domingo, fevereiro 24, 2013

Conselhos à um jovem Au Pair


Tendo voltado ao Brasil à 6 meses atrás, costumo me pegar fazendo as mesmas perguntas de tempos em tempos: O que eu faria novamente e o que eu faria diferente se fosse Au Pair outra vez?

Acredite, se você é ou vai ser Au Pair, vai passar por essa fase, todos passam! Quer dizer, quase todas vocês. Metade vai estender o visto pra estudante e ficar no país como nanny por mais um tempo ou vai casar com um americano ou um cara de qualquer outra nacionalidade, não por interesse, mas porque nunca foi tão bem tratada e nunca teve um marido tão dedicado a você.

A outra metade volta, e com a volta, a vida normal também volta e chega aquele momento em que você vai perguntar: Eu faria tudo isso novamente?

A resposta é obvia: Claro que faríamos! Tá brincando? Foi a melhor experiência de todas, conhecemos gente de todos os lugares do mundo, e tals. Talvez numa outra oportunidade, ou se pudéssemos voltar no tempo, faríamos tudo novamente.

É aí que você começa a se pegar, de tempos em tempos, imaginando como seria se você passasse por isso tudo de novo, mas com a bagagem, o conhecimento, o amadurecimento e a experiência que você já adquiriu. Seria diferente? Seria melhor?

Foi por isso que resolvi deixar aqui, uma lista de coisas que eu faria novamente, ou coisas que eu não fiz e que dessa vez eu faria. Que ela sirva de conselho pras futuras Au Pairs, talvez pra cometer os mesmos erros, talvez pra aprender algo que ainda não aprendeu.  Vamos lá:


-                      Compraria mais roupas e gastaria menos dinheiro comendo fora.
Tinha o costume de comer fora o final de semana todo. E não era em qualquer lugar não, gostava de lugar bom. hehe

Compraria mais roupas úteis pro Brasil.
Onde é que eu vou usar o meu casaco todo peludo aqui no Brasil? E a scarf que em SF é moda mas aqui é quase inútil com o clima que temos? E os milhões de moletons?

Viajaria mais.
Não que eu não tenha viajado, mas se pudesse, viajaria mais ainda. Pra deixar de conhecer os lugares turísticos e realmente conhecer a cultura americana, indo pra cidades diferentes, tipo Portland!

-                     Gastaria menos com balada.
O problema não é IR pra balada. Recomendo pra todos, pra dançar, se divertir, conhecer gente linda, fazer amigos, tirar fotos ótimas  e fazer inveja pra aquele amigo que era popular e bonito na época do colégio e te zuava por ser nerd e vergonhoso e gordinho e que agora é ralé e gordo. Não meus amigos, o problema não é IR pra balada e sim GASTAR na balada. Eddy, precisava mesmo comprar drinks a cada 30 minutos? E precisava pagar bebida pra todas as pessoas que você achou interessante?

Me divertiria mais com minhas kids.
Hoje, vendo o ano que passei com eles, vejo que era muito divertido, fazíamos muitas coisas, mas pela correria do dia a dia, eu acabava não priorizando a diversão deles e sim, os compromissos e a responsabilidade em chegar nos locais nas horas certas. Seria um pouco mais flexível e brincalhão com eles.

Gastaria mais com shows das minhas bandas favoritas.
Continuaria gastando metade do meu salario com festivais e shows das bandas. Junto com viajar, essa é a melhor forma de investir o dinheiro em você.

-                     Seria mais duro com os host parents.
Não me entenda mal, meus host eram LINDOS, eu adorava eles. Mas host é host, e as vezes eles cometiam algumas injustiças, as vezes exploravam um pouco, as vezes faziam coisas com as kids que eu não concordava (gente, não é nada relacionado a punição, tá? hehe). Acho que bateria de frente com eles um pouco pra “stand up for my believes”.

E é isso gente, quero que vocês, como Au Pairs ou Ex-Au Pairs, compartilhem comigo a sua lista do que faria diferente: Prolongaria o programa? Sairia com a Paris Hilton sem calcinha? Ficaria com o filho da vizinha que sempre te olhava de uma forma diferente enquanto passava correndo sem camisa no parque?

Um beijão, e até o próximo dia 24! E não se esqueçam, meu ultimo conselho: USE FILTRO SOLAR!

Um comentário:

  1. Eddy, muuuito legal o que tu escreveu! Eu cheguei aqui hoje e vou cuidar ao máximo para pensar nisso todos os dias, para aproveitar e tal!
    Muito bom mesmo o que tu escreveu! :)

    http://aupairnaalemanha.wordpress.com/

    ResponderExcluir