sábado, setembro 08, 2012

O dia da proposta


Bom, meninas... No meu último post (08/08) eu contei um pouco sobre minha historinha e disse que faria um post sobre alguns assuntos que eu só citei, mas não expliquei. Tais como contar para todo mundo que você está “pensando” em fazer um intercâmbio, o que não concordo e faria diferente. E sobre como meu namorado reagiu quando contei pra ele que eu realmente iria e como ficou tensa nossa relação por um tempo. Porém depois do meu último post aconteceram algumas coisas que a meu ver são mais importantes. Meu tão sonhado MATCH, por exemplo. Então, falarei sobre isso. Sobre como é estar online por duas agências, minha visão sobre isso, com quantas famílias eu falei e com qual eu fechei e o porque. Acho que vai ficar meio grandinho dessa vez né?! Vou tentar ser objetiva, prometo! Rs

Caso vocês estejam curiosas para saber porque não acho legal contar pra todo mundo sobre seus planos, escrevi sobre isso no meu blog também.

Como foi? Fiquei online pela Au Pair Care (=APC) no dia 26/03/2012. Conversei com somente 6 famílias durante o tempo que fiquei online (até 24/08) e não rolou MATCH, ou seja, quase 5 meses. Comecei a pensar que eu poderia fazer algo pra me ajudar. Fazer alguma coisa pra mudar essa situação. Então, dei entrada na Cultural Care (=CC) e fiquei online no dia 27/07 (A partir daí eu estava online pelas duas agências). No mesmo dia uma família selecionou meu perfil (CC). Eu gostei deles! Mas tinham algumas coisas que estavam me fazendo analisar bastante. Por fim, eles me mandaram um Email dizendo que tinham escolhido outra au pair. Ok! No mesmo dia outra família com 4 crianças me selecionou (CC). Eu mandei um recadinho dizendo que eu achava não ser capaz de cuidar de 4 crianças. Saíram do meu perfil! No mesmo dia entrou uma outra família (CC), minha família :). A mãe me mandou um Email perguntando quando podíamos conversar por Skype, então conversamos, trocamos Emails, tivemos outro Skype, mais um monte de Emails, me mostraram a casa, também mostrei meu quarto até que não tinha mais o que perguntar. Então, me perguntaram se eu estava gostando deles, eu disse que muito. E uns 3 dias depois recebo um lindo email:


Hi Bruna,



How are you doing?  We are doing well.  We are not able to think of any more questions for you at this time.  You have done well in answering all the questions we have had.  We like you and your work experience.  I think we would get along well and we believe you would do a good job in caring for girl 1 and girl 2.  We would like to offer you the opportunity to be our au pair, join our family, and care for our children.  Would you like to come stay with us of a year?  Please let us know your thoughts.  Please feel free to ask any further questions.


Thank you,
Host family

Pensei em um monte de coisa na hora. Não sabia se eu ficava triste, feliz, empolgada... Tinha TANTA coisa pra resolver depois disso. Acho que minha mãe ficou mais feliz que eu rs. ÓBVIO que fiquei feliz porque eu tinha me apaixonado por eles, mas sei lá. Era o contrato que eu teria que rescindir com a Au Pair Care, tentar ser manda embora do meu trabalho, visto... Acho que isso mexeu comigo. Isso porque aprendi a ser mais racional do que emocional. Acho que a emoção vai vir depois que tiver TUDO certo.
Minha host family: Pais super novos. Ele 33 anos e ela 31. Moram em Minnesota, em uma cidadezinha bem pequena, porém bem próxima de Minneapolis, que é uma cidade razoavelmente grande, capital do estado. São duas babies girls, uma de 1 ano e 7 meses e a outra de 5 meses. LINDAS! Queria muito mostrar minha host family pra vocês, mas não acho legal colocá-los em evidencia. Mas acreditem em mim, são lindos rs. Não parecem ser milionários, mas parecem ser muito simpáticos, preocupados, atenciosos. :)

Sobre ficar online por duas agências, não acho legal! Pois você gasta uma grana desnecessariamente e por vários outros motivos. E isso não precisaria ser uma possibilidade se acertasse com a agência na primeira tentativa. O que não foi o meu caso! Não estou dizendo que a Au Pair Care não é boa, porque conheço meninas que se deram super bem e eu realmente queria ter ido pela Au Pair Care, por ter dado entrada lá primeiro. Também conheço meninas que ficaram 3 meses online pela Cultural Care sem família e que pela Au Pair Care bombava. Por isso, é relativo. Comigo a Cultural Care foi rápida, simples, descomplicada, segura e atenciosa.  No final de tudo me arrependi de ter dado entrada primeiro na Au Pair Care e não na Cultural Care. Mas faz parte!  


Então, é isso gente!! 

Espero que tenha dado pra entender a minha trajetória rs. Embarco dia 08/10! Estou começando a ficar um pouco ansiosa agora, pelo fato de minha entrevista do visto estar agendada para depois de amanhã, dia 11. Mas mês que vem comento mais com vocês sobre os preparativos.


Bjos



7 comentários :

  1. Bruna, como foi rescindir o contrato com a APC? houve algum reembolso?

    ResponderExcluir
  2. Ainda não, Carol! :( Na época paguei quase 1800 reais. Vou ter 230 dólares de multa e o resto vão me devolver sabe-se lá Deus quando. :/

    ResponderExcluir
  3. Muuuuita sorte pra ti, Totti!

    ResponderExcluir
  4. Muuuuita sorte pra ti, Totti!

    ResponderExcluir
  5. Bruna, no dia que fui fazer minha inscrição da CC ela me falou de você, estão super orgulhosos por seu Match, parabéns! Moramos pertinho, eu sou de Jacareí... Pretendo ir em janeiro, mas dezembro já estou livre. Vamos manter contato, vou adorar saber da sua trajetória aí e com certeza vai me ajudar muito! Beijão e boa sorte! ;)

    ResponderExcluir
  6. Oi Renata. Sério? rs Sei que a Adriana ficou bem empolgada com o meu Match mesmo, mas não sabia que estavam comentando rsrs
    Vamos manter contato sim! Com certeza :D

    ResponderExcluir
  7. kamyla23/9/12

    Booom, eu dei entrada logo pela apc, mas não estou on, por não ter CC aqui fiquei com receio, mas depois acabei escolhendo a CC \o/

    ResponderExcluir