segunda-feira, abril 08, 2013

4 kids? CÊ TA LOKA FIA?

Olá galera, sejam mais uma vez bem vindos ao dia 8! 
Hoje a sua querida autora aqui irá escrever sobre: CUIDAR DE 4 KIDS, O GRANDE TERROR DE TODA AU PAIR! 


os meus, os seus, os nossos e os da vizinhança inteira!

Pra começar eu queria fazer um tipo de disclaimer aqui: tudo o que eu estou escrevendo agora refere-se única e exclusivamente a minha rotina atual (que eu sei que vai mudar durante o ano) e a "personalidade" da minha família e o que eu considero o fator X na hora da decisão. Como o que não falta por aí é post contra aceitar família de 4 crianças, vim aqui fazer o papel do advogado do diabo e dizer: SIM, 4 KIDS É LEGAL
Mas vamos por partes...

Fator 1: Sou au pair na Holanda. 

O que isso quer dizer? Quer dizer que a minha rotina não ultrapassa 30h semanais, que a cultura aqui é um pouco diferente e que por isso a vida é mais fácil. O que muda na cultura? Por exemplo o fato de que eu posso deixar meus dois meninos mais velhos brincando no playground da escola sozinhos depois da aula. Como aqui a segurança é de outro nível (principalmente na região em que eu moro!), não tem problema deixar as crianças soltas por aí... Outro dia minhas crianças foram correndo pra escola na frente e eu S.U.R.T.E.I. porque perdi eles de vista e briguei com o mais velho falando que não era pra ele correr desse jeito. O que acontece depois? A mãe vem e conversa comigo falando que não tem problema, que aqui não tem perigo, que eu só preciso chegar na escola e conferir se ta todo mundo dentro da sala de aula no horário certo... Fora isso posso ficar tranquila e relaxada. Isso não é só "doideira" da minha família não... Tem MUITA criança que fica brincando na escola depois da aula e aqui na rua a molecada ta sempre sozinha brincando lá fora. Fora que os carros sempre param pra você atravessar, principalmente quando tem criança junto... E aqui na minha vizinhança todo mundo conhece todo mundo ("hey, you're the new au pair, right?" disseram todos os vizinhos na primeira semana...) o que faz com que tudo fique bem fácil na hora de cuidar das kids porque é meio que um esforço "coletivo"

Fator 2: Idade das crianças. 

A idade das minhas crianças vai de 4 a 10 anos. O que isso quer dizer? Quer dizer que eles precisam de mim pra pouquíssimas coisas! Como fazer um lanche de vez em quando, ajudar a amarrar cadarços, encontrar coisas perdidas pela casa... Enfim... No geral eles já são bem independentes e sabem muito bem como, o que e quando eles tem coisas a fazer. O de 10 praticamente nem é minha responsabilidade, ele vai pra todas as atividades dele sozinho ou com amigos, minha única função é o famoso "Hey, só falta 15 minutos, cadê sua bolsa? Já achou as meias? Esse é o equipamento certo?". Fora que eles já tem idade suficiente pra entender e reconhecer ordens, e saber quando estão fazendo algo que não deveriam. Ou seja, quando fazem algo errado, fazem de propósito e entendem muitíssimo bem na hora que a bronca chega. (mesmo quando fingem que não!) 

Fator 3: Schedule. 

Aqui na Holanda o permitido é até 30h semanais, e claro que tem muita menina que faz acima disso... Porém, aqui em casa, a conversa é outra. Eu faço em média 25h por semana, quando chego a isso! 
No meu schedule eu trabalho todos os dias de manhã ajudando no café da manhã e levando pra escola, o que dá 1,5h, e depois que voltam da escola até os pais chegarem em casa, o que dá em média de 3,5h a 4h. Porém de terça-feira a host mom não trabalha e portanto, eu também não. E de quartas o host quem não trabalha, e ele precisa de ajuda só em alguns horários, não a tarde toda. 
Os babysittings a noite são raros, e de final de semana eles avisam com antecedência. 
E só pra ajudar mais um pouco, as duas crianças mais novas ficam num tipo de daycare na própria escola de segunda e quarta feira a tarde. 

Fator 4: Relação com a host family. 

Por enquanto a minha relação com eles não poderia estar melhor. A gente tem um diálogo muito bom a respeito de tudo, e eles são super abertos a sugestões e opiniões em como podemos fazer tudo funcionar em casa. São extremamente rigorosos em não permitir as crianças no meu quarto sem a minha autorização. E sempre, sempre, sempre batem e pedem licença e esperam uma resposta antes mesmo de por a mão na maçaneta. 
Me deixaram escolher o curso que eu queria fazer (várias host families impõe onde a au pair vai estudar por aqui) e estão sempre perguntando se eu já encontrei um curso bom, e me ajudando a entender o site dos colégios daqui. 
São MUITO gente boa no quesito amizades. Eles compraram uma cama pra mim com uma bicama embaixo justamente para que eu possa receber amigos em casa confortavelmente. Eles só pediram pra eu saber quem é que eu to trazendo pra casa, e adorariam conhecer meus amigos (specially boys HAHAHAHAHAAH quase morri de rir quando ouvi isso.) que eu venha a trazer aqui pra dentro de casa.
Sempre me chamam pra comer com eles, e super respeitam meu horário free. Não é porque estou jantando com eles no meu horário free que tenho que dar comida pro menino menor, nem nada do tipo. 
Ou seja, é uma relação muito bacana, so far, que ajuda bastante na hora de lidar com as crianças. 

Fator X: Educação das crianças. 

Os meus hosts não são do tipo rigorosos, nem nada similar... Muito pelo contrário, tem horas que isso aqui parece que ta pegando fogo de tanta gritaria. Porém, as crianças foram educadas de maneira a saber que TEM que fazer algo quando alguém mais velho pede para que façam! Eles também estão acostumados a ter uma babysitter, alguém que não é pai e mãe ajudando na rotina, ou seja, não existem problemas "territoriais"
Além disso os pais estão sempre estimulando as crianças a recorrerem a mim, mesmo quando eles estão em casa... "Hey, porque você não pede pra Isabella fazer isso? Tenho certeza que ela vai adorar!" ou "Fala pra Isabella 'I want a piece of bread, please' que aí ela te entende." ou "Não fale assim com a Isabella, você tem que obedecer o que ela está dizendo." e sem brincadeiras, isso ajuda MUITO. Todas as vezes em que eu reportei algum tipo de comportamento pros pais, tive uma resposta muito positiva. Inclusive de mudança de hábitos na casa... Agora todas as noites os Ipads são escondidos e só podem ser entregues as 17h do dia... Acabando com os infinitos "Turn it off, please"
Os Ipads e a tv são a única coisa com a qual eles são rigorosos. Outro dia deixei o menino ligar a tv 15 minutos antes do horário, quando o pai chegou colocou ele na rua pra jogar futebol por 15 minutos pra "compensar". Mas eu estou autorizada a usar "Ipad minutes" como moeda de troca pra qualquer coisa.
Mas o que eu acho mais  bacana de tudo MESMO, é que eles estão tão acostumados a obedecer alguém, que conseguem fazer birra ao mesmo tempo em que fazem tudo aquilo que você pediu. Exemplo: escovam os dentes de costas pra mim e batendo os pés no chão... Mas escovam. Tiram a roupa e colocam o pijama sozinhos, chorando e gritando, mas sozinhos. Não precisa falar mais que duas vezes pra conseguir que eles façam algo, principalmente se for algo que eles sabem que tem que fazer. E isso meus amigos, é um divisor de águas na vida! 
Quem já teve criança birrenta se recusando a fazer algo dando show, sabe muito bem que maravilha que é a criança que faz birra, porém obedecendo! hahahahaha

Eu dividi esses fatores de maneira que fique mais fácil de avaliar se dá pra lidar com a situação ou não... Eu sei que 4 kids pode ser aterrorizante na hora em que aparece no application, e já vi várias histórias horrorosas com famílias de 4 kids. Porém eu também já vi o mesmo com família de 3, de 2, e até de 1 kid. E aí?
Por isso que acho que localização + idade + schedule + relação com a família + educação² = bom match. Avaliou tudo isso e OPA! Acho que se bobear pode acabar sendo mais fácil que muita família por aí hein? Não se deixe ofuscar pelo QUATRO KIDS... Existem várias outras coisas a serem avaliadas além disso. E trust me when I say: as vezes vale a pena hein? 

Pra finalizar, uma foto no meu vizinho Vondelpark, que tirei durante as minhas várias horas free da manhã... hahahahahahahhaha


beijinhos, até maio... o mês do meu aniversário e das primeiras viagens pela zoropa! 

6 comentários:

  1. Oiiiiiii Isa!

    Que post maravilha esse seu, hein!

    PQP, é por essas e outras que não consigo me decidir entre EUA e Holanda!
    Acho que por ter mais blogs de au pair nos EUA, por ver as fotos das viagens delas, de todos aqueles pontos turísticos super famosos, aquela coisa de querer conhecer o american way, eu fico um pouco insegura quanto à Holanda.
    É um país mais tranquilo, bem essa coisa de que as pessoas se conhecem, menos barulho (eu acho) e fico comparando à roça. HDSOIADH Preciso de mais fotos, de histórias, de informações sobre as coisas legais pra se fazer na Holanda, sabe. Porque as paisagens são lindas, mas morro de medo de ser uma vida muito pacata. Eu sou do agito, da cidade grande, da muvuca haha.
    Mas aí quando leio sobre as crianças mimadas dos EUA e sobre as crianças educadas da Holanda fico pensando...putz, mas vai que eu seja muito mais feliz na Holanda... E meu namorado finge que eu nem cogito EUA, só brinca dizendo que eu vou pra Holanda porque é muito melhor.

    AI DÚVIDA CRUEL. Quero ler seu blog pessoal!

    Beeijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahah Obrigada Suélen!

      Então, é o seguinte... eu moro em Amsterdam, e se tem algo que isso aqui não é, é pacato!
      Muuuuuuuuito pelo contrário! Aqui tem todos os tipos de programas pra todos os tipos de pessoas!
      Claro que cidade grande, fisicamente falando, não tem... Aqui em A'dam da pra ir pra maioria dos lugares de bike sem nem cansar direito sabe? Mas tem tudo e mais um pouco que você precisa!
      Eu gosto MUITO daqui e apesar de existirem problemas entre au pairs e famílias, claro, nunca ouvi histórias tão tensas como de meninas dos Estados Unidos que eu conheço!
      Só que o salário é bem menor, é bem difícil a comunicação, entre outras coisinhas...
      Eu não me arrepende de ter vindo pra cá ao invés de ir pros States nem por um segundo.

      Meu blog pessoal é isamsterdamn.blogspot.nl ! Ainda não tem muita coisa, mas to tentando manter ele atualizado! hahaahah

      Beijos!

      Excluir
  2. Vou cuidar de 4 kids, mas nos EUA! mas me identifiquei muito com o que você escreveu =]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba! Mais uma pro time de "tia da creche" com 4 kids! HAHAHAHAHAHA
      Vem comigo e com a Clau nessa vida!
      Lembro de vc do grupo da APC Paola! Que bom que deu certo e tu teve match! ;)
      Pra onde vai?
      Beijos!

      Excluir
  3. Vc escreve mt bem!!!! E eu não sabia da existência do programa na Holanda!!! Já estou em contato com a HBN! Vc poderia me tirar umas duvidas? Posso te passar meu email: polabellini@hotmail.com

    Obrigada e boa sorte!!

    Bjs. Paula

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paula! :D
      Fique a vontade pra me enviar suas dúvidas via email (isabehlla@gmail.com) que eu respondo sem problema algum!

      Beijos!

      Excluir