quinta-feira, janeiro 03, 2013

sobre final de ano, mudanças e recomeços.

Eu sempre fui do tipo de pessoa que fica sentimental em finais de ano.

assim, um animal sentimental...

Faço retrospectiva na minha cabeça, planos pro próximo ano, lembro de pessoas distantes, faço de tudo pelas pessoas próximas... Enfim! 
E esse ano, especialmente, é um ano em que o FINAL está sendo muito importante pra mim. Sim, não via a hora de chegar ao fim de 2012... A contagem regressiva começou BEM ANTES do que normalmente começa, e todas as reflexões sempre tão ligadas a essa época também vieram precoces. 

2012 já estava acabado bem antes do final pra mim. 

Não foram poucas as vezes em que pensei e/ou disse com plena convicção que 2012 foi um ano desperdiçado na minha vida. Exageros a parte, foi realmente um dos anos mais difíceis de todos. Mas como toda boa dificuldade, trouxe também muito crescimento. E mais crescimento. E aprendizado. E crescimento. E auto-conhecimento. E aprendizado. E novidades. E descobertas. E mais. 

Eu redescobri como é o gostinho de uma pequena conquista, de uma pequena alegria, de uma pequena vitória. Eu reaprendi o que é amizade, o que são amigos de verdade. Saboreei o gosto do desgosto, de se desiludir e decepcionar. De novo e de novo. Lutei contra meus demônios internos, ganhei coragem pra encarar aqueles cantinhos escuros abandonados dentro de mim. Corri atrás de mim, por mim. Chorei, como não me lembro de ter chorado nunca na vida. Aquele choro honesto, que sai da alma, sozinho, sem ninguém pra consolar. Chorei também aquele choro sem lágrimas, que a gente só sente por dentro, e não deixa ninguém mais perceber. E também tiver alegrias, daquelas de deixar a gente rindo sozinho, alegrias que nem lembrava mais como era sentir, e que vieram, nos seus devidos momentos. 

vai ver que é assim mesmo e vai ser assim pra sempre
vai ficando complicado e ao mesmo tempo diferente

Cortando um pouco todo o sentimentalismo e resumindo: 2012 foi um ano desperdiçado, porém produtivo. Assim mesmo, desse jeitinho incoerente, que só quem viveu sabe como é. 
Afinal nada na vida é desperdiçado. A gente acha que está desperdiçando, quando na verdade estamos apenas passando por aquilo que não queremos, porém precisamos. É difícil admitir que talvez nossas convicções não sejam tão certeiras assim e que, tá, "minha mãe tinha razão". 

E essa é a hora em que vocês dizem... Ai Isabella para de ser chata, que que esse caralho todo tem com au pair pra você postar aqui

Tem que foi o au pair o responsável por tudo isso que eu citei acima. Sim, assim piegas mesmo. Me desculpem ser tão clichê e previsível... Mas o que começou apenas como uma opção barata para viver fora do país por um tempo, se tornou uma experiência de crescimento e aprendizado pra toda uma vida. O au pair pra mim sempre foi uma fuga da vida que eu levo aqui. Um desejo de algo a mais, de diferente. Porém antes de deixar essa vida pra trás, eu tive que aprender a realmente gostar dela. E saber valorizar até mesmo os detalhes ruins... Como o busão velho de todo dia, o sofá todo cheio de pelo de cachorro e o clima absolutamente louco daqui. 

Ai Isabella, você nem embarcou ainda, que que tá cheia das lorota aí? 

Amiguinhos, só as encalhadas sabem o que é ficar presa enquanto todos os seus planos da vida não vão pra frente. E só não transforma isso em grande aprendizado quem não quer! 
É preciso muita coragem pra olhar pra tudo aquilo que você sempre quis e ver que talvez possa nunca acontecer. E o meu maior aprendizado de 2012 foi PERSEVERAR. Foi ver que é preciso sim saber admitir a derrota de uma batalha, mas jamais desistir da guerra. 

E pra que vocês possam entender o que estou falando, quero apenas dizer que cancelei meu contrato com a STB/APC. Estados Unidos quem sabe em 2014. 2013 será da Holanda. Me mudo para Amsterdam em fevereiro como au pair pela HBN. 


A gente nunca sabe o que o destina reserva pra gente. A gente nunca sabe o que está na próxima curva, ou qual é a nossa verdadeira missão. A gente precisa encontrar o nosso caminho, sozinhos, dando cabeçadas, entrando em becos sem saída, tendo que voltar atrás, se sentindo perdidos, porém... Em algum lugar a gente sempre chega! Mesmo que ele não tenha sido nosso destino inicial. 

Em 2013 estarei iniciando uma nova vida, como uma nova pessoa que precisou de 2012 inteirinho para que pudesse surgir. Será um ano novo, literalmente NOVO
Espero que 2013 possa ser novo para vocês também e que todo o tempo perdido nesse processo, seja tão gratificante quanto o meu! ;) 

somos tão jovens! 

(me desculpem por toda a overdose de legião urbana, mas me cai bem nos feriados e continua sendo extremamente atual!)
(ps: preciso nem dizer que esse post foi escrito ainda em 2012 né?! RISOS)
(Ah! E como mais uma novidade de ano novo, voltei com o meu blog pessoal aqui -> isamsterdamn.tumblr.com )

3 comentários:

  1. Olá Isa.. vi q vc eh uma das administradoras do blog. Minha amiga Cris eh au pair na Carolina do Sul ha 5 meses, esse eh o blog dela:
    http://memoriesoftheusa.blogspot.com/2013/01/eu-quero-fazer-parte-do-blog.html
    Ela gostaria de participar desse blog e vi q vcs nao tem ninguem para o dia 21
    Soh estou aqui para complementar q ela se encaixa perfeitamente para esse blog, pq tem uma historia diferente, por ser uma das unicas au pairs brasileiras morando por la e outras coisinhas q vc vai descobrir qdo contatá-la =]
    Soh reforcando q ela eh mto responsavel e dedicada!
    Obrigada pela atencao,
    Amo o blog e seus posts!
    Bjinhoss
    Gi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi!
      Sou uma das adms sim!
      Nós recebemos a mensagem dela na página e estamos considerando ela sim! Mas recebemos mensagens de várias meninas e sou obrigada a confessar que cheguei até a ficar meio perdida! hahahahaha
      To conversando com outras meninas do blog a respeito de quem iremos chamar, mas pode ficar tranquila que não esquecemos dela não tá?
      Obrigada!
      Beijos!

      Excluir
  2. Você teve Match pra Holanda????Ebaaaaaaaaaaaaaaaa, to sabendo agoraaaaa, que feliz por você, vai com tudo gaatona, e vem contar aqui pra gente :)

    ResponderExcluir