sábado, novembro 10, 2012

How to do.... anything by yourself - part I: Nails

Oi, gente!

Novembro já... Natal já pertinho... e eu aqui, às voltas com o Groupon pra receber meu dinheiro de volta, e o processo de CNH correndo... Mas não vim falar disso, não! Hoje, e nos próximos meses, eu falarei sobre como fazer monte de coisas sozinha, porque [vamos combinar?!] U$ 195.75 é muito pouco pra gente ainda ficar gastando com manicure, cabeleireiro, depilador, esteticista, dermatologista.....

Agora já sabemos como fazer uma boia sem gastar NADA!
Hoje o post é sobre unhas! Ah, Marysila.... mas todo mundo sabe fazer as unhas sozinha! Não, nem todo mundo sabe! Então, o post de hoje é voltado pra quem ainda não sabe arrancar os dedos fazer as unhas sozinhas.

Pra começar, o kit manicure não precisa ser aquela necessaire enorme, que ocupa um espação na sua mala; bastam um bom alicate, lixa de unha, afastador, cortador de unha, palito, removedor, um pouco de algodão e esmaltes. Nada muito exagerado, até porque você vai achar quase tudo por lá, menos o alicate, que, aliás, perguntando Facebook a fora, descobri que não há alicate de cutícula, nem cutelarias, que prestem nos EUA! Então eu recomendo que você leve uns dois alicates muito bem amolados pra lá, NA MALA A SER DESPACHADA! Gente, por favor, não pode levar alicate de unha, navalhas, canivetes, facas.... qualquer material pontiagudo/ cortante na carry on, mochila, valise, bolsa... só na mala que será despachada.

Bem básico e com tudo que você vai precisar até se achar por lá.

Agora vamos à tortura parte legal! Pra quem foi à manicure a vida inteira, já digo pra ir se desprendendo e aprender a se virar, porque o serviço de manicure nos EUA é caro e ruim. Além disso, cutilar as unhas não é tão doloroso difícil assim, basta um pouco de prática.

O primeiro passo é remover o esmalte antigo e cortar/ lixar as unhas. Em casa uso acetona, sem problemas, mas quando viajo carrego meus lenços removedores de esmalte (tem de várias marcas, sabores aromas e preços). O corte das unhas deve ser feito sempre com um cortador, tesourinha ou alicate próprios para isso e nunca no tamanho exato que queremos para poder lixar e acertar depois. Lixar as unhas é bem fácil, é só deixar no formato que acha melhor. Uma dica é não deixar os cantos muito pontudos, pra não quebrar.

Desse jeito.
Feito isso, o segundo passo é amolecer e soltar as cutículas das unhas. Nem em casa eu uso aquele potinho com água, pra evitar caganças desnecessárias. Meu truque é usar aquelas luvas de plástico (do tipo que vem nas caixas de coloração), com um pouco de água morna e sabão dentro delas (ou um bom hidratante), e deixar por uns 10 min. Depois é só usar o afastador (o negócio amarelo com dois lados da foto) para empurrar a cutícula (lado arredondado) e, depois, soltar a cutícula que está colada na unha (lado pontudo), caso você tenha.


COM MUITO CUIDADO!
Agora, a parte mais difícil o terceiro passo: cutilar as unhas. No começo, pra quem nunca fez isso sozinha, é comum se machucar, mas depois você aprende os seus limites e para de tirar o lucro do açougueiro. O alicate deve estar amolado e devemos usá-lo levemente inclinado, de modo que a parte de trás não esteja muito em contato com a pele. Então, você começa a tirar a cutícula pela lateral e vai seguindo o contorno da unha até a outra lateral, dando atenção aos cantos e repetindo o passo até sair todo o excesso. E cuidado pra não arrancar o dedo com a empolgação de acabar rápido!

Finalmente, o último passo: pintar e limpar as unhas! Quando eu estava aprendendo, eu esperava um pouco antes de começar a pintar, pro sangue não manchar a pintura (cruzes!). Outras dicas importantes são não fazer isso na frente do ventilador (pra não ficar com bolinhas), usar uma quantidade de esmalte que seja o bastante para cobrir a unha sem faltas nem excessos, e sempre limpar os excessos imediatamente. Com tudo isso em mente, você vai passar uma demão de base, limpar o excesso e, depois que secar, você vai passar a primeira demão do esmalte que você quiser da mesma forma que a base, limpar o excesso e finalizar com a segunda demão do mesmo ou de outro esmalte, caso queira misturar cores. Quando tudo secar (eu gosto de mergulhar as mãos em água fria), é só enrolar um pouco de algodão no palito, mergulhar na acetona e limpar os cantos. Também dá pra fazer isso com os lencinhos, numa emergência.

E voilà!
Sei que o post ficou grande, mas espero que tenha sido útil e que vocês tenham gostado. Eu recomendo o site Tudo Sobre Esmaltes, que ensina um monte de coisas legais, tem vários tutoriais, testes de produtos, fotos e muitos links interessantes. Mês que vem será a vez dos cabelos, como cortá-los sozinha ou com ajuda de uma amiga, inclusive a franja! Até lá, vocês podem comentar aqui, na nossa página do Facebook ou no nosso Twitter!

Beijos pra quem fica e até a próxima!

2 comentários:

  1. Ana Flávia14/11/12

    oiee! adorei o post sobre as unhas e vou esperar o do mês que vem sobre os cabelos pq eles são minha maior preocupação! sou viciada em relaxamento e progressiva e não sei se consigo viver sem eles não! me dê uma luuuzzzz!

    ResponderExcluir
  2. Ana, eu farei um post sobre isso sim. Na verdade, pretendo fazer uns 3 posts só sobre cabelos! O do mês que vem será dedicado aos cortes, em janeiro será a vez das relaxamentos, progressivas, pranchas, escovas... e, em fevereiro, falarei sobre as pinturas. Eu uso a escova London (tem nos USA) e os produtos Conair pra fazer escova e pranchar. Gosto muito e meu cabelo fica com cara de liso de verdade!

    ResponderExcluir