quinta-feira, janeiro 09, 2014

O que levar na mala de volta?




Hoje completo 1 ano e 10 meses que estou participando do programa de Au Pair e quando chega nesse momento, um pulo de voltar para casa, passam tantas coisas no meu coração, na minha mente e hoje deu vontade de escrever sobre o que o programa de Au Pair acrescentou na minha vida ou seja o que será que vou levar de volta para casa, o que será que eu colocarei na minha mala.

Quando eu planejava vir para os Estados Unidos, eu estava com tanto medo, uma mistura de sentimentos invadiam o meu coração, eu tinha medo de me arrepender, de querer voltar para casa, de não aguentar o desafio, de perder o namorado que eu tinha na epoca, de perder o meu lugar na minha família, de não gostar da família, de passar por muitas dificuldades enfim eram tantas coisas que passavam na cabeça, mas mesmo assim algo me empurrava, me impulsionava e fazia com que eu agisse com determinação, eu literalmente sabendo de todos os riscos eu me joguei, larguei meu emprego, abri mão de um monte de coisas, minha mala e o meu ser chegou aqui bem pesado, mas que aos poucos a gente vai aprendendo a se desapegar, a se livrar daquilo que a gente não quer mais para a nossa vida, nossos medos vão indo embora e com o passar do tempo a gente vai se transformando e ficando mais leve.

Tive sorte porque me dei muito bem com a família, aos poucos fiz amizades, estudei, aprendi a me soltar mais, aprendi a me virar sozinha, a fazer coisas que nunca tinha feito.

O que tenho a dizer é que essa experiência valeu muito a pena!
Valeu a pena ter saído da zona de conforto e ter me jogado.
Conheci pessoas incríveis, realizei alguns sonhos, viajei bastante, comprei algumas coisas e fora tudo isso, eu fiz uma revisão nos meus valores, esses 2 anos olhando a minha vida de um outro ângulo fez com que eu tivesse a oportunidade de enxergar de uma outra forma, como melhorar como pessoa, é como se a mente tivesse uma expansão.

Hoje me sinto muito mais madura, aprendi a me jogar, a me comunicar mais e isso também é muito importante.

Fiz algumas descobertas, descobri que sou muito mais paciente e flexivel do que eu imaginava.

Claro que nem tudo são flores, a gente chora, tem dia que a gente se descabela, passamos por momentos complicados, mas os meus 2 anos foram muito mais de alegrias do que de tristezas e valeu e como valeu!

Para finalizar, logo mais eu voltarei para o meu lar e na minha mala levarei mais amadurecimento, determinação, independência, sonhos realizados, fé (uma intimidade maior com Deus), uma cultura nova, aprimoramento no inglês, novos amigos, novos sonhos e com mais esperança.

É o que desejo para todos, que vocês façam o melhor e que na mala de vocês, que vocês possam carregar muito mais do que suas roupas, presentes e eletrônicos, que vocês tragam seus valores e suas melhores lembranças, experiências e muita energia positiva para espalhar por ai....

Nos vemos no próximo post ... 09 de fevereiro.

Obs: Se alguém quiser acompanhar o meu blog pessoal, envie um e-mail para vanise.perli@hotmail.com que eu autorizo.

2 comentários :

  1. Bela reflexão filha, te admiro cada vez mais, como filha, como profissional. Não vejo a hora de você retornar com sua linda bagagem cheia de experiências , de amigos novos conquistados e muito mais...Deus a abençoe e estamos te esperando com muito amor e saudades. Te amo! Bjosss

    Zilda munhoz Perli

    ResponderExcluir
  2. Que linda você e que linda sua mãe aí em cima.
    Já eu, não vejo a hora de ir pros states.
    Adorei o post.
    Bjs <3

    ResponderExcluir