segunda-feira, abril 22, 2013

Como é a vida pós Au Pair ?

É fácil conseguir trabalho ao voltar para o Brasil ? Como lidar com as saudades das kids , da cidade em que você morou e dos seus amigos que você não sabe quando verá de novo ? 


 Algumas coisas parecem ser mais fáceis do que realmente são.

Muita gente escolhe fazer o intercâmbio por razoes variadas. Alguns querem apenas viajar, outros querem aprimorar o inglês e outros querem acrescentar algo a mais no currículo. No meu caso eu queria todos. Sempre me perguntei se eu conseguiria emprego fácil quando voltasse para o Brasil, por ter inglês fluente e uma experiência internacional, essas coisas sempre são vistas com bons olhos pelos RH's da vida.
Pessoalmente , consegui um trabalho logo na primeira semana em que cheguei aqui. Foi muito rápido e eu não aconselho ninguém a fazer isso. Pois nāo tive tempo para matar as saudades de quem eu queria nem de fazer as coisas que eu precisava fazer. Foi tipo uma bomba, voltei, comecei a trabalhar, me matriculei na faculdade e comecei a namorar <3 
Não me arrependo de ter feito tudo isso, de jeito nenhum, mas talvez eu tivesse escolhido ser menos precoce, levar as coisas mais devagar. 
Então, meu conselho pra quem não consegue emprego imediatamente apos voltar, não se apavore, take your time, do your things, fique com a sua família , curta bem seus amigos e o tempo livre que você tem. Tudo tem uma hora certa pra acontecer nas nossas vidas, e algumas coisas simplesmente não dependem apenas de nos, então RELAX GATAS =D 
Outra coisa difícil de se lidar são as saudades que sentimos, as vezes eu fico meio perdida e deslocada, fico pensando "E SE "  eu não tivesse voltado ? E se eu tivesse escolhido ficar mais um ano ? Fico olhando as fotos das meninas que ainda estão la , e me da uma pontinha de inveja, uma inveja boa sabe? Como eu gostaria de estar la de novo, e viver novamente o melhor ano da minha vida. Mas ao mesmo tempo, sinto que talvez eu tenha feito a escola certa ao voltar. Afinal , New York sempre estará la, e eu sempre poderei visitar quando eu quiser e puder  $$$ . Mas a família, os amigos, o amor e o conforto de casa são coisas que eu não acharia em lugar nenhum do mundo .
Por isso , meu conselho pra quem se sente assim como eu neste momento, é : tente focar nas coisas boas da sua vida AQUI E AGORA. Pense em tudo que há de bom pra viver e aprender aqui também, e se não conseguir sentir e enxergar isso , viaje de novo, viaje muito até se encontrar, até se descobrir.

Aquela frase clichê que sempre usam nos comerciais : A VIDA E FEITA DE ESCOLHAS ! 
Nós não estamos presos a lugar algum, não olhe para o país que você morou como um local distante e inatingível , você pode ir para lá quando quiser, quem já foi uma vez, vai de novo e mais dez =D
Então, boa sorte para nos ex au pairs, que sonham com o retorno, mas ao mesmo tempo querem ficar. É o grande dilema da minha vida, talvez não apenas da minha, e com certeza algo para se refletir sobre :)

Não esquecer :  
AMIGOS SÃO PARA SEMPRE (e se você sente tanta falta deles, pode ter certeza que vocês se encontrarão de novo)

Esse post foi mais um desabafo e um incentivo pra mim mesma e espero que ajude alguem que esteja passando pela mesma situaçāo. 


Quem gostou desse post e quiser conhecer mais o meu trabalho, acesse o Pensamento Livre  e curta a minha página no facebook.




4 comentários:

  1. Poxa, bem isso mesmo. Passei por quase as mesmas coisas mas óó, tenho que confessar, nao me arrependi de nada!

    ResponderExcluir
  2. Addooooooooooooorei o seu post :) eu tava comentando isso essas dias. Acho que depois que a gente faz um intercambio será esse "fogo no rabo" eterno. Tô aqui, tô com saudade de lá, tô lá, tô com saudade daqui, loooping eterno. Mas isso de uma certa forma é bom, significa que o que vc viveu lá valeu muito a pena... Boa sorte =)

    ResponderExcluir
  3. Faz mais de um ano que voltei, comecei faculdade, tenho 2 empregos, e já preenchendo app pra voltar de novo. Não tem um dia em que eu não pense em voltar. Quando eu voltei e cheguei na minha cidade vi que tudo estava do mesmo jeito, demorei 6 meses até conseguir finalmente colocar na minha cabeça que a vida era mais do isso, sai da casa da minha mãe arrumei um emprego, comecei faculdade. tenho DOG Days, mais muito contente, mesmo que eu esteja preenchendo tudo eu to fazendo faculdade e vivo como senão fosse sem ansiã sem nada.

    ResponderExcluir
  4. Depois de um tempo vc meio que se acostuma e a vida que vc tinha la eh que parece um sonho...vou fazer post tb sobre isso! bj

    ResponderExcluir