terça-feira, abril 29, 2014

O que te motiva?

Eu comecei a escrever esse post no dia que fui aceita no blog - dia 31 de março. De lá para cá meu texto passou pelas mais loucas situações: 
1º - não conseguia ficar online - cada hora aparecia um documento novo ou que precisava ser alterado...
2º - fiquei online na quarta feira, dia 9/03, finalmente, depois de NOVE MESES de documentação. Chorei.
3º - quinta feira, quando abri meu email, já tinha o email de uma família! Chorei [2].
4º - Troquei vários emails com a família durante o dia e já gostei muito deles. Marcamos Skype para sexta feira. Chorei de pânico!
5º - Fiz skype na sexta, foi muiiiito legal, apesar de eu ter travado (claro). Conversamos por mais de 2 horas, conheci as crianças, e adorei! Foi interessante saber que eu conseguia ficar vermelha de vergonha, nunca tinha acontecido... 
6º - depois do Skype fui comer e tentar baixar a adrenalina, torcendo para eles terem gostado de mim! Quando voltei para o computador tinha um email deles falando, entre outras coisas, para eu olhar meu perfil: era o convite para fechar com eles!! Gritei um belo “I have a MATCH!!!!” e depois chorei! kkkk
Em todas essas situações eu mantive a mesma linha de raciocínio no texto,o que foi muito bom para mim e espero que seja para vocês também.
A única coisa que me manteve seguindo em frente nesses nove meses foi a motivação. Não, esse não é um texto de auto-ajuda, mas é bom para vocês saberem que vocês vão depender dela durante todo o programa de Au Pair.

                                                        Ah a espera sem fim...

Acredito que no momento em que você decide fazer um intercambio sua vida muda um pouco: você sai da zona de conforto e começa se preparar para viver uma experiência totalmente diferente. Minha mãe sempre questionava: “Você tem certeza que é isso o que quer?” e, quando eu respondia que sim, ela complementava “então você vai fazer isso direito”.
Eu passei a trabalhar somente com crianças em suas respectivas casas (todos meninos, um de 6 anos, um de 12 anos e dois irmãos de 1 ano e 11 meses e 5 anos) e passei a fazer monitoria em uma escola de inglês da minha cidade. Além disso, estudava inglês uma vez por semana em sala de aula e todos os outros dias em casa, com musica, seriado, filmes... Enfim, o que quero dizer aqui é: você realmente quer? Faça acontecer. Tente se lembrar sempre dos seus motivos – eles podem parecer pouco ou muito para os outros, mas são os SEUS motivos – são eles que vão te fazer seguir em frente quando tudo está ruim, e pode acreditar, isso vai acontecer mais cedo ou mais tarde. Parece até um teste de paciência, quando tudo de errado acontece na sequencia, mas vale a pena. Não vejo a hora de chegar lá! <3





É isso gente linda! Esse é meu primeiro texto aqui no blog, espero que tenham gostado. Se quiserem tirar alguma dúvida é só comentar aqui, no face ou por email! Beijoooooos!! =*


liza.trombini@gmail.com


16 comentários :

  1. Anônimo29/4/14

    Amei o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Liza Trombini2/5/14

      obrigadaa!! :D

      Excluir
  2. Parabéns pelo match ... Demorei 7 meses desde que assinei o contrato até realmente ficar on essa semana...
    Adorei o texto e quero saber mais sobre sua family !!!
    Beijos !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Liza Trombini2/5/14

      Obrigada Thais!! Essa espera é interminável, né?! Deus do céu! kkkk
      Pode deixar que vou falar um pouco deles aqui! x)
      Boa sorte na nova fase!!! Qualquer coisa é só chamar!
      beijoo

      Excluir
  3. Respostas
    1. Liza Trombini2/5/14

      obrigada Julia! =D

      Excluir
  4. Incrível. E é bem isso mesmo, o importante é não desistir, mesmo quando tudo estiver dando errado. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Liza Trombini2/5/14

      Valeu Camila!
      Realmente, o negócio é respirar fundo, tirar coragem de um lugar que você nem sabia que existia e continuar em frente! Alguma hora dá certo! kkkkk

      Excluir
  5. liza!! super me identifiquei com voce.
    quando decidi ser au pair (15 anos), minha unica experiencia era com a filha da vizinha e o ingles era so o da escola. desde entao comecei a estudar, sempre com um objetivo maior. depois, quando terminei a escola, abri mao de passar a trabalhar turno integral pra poder trabalhar com crianças na parte do dia que eu teria livre. VALEU muito a pena!! todos os passos ate chegar aqui valeram, e tudo que tenho vivido aqui tem valido tbm.

    boa sorte! conta mais da family ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Liza Trombini2/5/14

      Que bom Duda!!! \o/
      Obrigada!! Boa sorte para nós!! =D
      Pode deixar que conto mais sim! bjoooo

      Excluir
  6. Só pra deixar registrado que gostei bastante do seu texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Liza Trombini2/5/14

      obrigada!! ^^

      Excluir
  7. muuuito legal seu texto. a única barreira existente diante de mim se chama carteira de motorista... se comparada com as outras, é fichinha!!! espero que o seu dê certo!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns excelente texto! Foi muito bom ver você completar este seu ciclo! Boa sorte nessa nova etapa, que bons ventos surjam no seu caminho. Continuarei na torcida. x ]

    ResponderExcluir
  9. Gente, que coisa linda!!!!!
    Estava aqui quase chorando por nao conseguir me decidir, influenciada pela opiniao de outras pessoas.. mas agora tenho certeza, pq eh isso que me move todos os dias, esse sonho americano que tenho desde os cinco anos de idade, e que eu vou fazer acontecer. Obrigada, Liza <3

    ResponderExcluir
  10. gata como assim 9 meses?Esse é teu primeiro post né? Faz um post explicando os motivos dessa demora pra ficar on :D
    Ah, ficou fofa a postagem, amei e super concordo!!

    ResponderExcluir