sexta-feira, maio 23, 2014

Bati o carro da Host Family. E agora ?

Quando nos mudamos para a casa da Host Family uma coisa que preocupa grande parte das meninas é sobre dirigir. Primeiro, porque algumas quase não tem experiência no volante, outras tiram a carteira só para o programa, e outras ainda pelo simples fato da situação chata de ter que pedir para usar o carro e tal. Mas e o medo de acontecer alguma coisa com um carro que não é seu? O que fazer? 

Nesse meu 4* mês passei por algumas coisas desagradáveis aqui, e uma delas foi isso. Graças a Deus não era eu dirigindo hahaha sou meio surtada, Deus me livre! Mas enfim, estava toda empolgada porque tinha conseguido a quarta-feira de manhã para ver cursos no College. Minha amiga me pegou em casa e fomos. Chegamos bem perto do lugar, mas nos perdemos. E nisso ela resolveu dar uma olhada básica no GPS e aí tudo aconteceu bem rápido: O sinal fechou, os carros pararam. Estavamos em uma velocidade bem baixa, mas quando vimos que o carro da frente tinha parado era too late. E na hora do nervoso, uma coisa bem comum de acontecer é trocar o freio pelo acelerador. E foi isso que aconteceu. Ela acelerou, batemos no carro enorme da frente, que consequentemente foi empurrado e bateu em um terceiro carro, na frente dele. E nisso ele voltou para trás e bateu na gente de novo.



 O que aconteceu foi um erro besta, mas que como eu disse, não é difícil de acontecer. Minha amiga dirigia a 6 anos no Brasil, então não foi falta de prática. Bom, minha amiga saiu do carro na hora para falar com a outra motorista, e eu ainda fiquei em estado de choque por uns 2 minutos, pensando: Não, isso não aconteceu.
Parece besta né? Uma batidinha atrás do outro carro. Mas se não estivessemos de cinto, iamos nos ferrar legal, porque fomos ''jogadas'' bem para frente, ela machucou o joelho, e eu acordei no outro dia como se não tivesse pescoço por causa da dor, e acabou com toda a frente do carro. Enfim, o que fazer :

- Mantenha a calma. Já bateu, engole o choro e deixa para chorar em casa.
- Descer do carro, ir falar com o outro motorista se a batida foi em outro carro. Não tem muito o que falar, e ele vai estar ''puto'', mas é melhor que nada, você deve uma explicação.
- Ligar para o Host Dad ou a Host Mom, e torcer para um dos dois vir te socorrer.
- Ligar para o seguro do carro, ou se você falou com os Hosts eles provavelmente vão resolver isso para você.
- Não saia do lugar do acidente, pois a Polícia vai aparecer em breve e querer um relatório.

No meu caso, a polícia estava passando lá pela rua, e perguntou: - Isso foi um acidente? (LOL), aí pegou os documentos dela, fez as anotações dele, e depois pegou o relatório de cada pessoa que estava lá, e nossas informações (Nome completo, telefone, endereço, data de nascimento). Vou dizer que da um medo passar isso para a policia hahaha parece que você vai ser preso LOL. Aí você espera chegar o seguro e tudo mais. A Host da minha amiga que apareceu lá, foi um amooooor que só! Muito fofinha, disse que isso acontece mesmo com qualquer um, que não tem problema, abraçou ela e tudo mais. É lógico que não é sempre o caso, já ouvi váarios relatos de que isso foi motivo de rematch e coisa e tal. Mais uma coisa que vai de sorte com a família.

Batidas mais simples, que não envolvem outras pessoas mas arranha o carro ou algo assim, muitas pessoas deixam de contar para a Host Family, mas eu acho que a sinceridade é a base de tudo. As vezes você não conta, a família percebe e vai perdendo a confiança. Não é legal mesmo, e como a host dessa minha amiga mesmo disse, ACONTECE. Com qualquer um. É aquela história: Para morrer, basta estar vivo. Para bater o carro também, basta dirigi-lo, rs.

Beijos e até o próximo dia 23! =)

6 comentários :

  1. Ainda bem que a host dela não foi FDP né ? Porque ouço muitas histórias de famílias que fizeram até a au pair pagar pelo conserto do carro. Foda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eh! Ouco muitos casos disso tambem... Sorte!

      Excluir
  2. Que blog interessante!
    Escrevo num colaborativo também!
    O blog das 30 pessoas!
    Tenho uma amiga au pair!
    Estarei sempre por aqui!
    Amo cotidianos!
    Bjo pra vcs 30! ;)

    ResponderExcluir
  3. Que legal!! =)
    Seja bem vindo! Vou dar um pulinho no seu blog tambem!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ótimo texto. Já ouvi relatos de várias au pairs que passaram por isso. Uma que inclusive foi enviada de volta, pois não conseguiu rematch após a batida. E também foi uma batida bem boba e não havia sido culpa dela (o cara passou no sinal vermelho, mas ela não viu que ele não tinha parado).

    Tem muita menina que tem medo disso, um acidente no exterior! E ainda mais com o carro dos hosts!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, coitada! :(
      Tem au pair que nao da sorte com familia mesmo viu...
      Fico feliz em contribuir!!
      Beijos

      Excluir