domingo, setembro 08, 2013

Viajar é mudar a roupa da alma

Hallo!! Como estão?


Aqui estou eu em mais um mês! :)


Hoje vou falar sobre um tema que me interessa bastante: viagens!

Aqui na Europa temos uma grande facilidade em viajar para outros países pelo fato de ser tudo pequeno e consequentemente perto um do outro. E então você me pergunta: mas é possível viajar nessa vida de escrava au pair?? E eu respondo: é claro que é possível, basta um pouco de programação. Claro que também depende da família, mas aí é questão de sorte... tem aquelas que não estão nem um pouco ligando, que só se importam com seu próprio umbigo e que vão fazer o possível pra não facilitar, as que estão sempre querendo te ajudar com as datas, e aquelas que são um meio termo.

A minha família é bem tranquila, antes mesmo de eu começar a trabalhar já tinha uma viagem pra Roma marcada, perguntei se tudo bem, pois eu iria numa sexta e voltaria numa terça, e a resposta da minha gast foi "não tem problema nenhum, Roma é linda e você precisa conhecer!" u.u então tá! rs Fazem apenas 2 meses que estou aqui e já fui pra Roma, vou pra Paris em outubro e pra Copenhage em novembro. E o melhor de tudo é que quando fui conversar com ela sobre as minhas férias descobri que os dias da semana dessas viagens não serão descontados das minhas férias! *---* Isso não é incrível?

Como fazer?

A dica é realmente você se programar com uma certa antecedência que no final acaba não saindo tão caro e você consegue também se organizar com a família. Eu acompanho as passagens pela easyjet e quando encontro algum preço bom pra algum lugar que eu quero ir, logo pergunto pra gast sobre as datas. 

E agora terei mais um ponto a meu favor sobre as viagens: como a minha gast está grávida, a partir de novembro ela vai para de trabalhar - o baby nasce em dezembro, e a própria já falou que com ela estando em casa não tem problema nenhum.
Tem também uma outra forma barata de se viajar pela Europa: de carona! rs A Letícia já contou aqui no blog um pouco sobre como que funciona. Essas coisas por aqui são levadas a sério, é tudo organizadinho por meio de sites, como esse e esse que são aqui da Alemanha, não sei como que funciona nos outros países. E pra quem curte fazer excursão tem o Jomotours.

Onde dormir?

Geralmente a opção mais barata é ficar em hostel. Tem umas carteirinhas que dão desconto nos hosteis da rede, que são indicados apenas para jovens, etc, e muitos sites, como Hostel BookersBookingHostels Club e Hostel World.

Existe também o Couch Surfing, que pelo site, você entra em contato com pessoas que morem no lugar que você pretende viajar, e que estejam abertas a te hospedar em suas casas apenas pela simples troca de conhecimento/cultura, e não se pode cobrar nenhuma taxa por isso. 
O primeiro pensamento da maioria das pessoas ao ouvir falar desse programa é que não é seguro e tudo mais, mas o site tem um cadastro que você tem que preencher com uma série de informações como fotos, descrição pessoal, interesses, idiomas que fala, lugares pra onde já foi etc. As pessoas podem também deixar referências e avaliações de sua estadia, mais um pouco de segurança para o próximo que for pra lá. E também tem tem uma espécie de confirmação de endereço, onde você paga uma taxa e então recebe um postal com um código pra colocar no site, e quando as pessoas entrarem no seu perfil vão saber que a sua casa existe. É interessante, pena que não consegui encontrar alguma casa quando fui pra Roma.


E você, tá esperando o que pra começar a viajar??
Como que a sua família se comporta frente a esse assunto?

   Até o próximo mês galera!

Tschüss

2 comentários :

  1. Ryanair, trem e ônibus tb são bem baratos.
    Super recomendo o Couchsurfing, é só saber analisar os perfis, testemunhos e encontrar um host legal :)

    ResponderExcluir
  2. Anônimo9/9/13

    E vamos que vamos! Divirta-se, a vida é curta e tem que ser vivida intensamente.....Parabéns pela coragem de estar sempre buscando seus ideais. Bjs
    Claudia Muuga

    ResponderExcluir