sexta-feira, novembro 01, 2013

Area Director: como lidar?

   Uma parte importante do nosso programa de au pair são as famosas Area Directors (ou LCC`s como alguns chamam). Elas tem um papel muito importante durante o nosso intercâmbio,  são elas as responsáveis por entrevistar famílias interessadas no programa, providenciam toda a assistência para que as famílias encontrem Au Pairs de acordo com a necessidade deles, organiza os “meetings”, faz um contato mensal com au paris e host families e provem qualquer tipo de suporte necessário em relação a duvidas e problemas. Resumindo, a Area Director é a pessoa responsável pela relação Au Pair/ Host Family. 
   É muito comum ouvir por ai meninas reclamando sobre suas respectivas LCC`s, dizendo o quanto elas são omissas na hora de ajudar as Au Pairs e que elas sempre privilegiam as famílias. É realmente uma relação de amor e ódio. Mas na minha opinião, elas são um mal necessário que nós devemos manter por perto, porque em caso de um problema (como rematch) elas serão as únicas pessoas nas quais nós “supostamente" poderemos contar. Como eu mencionei ali em cima, elas são responsáveis por organizar os “meetings”, que são os encontros mensais do Cluster (grupo de au paris da mesma região, o qual uma LCC é responsável), e esses encontros são o pesadelo de muitas au paris, pelo simples fato de acontecerem normalmente em um domingo, em um horário que poderíamos estar aproveitando nosso sagrado tempo off para fazer algo interessante. Pois é, esses encontros na maioria das vezes são chatos sim, mas para mim, eles são extremamente importantes. No meu cluster, por exemplo, os meetings aconteciam em parques, pontos turísticos, lojas de doce, na casa da própria diretora, etc. Quando algum feriado ou data comemorativa acontecia no mês, o encontro muitas vezes tinha tema, com algum jogo ou atividade relacionada aquilo. Eu acho os meetings uma ótima oportunidade de relatar qualquer eventual problema para nossas diretoras, tirar dúvidas em relação ao programa e a estudo, e até mesmo de conhecer outras meninas de todos os lugares do mundo. Foram nos meetings onde conheci muitas amigas minhas. E uma coisa é fato: se você participar desses meetings, deixar sua LCC saber sobre o que se passa na sua host family, e quando possível dar uma puxada de saco nela (como por exemplo dar uma caixa de chocolates no natal) é uma ótima maneira de ter uma boa relação com sua diretora, e tenho certeza que se um dia você precisar dela, ela irá te ajudar. Mas se você não for a nenhum dos meetings (e não dar satisfação), não responder e-mails, não enviar seu feedback sobre o que esta acontecendo na sua família, a probabilidade dela te deixar na mão caso você precise é grande. Pra mim isso é uma via de mão dupla, se você quer receber, tem que fazer sua parte (assim como na relação com sua host family). É uma questão de bom-senso, não é só porque ela é sua diretora, a pessoa responsável por você, que ela obrigatoriamente vai te ajudar caso você precise, independentemente do seu esforço para fazer isso acontecer. Caso ela queira te ferrar, ela vai, e você não vai poder fazer nada. Então na minha opinião, esse é o mínimo que podemos fazer para manter uma boa relação com ela.
    No meu caso não tenho o que reclamar da Area Director que tive. Ela sempre me ajudou em tudo que eu precisei, tanto em relação a problemas que eu tive com a minha HF tanto com dúvidas que tive sobre as universidades e os cursos, e eu sempre deixei claro pra ela tudo que estava acontecendo. Não posso dizer que todas são assim, porque não conheci nenhuma outra, mas na maioria das vezes elas entendem nossa situação, e farão o possível para ajudar. Mas tenham em mente o seguinte: a história de que eles privilegiam as famílias é verdade sim, na maioria das vezes. Afinal são as famílias que pagam pelo programa, e que pagam o salário das LCC`s. Mas não deixe isso te abalar, faça seu trabalho direito, cumpra com suas obrigações e responsabilidades, e tente manter uma boa relação com sua Host Family e Area Director e tenho certeza que as coisas podem dar certo, e se não derem, você vai ter sua consciência tranquila e uma chance de tentar de novo. Porque afinal, eles também precisam da gente.
Bom, é isso! Espero ter ajudado! Beijinhos e até mês que vem!

Stephanie

0 comentários :

Postar um comentário