terça-feira, novembro 20, 2012

SKYPE TIME - e agora? Dicas para um bom skype com a host family!

Olá! Here I am, fora do meu dia excepcionalmente! 

O post de hoje será sobre um assunto que deixa muitas futuras au pairs de cabelos em pé! 
Você está linda e maravilhosa, só esperando a família perfeita aparecer na sua vida para ter match. DE REPENTE, ELA APARECE! E aí vocês começam a trocar e-mails e mais e-mails, eles são realmente perfeitos e... MARCARAM UM SKYPE CONTIGO!!!!!!!!!!!!!!! 

AIMEUDEUSDOCÉUSEAGORACOMOQUEVOFAZEPRAENTENDEROQUEELESVÃODIZER?

Calma, respira fundo, que a gente tá aqui pra te ajudar. 
Não existe uma FÓRMULA e muito menos um roteiro. A premissa seja você mesma e não minta, (que você cansou de ouvir na hora de preencher o app) continua valendo aqui. Não adianta querer decorar respostas, ou falar coisas que não condizem com o que você é, afinal essa máscara cedo ou tarde VAI cair, e todo mundo tá cansado de saber que rematch não é nada fácil. 
Tendo entendido isso, vamos ao que interessa... DICAS! 

- ESTUDE a família antes. Leia todo o app deles, de trás pra frente, de frente pra trás e junte o máximo de informação que puder sobre eles. Isso vai te ajudar muito na hora de saber O QUE perguntar.

- Saiba o que perguntar! Tenha em mente tudo o que quer saber deles, pra não ficar com cara de tonta sem assunto no meio da conversa. Mostra que você se organizou antes. 

- PERGUNTE! Pergunte, pergunte e pergunte mais! Não tem por que ter medo de fazer perguntas pra eles! Ficou com dúvidas, não entendeu algo que disseram, quer saber algo que não estava no app... É essa a hora de se mostrar interessada e sanar todas as suas dúvidas. Perca a vergonha e pergunte MESMO! Não adianta nada fazer a recatada e sair do skype sem ter entendido bulhufas do que foi dito. 

- Tenha prioridades! Não se esqueça que você tá indo pra lá pra cuidar das crianças! As perguntas sobre viagens, baladas, férias, celular, carro, gasolina, trazer amigas pra casa, etc... Podem esperar por outras conversas. A não ser, é claro, que sejam trazidas a tona pela host family! (Veja que não estou dizendo para NÃO perguntar, somente não pergunte de cara. É importantíssimo perguntar sobre todas essas coisas TAMBÉM, mas não tem razão de ser esse o primeiro questionamento pra eles, não é mesmo?)

- Se prepare! Leia as famosas listas de perguntas mais comuns feitas pelas hosts families e comece a pensar no que responderia pra cada uma delas. Não é DECORAR. Resposta decorada não rola! É se preparar pra não ser pega de surpresa! 

- Se aqueça! Peça pra uma amiga se ela pode treinar no skype contigo, se poderia praticar um pouco do inglês... Se não tiver amiga, ou ficar com vergonha de falar em inglês com ela... Fique falando em inglês em voz alta sozinha! Pode parecer ridículo, mas ajuda a aquecer as cordas vocais e te deixar mais desenvolta na hora de falar, de verdade! 

- Te acalma! Desespero não adianta em nada, sei que é mais fácil falar do que fazer, PORÉM, quanto mais nervosa você fica, mais seu inglês vai travar, mais difícil vai ser pra te entenderem e mais nervosa você vai ficar. 

- Não tenha medo de errar! A família sabe que você não é americana e que seu inglês não é perfeito. Você não estaria fazendo um intercâmbio se fosse esse o caso. Fale, fale e fale, mesmo que errando algumas coisas... Não deixe de responder algo por completo apenas por vergonha ou medo de errar. 

- Não tenha vergonha! Prepare a sua melhor cara de pau disponível e pergunte se as crianças são desobedientes, se reconhecem autoridade, se respeitam time-out, se são preguiçosas, se vão precisar de alguém muito firme, ou se eles preferem uma disciplina mais suave. É uma questão importantíssima, que passa batida por muita au pair. As crianças são grandinhas? Você provavelmente terá que fazer um skype com elas depois! Pergunte tudo o que puder te ajudar pra essa hora também! 

- Tenha uma boa conexão! Sei que nem sempre dá pra prever algum problema na rede, mas faça testes antes e se assegure que sua conexão está num dia bom. Caso não seja o caso, veja se tem como ir até a casa de alguma amiga, ou então avise a família que sua conexão pode cair ou travar... Assim eles não ficarão de saco cheio caso você fique caindo bem no meio da conversa. 

- Passe tudo por escrito. Depois de cada skype, recapitule tudo o que disseram por escrito e confirme se está tudo correto. Isso evita que hajam mal entendidos entre vocês, e faz com que ''acordos de boca'' passem a ser acordos de papel. Tudo que você tem documentado por email serve como ''prova'' do que foi combinado.

- Seja educada! Bom dia, boa tarde, boa noite, como vai você, obrigada, por favor, me desculpe... e no final um email ou mensagem no chat do skype mesmo agradecendo pela conversa e dizendo que está ansiosa pela próxima. Bom modos nunca arrancou pedaço de ninguém! 

Ao final de cada skype a gente tende a sair meio deslumbrado, meio tonto, não sabe se foi bem, se foi mal, se a família gostou tanto da gente quanto nós gostamos dela... enfim! É um turbilhão de emoções... 


Mas alguns pontos são importantes de serem destacados como motivos para desconfiança:

- As crianças são perfeitas, um modelo de comportamento, não fazem nada de errado nunca. Todo mundo sabe que crianças são crianças e que elas JAMAIS serão PERFEITAS. Quando a criança é MUITO perfeita pode ser um grande indicativo que estão querendo esconder algo de você. Não que isso seja regra, mas vale como dica. Fiquem espertos!

- Nós temos 10 filhos, mas você será responsável apenas por 2. Cuidado... Muito cuidado nessa hora! Os outros 8 podem passar o dia inteiro na escola. Mas e a comida deles? E a laundry deles? E as férias escolares e feriados? Simplesmente não da pra ignorar a presença de outras crianças na casa completamente... Algo sempre cairá pra você.

- Ah, nós responderemos isso pra você depois... Ficar se esquivando de questões, ou dando respostas vagas NUNCA é um bom sinal. Ou eles sabem dizer claramente o que esperam de você, ou não sabem. Se começarem a te enrolar demais pra responder algum questionamento, acenda a luz amarela aí... Novamente: forte indicativo de que estão querendo esconder algo de você. 

- Fulaninha foi nossa Au Pair em 1998, ela vai dar ótimas referências da gente pra você, ainda somos grandes amigos! Tá, mas e desde que ela saiu da sua casa, quem ficou aí? Não se deixe enganar pela au pair elogiosa, e não se contente com apenas uma referência. É óbvio que eles vão passar o contato daquela que gosta mais deles, mas se existe uma que não gosta, é bom saber os motivos também, certo? 

O objetivo aqui NÃO é fazer um livro de regras, ou um manual pra seguirem a risca. Notem que eu sequer numerei cada item, pois não há uma ordem pra seguir. Você pode seguir tudo o que está aqui, ou seguir só alguns, ou nenhum... Não é isso que vai garantir o sucesso do seu skype ou que você terá match com essa família. 
O que eu tentei aqui, foi juntar algumas informações, consideradas úteis por mim e por outras garotas com quem falei (obrigada meninas do grupo APC!) e que podem ajudar quem esta DESISPERADA nervosa por causa do skype. 
Espero que essas dicas possam ajudar vocês a se sentirem mais tranquilas antes e depois do skype! 
Fiquem a vontade para deixar mais dicas nos comentários! Dependendo do que rolar posso até fazer um update aqui no post! 

Não se esqueçam de curtir nossa página linda e seguir nosso twitter

Beijos! Te vejo no dia 07/12! 

6 comentários :

  1. Kamyla Amorim20/11/12

    Adoreeeeeeei Isa, ficou enorme, porem muito bom, explicadinho, gostei demais *..*

    ResponderExcluir
  2. Ahazando sempre, viu como era o assunto certo pra você? =D HUAHAUHUAHUHAU

    ResponderExcluir
  3. Juliana20/11/12

    Nossa, totalmente eu nesse post!!! To nesse momento! Tive meu primeiro skype domingo, o segundo ontem e o terceiro hoje... eu saio de cada um deles totalmente tonta e desorientada, pensando em um milhão de coisas ao mesmo tempo, desde "como será a vida lá" até "e se eles me deram um fora?" hahahhahahha é tenso!

    ResponderExcluir
  4. Letícia Santa Cruz22/11/12

    ótimo post, vou tentar me acalmar mais

    ResponderExcluir
  5. Thalita2/12/12

    oii, gostaria de saber quais são as perguntas frequentes q as host families fazem ?

    ResponderExcluir