segunda-feira, dezembro 16, 2013

40 dias de USA: dicas de sobrevivência para bixetes.

Hi guys!

Antes de mais nada, me desculpem por furar com vocês mês passado.
Com toda a confusão que é a primeira semana a casa da host family eu não consegui vir aqui escrever pra vocês.

But here I am, em meus exatos 40 dias nessa vida de au pair.
O que posso dizer? Essa vida não é nada fácil.
Vai haver muito trabalho? Sim.
Vai haver choro de criança? Sim.
Vai haver homesick? Sim.
Mas também vai haver muita diversão, novas amizades e lugares a explorar.

A vida de au pair não é um conto de fadas. Então amiga, você que pensa que está vindo pros USA ou pra qualquer outro país de sua escolha pra morar de graça na casa de uma família nativa, praticar a língua e curtir #colôniafefériasfeelings, ta na hora de acordar. 
Não estou dizendo que isso não faz parte do programa, é claro que faz! Mas o primordial é manter em mente que o au pair é, antes de tudo, um intercâmbio de trabalho.
Então quanto mais realista você for em relação a isto, menos expectativas errôneas você terá.

E assim chegamos à dica #1:

Foco no trabalho. Mantenha em mente que você está aqui pra trabalhar e seja profissional.
Isso significa: pontualidade, responsabilidade e respeito com as regras.
Se existe uma frase que se encaixa perfeitamente com o programa de au pair é esta:



Isso não quer dizer pra você tratar sua host family como apenas seus empregadores. Mas fazer seu trabalho direito é uma boa maneira de se dar bem com eles. E acreditem, quando o work acaba, a parte do play vale muito a pena!

Dica #2:

Não deixe a vergonha te dominar.
Se tem algo te incomodando, converse a respeito.
Se está com fome, vá até a cozinha e pegue algo pra comer, mesmo na frente da sua host family.
É melhor começar a matar a vergonha desde o princípio!

Dica #3:

Saia! Conheça pessoas novas, lugares novos.
Isso vai renovar seus ânimos!

Dica #4:

Fale! Fale! E fale mais um pouco!
Não deixe seu medo de falar errado te impedir de tentar.
De outra forma, você nunca vai praticar e, consequentemente, nunca irá melhorar.
Falar um segundo idioma não é para todos, então está tudo bem errar de vez em quando.
Com os erros se aprende muito.

Dica #5:

Seja independente. Tudo bem pedir ajuda dazamigas de vez em quando, mas lembre-se que existe internet, gps e afins.
Pratique a independência.

Dica #6:

Tente coisas novas. Desafie a si mesmo. Evolua.
Afinal, é pra isso que estamos aqui! ;)

Isso foi o pouquinho que aprendi ao longo dos meus dias aqui.
Espero poder ajudar!

Que todas tenham um ótimo mês!
Nos vemos próximo dia 16.

Beijinhos

5 comentários :

  1. Hello pessoa :)
    Conheci esse blog ontem e estou super animada, na verdade como nada na minha vida (atualmente) esta dando certo... Decidi virar Au Pair! Sim da noite pro dia, e espero que pelo menos isso dê certo. Gostei muito do seu post, por que tira aquela coisa de que tudo vai ser lindo e maravilhoso no outro país. Espero que continue dando certo pra vc, e comece a dar para mim :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ithy! Que bom que você gostou do post e do blog também. Você vai achar muita coisa útil por aqui.
      Boa sorte pra você nessa jornada. Depois volte pra nos contar como está indo tudo. =)
      PS: desculpa a demora em responder o comentário, a vida é bem corrida por aqui, você vai ver. rs

      Excluir
  2. Estou embarcando daqui 1 mes e meio e nessa fase do processo estou adorando ler esse tipo de post. assim chego lah preparada pra fazer valer cada segundo do meu ano de aupair desde o inicio. Valeu!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi Priscila!! Obrigada!!
      Se prepare mesmo porque isso faz toda diferença no seu ano aqui.
      Lhe desejo muito sucesso!!
      PS: desculpa a demora em responder o comentário, a essa altura você deve estar prestes a descobrir como o tempo voa por aqui. rs

      Excluir
  3. Falta muito para eu embarcar, mas adoro ler posts como o seu, com dicas e afins. Obrigada, beijos <3
    ansiedadeaupair.blogspot.com.br

    ResponderExcluir