quarta-feira, agosto 14, 2013

The American Hubby: Fatos e conclusoes sobre o marido importado.

Meninas e meninos, au poors do meu coracao, tenho uma confissao a fazer:

Como voces podem ter percebido "ou nao", euzinha estou postando hoje no dia 14 ao inves de ter postado no meu dia oficial, o dia 4. Mas por que tia Carol? Por que nos abandonaste? Pois bem, irei explicar a situacao que tomou conta do meu ser. 

Girlfriends do meu Brasil, eu tive um ataque de descriatividade! 


Como assim? Nao sabe o que eh isso? Aaah deixa eu explicar... A partir da definicao do Aurelio em um ataque de descriatividade a pessoa perde a criatividade que lhe eh comum. O sol nao brilha mais com tanto vigor, o ceu nao eh mais tao azul, as cores do arco-iris tornam-se cinzas, as borboletas morrem e os passarinhos param de cantar. 
Tudo isso acontece no exato dia do mes em que vc precisa ser mais criativa. Isso caracteriza e diferencia o ataque de descriatividade como um evento a parte de um dia qualquer sem criatividade. 

Foi exatamente por isso queridas girlfriends que euzinha nao postei no dia 4. Tentei escrever sobre o assunto que havia prometido "casamento com o bofe importado" mas nada que prestasse saiu da minha cabeca. Ai tentei mudar o assunto, tentei mudar a forma de escrever, tentei mudar o aspecto literario, tentei mudar a iluminacao, o local em que escrevia, ficar de ponta cabeca e digitar com os dedos do pes, pedir a opiniao da minha avo, do meu gato, do papagaio da vizinha e nada, absolutamente NADA deu certo. Quando estava prestes a cortar os meus pulsos e dizer adeus a esse mundo cruel a queridissima Ana Maria Raduan postou no meu dia e me ofereceu para postar no dia 14, originalmente o dia dela. Entao, antes de comecar o meu post gostaria de agradecer a esse ser divino que salvou a minha vida. Obrigada Ana!



Agora vamos ao que interessa, falaremos do assunto do mes, The American Hubby: Fatos e conclusoes sobre o marido importado.




Primeiramente gostaria de enfatizar que tudo que for escrito aqui eh baseado significativamente na minha propria experiencia e nao pode ser generalizado como verdade absoluta. 

Mas tia Carol, o que eh que tem demais em ter um marido importado? 
Nada ue! De fato, o motivo do post eh mais pra satisfazer a curiosidade au pairaria. Ter um marido importado eh como ter um marido nacional "assim acho, nunca tive um marido nacional". A diferenca eh que alem das normatividades do casamento, de quebra vc ainda tem que lidar com algumas controversias culturais, algumas diferencas no modo de pensar e agir e se acostumar a viver com alguem que foi criado em um ambiente distinto e por com consequencia tem uma mentalidade BEM diferente da sua. 

Vamos aos fatos?


The American Hubby - Fact Number 1: 

O American hubby nao tem paciencia para drama latino. 



Fatasso... Se eu tiver um problema e tentar resolver no dialogo, o hubby eh paciente, amoroso e compreensivo. Tudo eh conversado e apesar de as vezes discordarmos, no fim nos entendemos, nem que seja a partir do principio de concordar em discordar.
Agora, se eu tiver um problema e quiser resolver a la novela da Globo com muito drama e sempre deixando o climax pra o proximo capitulo, o hubby vira la desgraca. American hubbies geralmente nao tem paciencia pra drama e nao enchem a sua bola, tentando te acalmar, indo atras de voce e baixando a cabeca pra suas patadas. Se vc der patada, espere patada de volta. Se vc for paciente e dialogar, ele tambem sera paciente e tentara resolver tudo no dialogo. Simples assim.
Demorei ate chegar a essa conclusao mas depois de analisar varios bofes importados de varias amigas vi que essa eh uma caracteristica muito comum dos american boyfriends, fiances and hubbies. Eles sao como um espelho, a sua acao determina a reacao que eles terao em determinados assuntos.



The American Hubby - Fact Number 2:

O American hubby gosta de ter o proprio espaco.


Sabe essa coisa de casal brasileiro que depois que comeca a namorar tem que fazer TUDO junto? Aquela fase em que os amigos(as) solteiros(as) se afastam e todo programa tem que ser a dois, a quatro, a seis? Ou seja, todo programa tem que ser com casais? Pois eh, nas terras do Tio Sam isso nao eh la muito comum. 
Obviamente que se vc namora, eh noiva ou casada com um bofe importado, voces terao date nights e passarao a maior parte do tempo livre juntos curtindo um ao outro and spending time together as vezes sozinhos e as vezes com outros casais. Maaaas, entretanto, todavia e contudo o bofe importado valoriza MUITO o proprio espaco e ha dias em que ele vai querer sair soh com os amigos e curtir a vida dele fazendo coisas de homem. Entao queridas girlfriends eh preciso ter consciencia que o seu marido, noivo ou namorado um ou uns dias na semana ou a cada duas semanas ou uma vez por mes vai querer ir a um jogo de football, baseball, um car show, sair pra beber, jogar sinuca e fazer coisas que soh seres com muita testosterona curtem. 
Eu particularmente adoooro esses breaks que tiramos um do outro pq ai posso sair com as minhas girlfriends e os meus amigos gays maravilha pra uma girls night out, curtir um spa day, ter uma festa do pijama ou simplesmente ficar de calcinha e blusao o dia todo comendo porcaria e assistindo programas de mulherzinha na TV. 



The American Hubby - Fact Number 3:

O American hubby a-d-o-r-a falar pra os amigos que a esposa eh brasileira.


Serio! Nao sei se porque eles acham que impressiona, nao sei se porque quando eles falam que a esposa deles eh brasileira os amigos imaginam uma Victoria's Secret Model "coitado de meu marido", nao sei se porque eles simplesmente acham que eh over the top cool to have a Brazilian wife. O que eu sei eh: o meu marido adoooora falar que tem uma esposa brasileira. As vezes inclusive quando chegamos em um local, conhecemos algumas pessoas e absolutamente NINGUEM pergunta nada sobre o meu sotaque, ainda assim o meu queridissimo tem que falar algo do tipo "So did you told them where are you from? 'cause they must be wondering... Just so you all know, she is brazilian guys" esse statement geralmente eh seguido por "aaah" "ohh" das pessoas com quem estavamos conversando alem de uma cara de paisagem minha e um ar de extrema satisfacao consigo mesmo do meu marido. Vai entender...



The American Hubby - Fact Number 4:

O American hubby divide as tarefas domesticas.


Pois bem, tive a sorte de crescer em uma casa com duas empregadas, entao de fato minha mae nunca teve que cozinhar ou limpar o tempo todo maaaas quando as meninas tiravam folga no fim de semana e havia tarefas domesticas a serem feitas, as mesmas eram SEMPRE responsabilidades da minha mae, que por extensao, tornava-as minhas responsabilidades. Mas por que tia Carol? Simples, porque eramos as mulheres da casa. Quer dizer, meus irmaos nao tinham obrigacoes alguma mais eu tinha? Como boa feminista de sofa que era quando a ocasiao se apresentava, eu sempre tinha discursos pre-prontos sobre o absurdo do sexismo e de ter que ser responsavel por tais tarefas quando meus irmaos e meu pai nada faziam. As vezes os discursos colavam, as vezes eu tinha que lavar os pratos...

O fato eh que aqui nas terras do Tio Sam nunca tive problemas com a divisao das tarefas da casa. Muito pelo contrario, diversas vezes o meu marido faz bem mais do que eu e pra ser sincera e justa, admito que ele eh muito melhor limpando do que eu sou "mas eu sou melhor na cozinha, haha!". Assim sendo, temos uma divisao igualitaria de responsabilidades. Ele limpa, eu cozinho, ambos tiramos a areia das kitties e ambos damos a comida delas. Se nos sentimos injusticados porque um de nos acha que faz mais do que o outro, trocamos as tarefas e reajustamos as responsabilidades, sem machismo de "tarefa domestica eh coisa de mulher". O lema aqui eh: aqui se suja, aqui se limpa, aqui se bagunca, aqui se organiza. 



The American Hubby - Curiosities:


Bem, como esse topico eh pessoal e como no exato momento estou no Brasil visitando a minha familia e a exatamente um mes longe do meu hubby, a saudade me fez querer escrever curiosidades que acho engracado sobre o meu bofe importado e o nosso relacionamento. Porque pra quem nao conhece direito, meu marido parece BEM serio mas com a convivencia diaria percebe-se que ele tem um lado super duper cute, que farei questao de revelar... Hehe ainda bem que ele nao fala portugues.

1) Por algum motivo meu marido adora penguins. Ele acha que penguins sao os seres mais fofos do universo e se ele pudesse ele teria um penguin de estimacao. Alias, minha mae deu um penguim de pelucia pra ele que vive na cabeceira da nossa cama ate hoje.

2) Meu marido nao admite mas ele gosta de assistir filmes da Disney, da Pixar e coisas do genero comigo. Sim, sim, ja assistimos The Lion King, Mulan, Wall-E, Enchanted, Tangled, Pocahontas, Up, The princess and the Frog, Aladin, Rio, dentre outros e ele nao somente gosta de assistir, como faz pipoca e pede silencio se eu fizer algum comentario. 

3) Meu marido trata as nossas gatas como se fossem nossas filhas. Incluindo pegar no colo como um bebe e falar coisas do tipo "Go eat your vegetables" quando elas tem que comer a dry food e "No McDonald's for you if you don't eat your vegetables first" quando elas nao querem comer a dry food e soh querem a wet food.

4) Inventei de fazer montinho com o hubby "pra quem nao conhece, eh o ato de gritar montinhoooo e pular em cima da pessoa quando a mesma esta deitada em um sofa, em uma cama ou no chao" e agora ele criou o habito de fazer pelo menos um montinho por dia.



5) Nada eh mais importante do que cuddling time. Nem mesmo o jantar. 

6) Ir no mercado com o meu marido eh a mesma coisa que pedir pra gastar o dobro com groceries para comprar o desnecessario.

7) O dialogo mais importante dos ultimos tempos que tivemos foi: Antes de termos um filho, teremos um puppy. Ai depois de lidar com o filhote de cachorro do vizinho destruindo o sofa, sapatos, a estante e quebrando a televisao chegamos a conclusao que ainda nao estamos preparados para um puppy.



8) Os nossos inside jokes envolvem random things como: Kitty paws, 'Murica, Sweet Potaaatoes, Superman, cone of shame, Wall-eeeee, Eeevaaaa, eat your vegetables, dentre outras coisas sem nocao...

9) Meu marido pensa que no Brasil SOH tem mulher bonita e nada do que eu fale vai mudar a concepcao dele.



10) Meu marido nao entende porque eu nao lavo o cabelo todo o dia, nao entende o porque de eu ter a quantidade de sapatos que tenho, nao entende quando troco de bolsa, nao entende quando demoro 15 minutos a mais pra retocar a maquiagem e nao entende porque diabos sempre demoro mais do que ele pra me arrumar. Ja expliquei cada nao entendimento pra ele umas 10 vezes mas acho que ele faz QUESTAO de nao entender mesmo, ai desisti de tentar faze-lo compreender o incompreensivel universo feminino.



E ai meninas, gostaram? Odiaram? Concordaram? Discordaram? Tem algo engracado pra falar sobre o namorado, noivo ou marido de voces? Seja ele brasileiro ou americano, let us know your thoughts!! =D

35 comentários :

  1. Respostas
    1. Awwwee!!! =D

      Me sinto melhor ja... Fiquei com medo do post desse mes nao sair legal por causa da crise de descriatividade! Hehehe

      Excluir
  2. A-D-O-R-E-I seu post!
    Mesmo tendo o meu aqui, lembrei de todas nossas particularidades e já me está dando dor no coração em deixá-lo!
    De qualquer forma, é legal saber o comportamento masculino americano!

    Parabénsss :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Aline!! Que bom que vc gostou!

      Sei come eh essa dorzinha no coracao, mas olha... O que tiver de ser sera e se voces realmente se gostam, vai dar tudo certo! =D

      Excluir
  3. Oi Carol,adorei seu post!! Tive um bf gringo por 3 meses. Ele fazia intercambio nos EUA, mas era japonês. E bem, ele tbm não suportava drama (acho que por isso que talvez não deu certo), sabia passar uma roupa melhor que eu, cozinhava bem, priorizava bastante essa coisa de meu espaço seu espaço (breaks), e também tinha maior orgulho de falar "my girl is from brazil!", rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Rubia, brigadao! =D

      Entao, meu marido eh louco pela cultura japonesa, sera que a similaridade na personalidade seria por causa disso? Hehehe..
      Tenho a impressao que varios non-brazilian boys tem essas caracteristicas! Uma amiga minha tem um namorado alemao e ela falou exatamente a mesma coisa. Principalmente do orgulho dele enfatizar a nacionalidade dela. lol lol

      Excluir
  4. Anônimo14/8/13

    Carol,adorei o post...Eu me incomodo um pouco se meu namorado expoe que sou brasileira sem ninguem perguntar...ou quando estamos em NY e alguem pergunta where are you from,ao inves de falar que somos de onde moramos ele fala Im from Jersey,but she is from Brazil.Acho desnecessario a menos que conheca a pessoa ou uma pessoa conhecida pergunte haha mas ja to me acostumando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor!!!

      Hahaha, entao, nem me incomodo mesmo. Geralmente fico com cara de paisagem quando ele fala de mim como se eu nao tivesse la, principalmente quando ele enfatiza a minha nacionalidade como se fosse a oitava maravilha do mundo mas geralmente soh dou risada e balanco a cabeca. lol lol lol

      Excluir
  5. Anônimo14/8/13

    hahaha
    achei muito legal, muitas curiosidades!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada floor! Que bom que gostou!! =D

      Excluir
  6. AMEI esse post hahaha ri horrores com seu texto e as fotos/memes. Acho q super combino com um bofe importado so o primeiro topico que seria polemico pq adoro um drama e dar gelo e fazer c* doce kkkk agora uma coisa random, Carol a cor do seu cabelo é muito muito muito perfeita, é natural? Queria chegar a esse tom...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Clara!!!

      Entao, nao eh natural nao "quisera eu que fosse" hehe.
      Cheguei nessa tonalidade depois de misturar vaarios tons de vermelho mas atualmente pra manter essa cor revezo entre o uso do Lightest auburn e light auburn da L'oreal! =)

      Excluir
  7. Hahahah que descriatividade que nada! Seu texto foi ótimo! Pensando aqui: um bophe importado sai melhor que um bophe tupinikim, no final das contas! hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Anna! Hahaha, que bom que gostou! =P

      Entao, nao troco o meu bofe importado por nenhum bofe tupiniquim desse meu Brasil mas ha quem diga que os bofes tupiniquins sao insubstituiveis, ai no fim das contas vai de cada um neh? Heheehehe.

      Excluir
  8. hauhauhhauh dá até vontade de casar!!! Mas que post legal!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, que bom que vc gostou Lili!

      =P

      Excluir
  9. Carol! Amei simplesmente! HAHAHA American boys me deixam de cabeca virada! HAHAHA
    toda saude do mundo pro seu relacionamento :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigadao Sara!

      Sei como eh isso.. Penei com esses bofes importados antes de entender como eh que a cabeca deles funcionava.. Hehehehe =P

      Excluir
  10. Gostei do post e concordo com ele por saber que em geral é assim, mas minha experiênciap essoal é muito diferente. Meu maridex é american hubby, mas muito mais brasileiro do que eu imaginei. Pra começar: falar português fluente e, de vez em quando, pra não perder a graça, aparece com uma palavra difícil em português! kkkkkkkkkkkkkk No kidding! Ele é muito compreensivo e é aberto tanto ao diálogo quanto ao meu draminha... Faço pouco... Só quando algo me magoa de verdade é que choro. (ou talvez seja a TPM, mas anyways...) Ele me facilita o convívio muito. É um docinho de maridex!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaah bom saber que ha bofes importados a la brasileira flor!
      O meu soh arrisca as palavras basicas do portugues mesmo, tipo "Vai, vamos, obrigado, de nada, boa noite, mooontinho, juntinho, ta certo, beijo e tchau"

      Quanto ao draminha, atire a primeira pedra quem nao faz! Huehuehueheuehuheu.. De vez equando atee tento mas geralmente nao da muito certo nao!

      Excluir
  11. Eu que vivenciei sua ataque de descriatividade, posso dizer: que bom que ela aconteceu!

    Adorei o post! Não tenho sonhos nem planos de "um gringo em minha vida", mas só de saber que eles são "estranhos" sou mais fã ainda dos meus brazucas "que correm atrás mesmo!". rsrsrsrs

    Acho que sou tomada por dramatizações exageradas as vezes!

    #Sucesso

    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Gabi!

      Entao, ainda bem mesmo!! Nossa, se eu tivesse que ter terminado o post no dia 4 ia sair uma porcaria viu? Hehehe

      Mas olha, os bofes importados sao de fato meio estranhos mas sao fofinhos tbm! Pra te dizer a verdade sempre fui de drama digno de novela das 8 da Globo com um toque de novela mexicana mas ai depois de o Bofe da o primeiro corte a gente se acostuma a ser normal e dialogar! lol lol lol
      "Pelo menos eu acostumei.."

      Excluir
  12. Vc tem face, twitter, alguma rede social? que possa segui-la ? bjos

    ResponderExcluir
  13. Tenho facebook: Caroline Andrade Knowles
    E instagram: andradeknowles

    :D

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Nossaaaaaaaaaaaaaaaa ameiiiiiii!!! precisava ler isso pq ja estava achando que sou problematica e a culpa é minha (sem saber do que)...Ri de maisssss!!! Super interessante! sua crise ja passou!!!;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Crislaine, brigaada flor que bom que vc gostou! ;D

      Heheeh.. Nos sempre achamos que somos as problematicas maas a situacao eh bem mais complicada! Heheheheheheh

      Excluir
  16. eu nao lavo meu cabelo todo dia, pq meu cabelo alem de ser seco, eu vivo de escova e chapinha, e da um trabalho maldito escovar e pranchar toda vez q lava. os americanos (brancos) q nao entendem isso pq tem cabelo liso e oleoso. kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haahahah Mari, eu nao lavo meu cabelo todo dia e meu cabelo eh liso e oleoso! Eu nao lavo todo dia pq se eu lavar realmente quebra o cabelo todo e deixa sem vida!!

      Excluir