segunda-feira, agosto 20, 2012

Quem sou? Onde estou?

No fim de de 2005, estava eu, linda e loira em Goiania, estudando letras na UFG,  e tals.... Dai, eu tinha um ex namorado que havia mudado para Jacksonville,FL( essa cidade me persegue, depois vc sabera porque), com work and travel... Comecamos a conversar novamente, e eu me empolguei para ir para os EUA.
Ja tinha visto inumeros cartazes da cultural care no hall da faculdade, entao, decidi na minha mente: Seria au pair.
Bom, decidir e uma coisa, ter carteira, dinheiro, e ingles para ir e outra.
Eu estudei ingles quando tinha 15 anos... E nao era uma aluna aplicada... Minha licenciatura era Espanhol( thanks, UFG.) entao, o sonho estava bem distante.
O primeiro passo era carteira... Eu estudava de manha, e nao tinha um full time job. Nao queria trabalho no shopping, porque sinceramente, ficar em pe 8hrs sorrindo, nao era pra mim.... Minha mae, mesmo sendo domestica e ganhando muito pouco, foi minha heroina(te amo, mae)...Apertou aqui, apertou ali, e conseguimos que eu fosse pra auto escola.
So que, Detran Goiania e uma mafia... Entao, resolvi fazer numa cidade vizinha. Pegava busao e viajava 1h para fazer as aulas... Beleza.
Enquanto isso, eu vivia no GAP e no orkut( Nao , eu nao tinha computador, ficava na lan house). A ideia de ser au pair nao saia da minha cabeca, conversei com varias familias, mas queria muito ir pra Florida(acabou que o ex voltou para o Brasil antes de eu chegar aqui, mas...), entao, um belo dia encontrei a familia perfeita. Mae gravida e uma kid de 2 anos... NA FLORIDA! Yay! Eles aceitaram a entrar na CC por mim, aceitaram mudar a data do embarque para que eu entrasse na promocao da agencia, iam me dar um carro so pra mim, computador, celular, banheiro so pra mim... Aff, era bom demais pra ser verdade!!! Massssssssssss... E a carteira? E o dinheiro?  :(
Fiz a prova em novembro e nao passei. Se nao passasse na proxima, so depois do recesso do fim do ano. Me desesperei...O que??? Nao podia perder a familia!!!
Paguei para passar. Ok, uma etapa vencida... E agora? E o dinheiro para pagar o resto do programa?
Meus pais sao separados, e meu pai sempre foi ausente.Em 2005 ele sofreu um derrame e conseguiu se aposentar pelo INSS. Entao, ele poderia conseguir um daqueles emprestimos para aposentados ne?! O dificil era convence-lo a me dar a grana... Mas, com muito choro e insistencia, ele tirou os benditos 3mil reais pra mim. Aleluia.
Outra pessoa que me ajudou, foi um pai que conheci no GAP. Viramos amigos, ele era cristao como eu, e sim, ele me emprestou 500$ para que eu pudesse vir. ( Detalhe: Ele morava em Jacksonville!).. Quando cheguei aqui, paguei ele, mas nunca nos conhecemos... Acredito que ele foi so um anjo de Deus pra me ajudar mesmo.
Embarquei para New York em marco de 2006. A mala(velha) cheia de sonhos. Casaco do meu padrasto, sem muito dinheiro para gastar em NY. Mas, a alegria era inexplicavel.
Cheguei na familia, era tudo lindo e maravilhoso!!! Enfim... O que tenho a dizer e que, se vc tem un sonho acredite. Se eu, pobre do jeito que era, sem telefone, sem computador, sem dinheiro, cheguei aqui, voce tambem consegue. Tenha fe.





_____________
Por Lilly Costa

7 comentários:

  1. nessasinger20/8/12

    Nossa Lily realmente muito linda sua historia, vc tem blog proprio?

    ResponderExcluir
  2. Sara Magewski20/8/12

    Parabééns pela força Lilly!!

    ResponderExcluir
  3. Amei sua história. Parabéns pela garra!!

    ResponderExcluir
  4. Poxa Lilly, parabéns!
    Adorei essa sua história.
    Com essa experiência que você tem de EUA, você iria para Brewster, NY se a família fosse legal?
    Tô numa indecisão aqui.. porque me parece que o lugar é tipo um vilarejo, não tem muito o que fazer, mas fica a 1h de NYC.


    Beijoo

    ResponderExcluir
  5. Cíntia Ferreira22/8/12

    Mais uma vitoriosa ^^
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Fernanda Valverde24/8/12

    Eu simplesmente adorei sua história! Parabéns pela determinação, pela força e por nunca desistir do seu sonho. Seu relato foi como um "tapa na minha cara", rs.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Que história linda a sua! Amei, to super curiosa pra saber como foi/esta sendo sua vida agora Lilly :D

    ResponderExcluir