domingo, novembro 24, 2013

Minha american life indiana


O "sonho de ser au pair" (sonho mesmo? oi?) é a nossa adaptação para o "American dream"!
Conhecer a Califórnia (Califa, se você quer parecer moderninha e antenada!), Las Vegas, parties e turismo em NYC, São Francisco, DC, Boston... etc. etc. conhecer o Grand Canyon, Yellowstone, e a lista goes on, and on, and on....
E daí, que eu já vou contar o que aconteceu com o MEU American dream! A host family do meu segundo ano de au pair (o meu primeiro ano foi o American nightmare, mas, falarei sobre isso outra hora!) - minha familia é Indiana!
Eles são uns queridos! Moro com eles há quase 4 meses, e a maioria das vezes (na medida do possível) sou acolhida como família mesmo, e não digo só pelos hosts (ambos nasceram na India, a host veio com 2 ou 3 anos de idade, e o host aos 18) mas, pelos pais e irmãos deles.
É jantar indiano pelo menos 3 vezes por semana, é festa e get together sempre, é gente falando Hindi o tempo todo, chai todo dia... costumes, crendices e tudo mais. A maioria do tempo eu esqueço que estou na tal da América!
O lado bom de se ter uma família de outra nacionalidade é, obviamente, aprender sobre uma nova cultura que você nem sonharia em aprender. Valores, e tradições que esperamos num intercâmbio, só que ao quadrado, porque claro, eles também celebram e manjam de coisas tipicamente americanas.
Sobre os valores, é o que mais me agrega aqui... eu tenho valores meio que fora do padrão. Sou vegetariana, super chata com essas coisas de ter as coisas certinhas, reciclagem, ser duro com os filhos, regular televisão e sobremesa... essas coisas de gente chata. E meus hosts, um casal jovem, tem valores que eu boto muita fé. E tem sido ótimo tê-los como exemplo e aprender com eles. (E eles são vegetarianos, pra alegria geral do meu mundinho!)
Meu American dream tem sido xuxu-beleza sem toda aquela porcaria de lado ruim de famílias americanas em que não existe padrões ou rotina, que "tudo bem comer pizza 3 vezes por semana" e achar que applesauce industrializado é tão saudável quanto comer uma maçã. Ou de não achar que dar 15 brinquedos (literalmente) na manhã de Natal para o seu filho mal criado seja estragá-lo. 
O bom de ter um ano com uma família non-americana é evitar essas coisas, que cruficique-me quem achar que estou dizendo bobagem... vai ter pelo menos um exemplo, um exemplozinho no seu ano de aupair que você vai lembrar do esteriótipo da "família americana" de um jeitinho bem pejorativo, e correr o risco de ficar horrorizada!!!
Claro... que nem tudo são flores, e sempre tem algo que te desagrada ou que você discorda... que podia ser melhor. Mas, o meu ponto hoje é dizer que, existem famílias em que um dos pais, ou a família inteira é de outra nacionalidade... e aprender sobre novas culturas e valores é sempre bemvindo ao nosso crescimento pessoal. Se você tem alguma família assim no seu perfil, não torça o nariz... pode ser uma mega oportunidade para você! Go for it! 
Se alguém se interessar em saber algo mais específico sobre minha experiência indiana nos States, só deixar um comentário aqui embaixo, e responderei com prazer!

:)
Tchau now!
Karen Rito

(Pois é, foi a Karen e não o Eddy que postou hoje. Ahn? É... O Eddy teve um probleminha, mas já ta tudo resolvido! Dia 06 ele vem aqui recompensar a ausência de hoje!) 

5 comentários :

  1. Tbm tenho host family indiana. Aprecio os costumes, as vezes a culinária, e ocasos humano semelhante a nos brasileiros. Mães indianas são definitivamente contrárias a maioria das americanas. A minha eh marinheira de primeira viagem e ela , definitivamente exagera um pouco na super proteção. Ela eh meio insegura e exagerada! Tales um dia ela supere isso! Hehe mas sinto falta as vezes de costumes típicos americanos! Btw, essa foi uma escolha minha! Sorte pra nos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Pois é, eu acabo tento costumes típicos americanos, e felizmente não tenho o lado ruim das famílias americanas (e não sinto nenhuma falta). A host mom indiana parece uma princesinha de 17 anos, mas é uma super mãe, eu tiro o chapéu pra ela, nos quesitos respeito, educação e alimentação especialmente. Acho que certas coisas dependem muito das pessoas mais do que da cultura... e pra gente o que depende é a sorte mesmo! hahah!
      ;)

      Excluir
  2. Olá Karen,
    ótimo saber que você é vegetariana.Eu também sou e estou super insegura em achar uma host family por isso.Será que você poderia fazer um post sobre vida de vegetariana no país no Fast Food?Sou daquelas que não peço para se adaptarem ao meu modo de alimentação e como o que tem.Porém gosto de saber a origem e comprar aquilo que como.Tenho medo de .passar fome ai por vergonha de pedir a Host family de comprar algo específico e talvez considerado até caro para mim ou gastar todo meu dinheiro com comida.Gostaria de saber mais sobre preços da alimentação para vegetarianos antes de ir.Assim já vou me adaptando e quem sabe convenço a host family a me deixar fazer uma hortinha no quintal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathália!
      Que legal! Vou fazer um post isso com certeza! Minha primeira host family aqui nos States não era vegetariana mas sempre me respeitou super, nunca tive problema... honestamente acho mais fácil ser vegetariana aqui que no Brasil (mas, com muitos contra-tempos também). Vou escrever um post com carinho sobre isso,
      Até mais!
      :)

      Excluir
  3. To 4 anos atrasada aqui mas tenho uma pergunta rs.. caso a host family contrate uma au pair que nao seja vegetariana, ela pode comer carne dentro da casa? Pq eu sempre fui apaixonada pela cultura indiana e meu sonho é visitar a India.. acjo que seria muito legal ser au pair de indianos, mas sou extremamente chata com comida, se eu nao pudesse comer carne provavelmente me alimentaria muito mal e ficaria doente

    ResponderExcluir