segunda-feira, novembro 19, 2012

"Opss... I did it again"

Olá meus queridos e queridas!

Neste lindo dia 19, eu vou contar um pouquinho pra vocês como foi o meu processo para ser uma RETURNING AU PAIR!
Para quem não sabe, há a possibilidade de ser Au Pair mais de uma vez! É necessário que tenha completado o programa com sucesso, ter retornado há mais de 2 anos e estar dentro da idade, os lindos 26 anos, 11 meses e 29 dias no dia em que pisa na terrinha do Tio Sam.


Por que decidi ser Au Pair de novo?
Durante minha primeira estadia, eu sempre tive os sentimentos como toda Au Pair tem, hora feliz, hora homesickness. Aproveitei! Ri, chorei, pulei, bebi, viajei, fiz amigos, sofri, ou seja, tudo dentro do esperado!
Quando retornei, as primeiras semanas foram lindas, matando saudade... consegui o emprego dos meus sonhos meses depois o que tem horas que eu acho um pesadelo, porém percebi que meu sorriso não era o mesmo, o brilho dos meus olhos não eram o mesmo, para qualquer situação eu explodo, grito, bato o pé no chão e digo coisas que até Deus duvida... a convivência com pai, mãe, irmãos, cachorro, papagaio e periquito não me agradam mais. O $$ na cidade grande não dá pra comprar, alugar, whatever o meu canto.
Num dia qualquer uma amiga se trabalho me disse que queria umas dicas sobre intercâmbio, e resumindo a história, assim de novo como esperado, o que cabia no bolso dela era o Au Pair! Eis que ela vira pra mim e disse: Vamos comigo? E eu virei e respondi: ok! Vamos começar a pesquisar então! Fui na CC e repassei tudo pra ela vida de auditor é maluca, nunca conseguimos planejar nada pessoal,  conseguimos marcar um dia juntas e fomos à Experimento \o/, sentamos e chegamos a conclusão que fecharíamos com ela! Por mais que falem bem da CC, eu não consigo sentir o feeling com ela! E ainda mais a questão de falar com 1 família por vez, ia me deixar maluca! 

Como é o processo para returning pela Experimento:
- Preço: o mesmo
- Application: o mesmo, porém há uma barrinha a ser preenchida, a qual chama returning, creio que todas as meninas que estão preenchendo podem visualizar! Tive que obter 2 referências de personalidade, e uma referência a mais além da minha ex-host family.

Demorei aproximadamente 35 dias para ficar com o application on desespero mode on, achando que ia dar alguma coisa errada, e depois de uns 10 dias, começaram a aparecer as famílias

Familía 1 (essa foi antes de ficar online, indicação de uma amiga)
Arlington, VA
2 boys: 6 e 3 anos - mãe brasileira e pai americano
Gostei do schedule, do jeito da mãe pensar (não queria o tipo de au pair que ficasse grudada na família), mas não deu certo porque queriam pro início de outubro e minha grana não seria suficiente pra embarcar nessa época!

Família 2: 
Armonk, NY
2 boys: 8 e 3; 1 girl: 6 anos
Olhei a cidade no maps e tudo que eu vi eram árvores, senti que a mãe não estava preparada para me entrevistar, além que ela era stay at home. Não me chamou a atenção!

Família 3:
Washington, DC - mãe americano e pai brasileiro (da Bahia)
1 boy: 14 months 1 girl: 4 anos
Gostei da host, já avisou  que fala as coisas na cara, super de bem com a vida, conversei com as kids,  a menina é fofa! o menino tava acanhado porque tinha tomado vacina no dia anterior! Schedule tranquilo e senti o feeling! Status: Match!




                                 Vou ver a posse do Obama de novo!!! Yey!!!



Familia 4:
Algum lugar de Michigan, não lembro a cidade
1 boy de 6 anos e 1 girl de 1 ano
Não gostei logo pela carta, tinha umas regras esquisitas que agora eu não lembro Dori feelings, a mãe era pastora de igreja (imagina ela tendo uma au pair que fala alto, solta palavrões e gosta de heavy metal) Além de tudo pediu para que alguém da APIA marcasse uma hora pra que eles pudessem falar comigo no Skype... oi??? pode isso produção?? Se eles não tiveram coragem de me mandar um email pra marcar um horário, como ia ser quando eu chegasse lá? - Dispensei em um email educadíssimo, para a APIA, é claro!

As vezes, os poucos que sabem da minha viagem perguntam: Por que você não volta pra família que você estava? Já tem uma pessoa lá e aparentemente feliz! Não quis me oferecer, quando eu não recebi um convite. Fico feliz de estar na mesma cidade e ter a oportunidade para visitá-los e longe o suficiente para não querer cuidar também das kids deles.

Confesso que fiquei com medo do visto, pois eu não tinha um motivo mensurável para explicar pra consulesa, a qual me concedeu o visto depois de duas perguntas em Português. Agora acredito que minha segunda vez como Au Pair, não será apenas pra colocar um anti-ferrugem no meu inglês, e sim será para mostrar alguma coisa que não foi mostrada da primeira vez, ou uma oportunidade para eu me encontrar lá ou ter certeza que meu lugar é aqui. Quanto ao fato de ter escolhido uma família que vai falar português dentro de casa, não me abalou! Penso que morar com hosts que viveram em outro estado, vai enriquecer e muito minha cultura, do meu próprio país!

Embarco dia 09 de janeiro e espero que tudo dê certo, não só pra mim, mas como pra todos nós, sejamos futuras, returning ou current Au Pairs e também para as Ex, que estão tendo dificuldades na readaptação!



Beijo grande pra todos e não se esqueçam de nos visitar na nossa página do Facebook e deem opiniões para os próximos temas a serem abordados!



8 comentários:

  1. Edlaine Vieira19/11/12

    Boa tarde Debora,
    Meu nome e Edlaine, encontrei seu blog por acaso no google estou surtando com esse programa de au pair.Estou desde de maio com o meu application se tudo der certo vou pela Experimento. Uma agencia excelente, mas estou com muito medo (da pra perceber ne, olha o tempo que eu estou com meu application!). Enfim, muitas coisas aconteceram durante esse tempo, fiquei desempregada e meus pais nao tem condicoes de me ajudar, pensei em desistir varias vezes enclusive nesse momento estou quase desistindo. Estou com medo na hora do visto pois nao temos casa propria, nao sei quais sao os documentos alem dos da agencia que precisa nesse momento. Voce que ja esteve la poderia me esclarecer algumas muitas duvidas?
    1- As contas que tenho no brasil tirando cartoes de creditos, pode me atrapalhar quando eu estiver la? Porque nao sei se vou conseguir mante-las em ordem quando estiver la, afinal eu quero fazer o maximo de curso que eu puder.
    2- Voce sabe me dizer quais sao a perguntas quando vamos fazer o teste de ingles na agencia? (Estou com mede desse teste tbm.)
    3-No dia do visto, eles pedem mesmo muitos documentos?
    Meu e-mail para o face e msn e edlaineaparecidavieira@hotmail.com, se der me add to precisando muito de ajuda. Parabens esse blog e muito bom.
    * nao tem acento minhas palavras prq meu teclado resolveu dar defeito agora.
    Desde ja te agradeco. :-)

    ResponderExcluir
  2. Debora Angelo19/11/12

    Flor, vou mandar as respostas no seu email que você mencionou acima!
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  3. Kamyla Amorim19/11/12

    E a sua amiga??? Tb já conseguiu tudo?? fiquei curiosa, hahaha \o/

    ResponderExcluir
  4. Debora Angelo19/11/12

    Kamyla!!! Ela tá esperando pra ficar on! Ela quer fazer o impossível pra embarcar comigo!! hahahaha... mas pelo menos nossa viagem juntas pra Vegas já tá combinada! =-)

    ResponderExcluir
  5. Nathalie Zuiani22/11/12

    Oie!! que bom te encontrar aqui (te conheci na fila do consulado...rs) te reconheci pela região e a família que vc tinha me falado, sempre leio esse blog! Tb consegui o visto, (graças a Deus) vou para Portland, OR, meu pai falou que sua amiga tbm conseguiu :) beijo

    ResponderExcluir
  6. Debora Angelo30/11/12

    Como o mundo é pequeno né Nathalie!!!
    Fico feliz que você conseguiu o visto!!! Espero que a entrevista tenha sido tranquila!
    Se resolver ir pra Costa Leste passear, dá um toque!!!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Vanessa Santos10/6/13

    Oi Debora!nossa, nem acredito que depois de tanta procura achei alguem na mesma situacao que eu!eu tambem ja fui aupair de 2009 a 2010 e agora quero voltar de novo por inumeros motivos..e nao encontrava ng que pudesse me dar umas dicas sobre como funciona a liberacao do visto nesse caso de retorno aos eua pelo programa aupair!simplesmente nao consigo pensar em nenhuma justificativa para dar ao consulor sobre porque eu quero ser au pair de novo..ja que a historia do "improve my english" nao vai colar pela 2a vez!o que vc disse?como foi a sua entrevista?que documentos foram pedidos?sobre a tal carta de referencia da ex host family e obrigatorio ter essa carta?pq eu sai num clima pessimo com a familia e sera impossivel pegar essa carta!vc poderia por favor me dar um help??te agradeco muitissimo!!!se preferir meu email e: vanessa.sm@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. Anônimo22/7/14

    Oi Débora! tudo bem? Meu nome é Manuela ,e fiquei muito feliz em encontrar seu blog! Minha situação é a seguinte fui Au Pair por dois anos nos EUA em 2008 e em 2009. Hoje estou com 26 anos e gostaria de voltar por que estou estudando Cinema e na época eu era muito nova e nem sabia que era isso que eu queria (infelizmente) hahaha, quero muito voltar como au pair já que ainda tenho idade, mas estou muito preocupada com o visto. No momento só estudo, faço uma Pós em Cinema e não trabalho. Minha dúvida é o que te perguntaram na entrevista? Eu tb não tenho mais contato com as minhas ex host families, como é o processo? meu e-mail é manuela.stein23@hotmail.com muito obrigada!! abs, Manuela

    ResponderExcluir