conta pra ninguém, além dos teus pais, sobre a viagem até que tu tenhas um match, sério, NÃO CONTA. É muita pressão e afeta o psicológico.

Estou online desde 25 de maio e, acredito que como todas as outras, completamente impaciente e fissurada pelo F5. Conversei com algumas famílias no GAP, uma delas me tentou pra eu ir sem agência, mas além de impulsiva sou medrosa, e sem agência eu não iria. Tiveram seis famílias no meu perfil da IE, mas somente 3 entraram em contato. Cheguei perto de um Match, troquei mais de 10 BIG e-mails com a family, tive 2 skypes e por fim ela diz que teve o match com outra menina, para a minha tristeza.
Enfim, esse é o início da minha saga auperiana, e isso é uma parte da minha vida. Estou esperando ansiosamente, assim como todo mundo online, encontrar a família certa e sentir o tal felling. É isso então, nosso próximo encontro está marcado para o dia 22 dos próximos meses. 

4 comentários :

  1. Pois é Camila, somos 2 nessa espera.
    Estou com uma família de Brewster, NY no meu perfil agora e recebi um e-mail ontem da mulher me pedindo pra ligar pra ela. Vou ligar né.. ver no que dá.
    O lugar parece ser uma vila sem ter muito o que fazer, mas fica a 1h de NYC.


    E aqui vou eu pro meu primeiro contato, desde 1 de agosto.


    Boa sorte, Camila!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Cíntia Ferreira22/8/12

    Camilaaa, concordo plenamente com você sobre #keepsecret quando se refere a ser AP!
    Ooos processo demorado! kkk
    Boa sorte da sua saga :) Deus te abençoe!
    Xoxo
    http://maisumaaupairnoseua.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Larissa22/8/12

    Pelo menos isso eu consegui,rs, quem sabe desse meu 'processo' são algumas amigas mais chegadas, meus pais, irmãos e minha cunhada, ninguém além dessas pessoas e, assim espero, seguirei sua dica: segredo, após o match e data de embarque falo, aliás, se bobear falo só quando tiver o visto em mãos,rs, ter match e problema com visto não rola,rs.

    Boa sorte aí =)!!!

    ResponderExcluir
  4. Bruna22/8/12

    Nossa, nunca mais pergunto quando tu vai.. haha mas desejo que tu consiga logo e que seja uma família bem legal!! boa sorte.

    ResponderExcluir