quinta-feira, maio 22, 2014

10 coisas inesquecíveis do meu ano como Au Pair

22 de maio de 1990 , nasce uma estrela !  Só que não ! Hahaha

Gente, eu adoro o número 22 por isso. Não, eu não escolhi o dia 22 para ser meu dia de postar no blog, não escolhi ser a senha 22 no consulado, não escolhi o dia 22 para nascer e mil outras coisas que acontecem relacionadas ao  número 22 na minha vida.  Mas tenho essa conexão com esse número, legal né ? Então, hoje dia 22 de maio, dia de postar e dia de comemorar meu nascimento queria relembrar e viver as coisas mais legais que eu já fiz no meu ano de Au Pair.

1 -Ser Au Pair  ( Deeeer ? ) 
Foi a melhor decisão que já tomei na minha vida. Se você está em dúvida entre ir ou não ir ,  VÁ !  Se joga e não olhe para trás. O pensamento que eu tinha antes de ir era o seguinte "Prefiro me arrepender do que fiz do que o que não fiz" . Ponto. Sejam Au Pairs e voltem aqui para me contar depois.



2- A sensação de ver a Times Square pela primeira vez  :')
Gente, eu sei que essa é bem coisa de menina de interior que nunca viu a cidade grande. Mas, se é verdade mesmo que , antes de morrer , todos os seus melhores momentos se passam diante dos seus olhos, então este será um dos momentos que irei lembrar com mais paixão. Sabe o que é, você sonhar desde criança em estar em um lugar, e não fazer idéia de como ou quando, apenas que isso vai se realizar de algum jeito, e de repente você está ali, dentro do seu sonho, só que agora ele é real ?  E UAU, nunca perdi o brilho no olhar, mesmo tendo visto a TS umas 100 vezes depois disso, sempre me emociono e sempre me lembro da garota que eu fui, e me faz pensar que tudo na vida é possível sim, basta você querer.




3- Se apaixonar perdidamente, incondicionalmente e loucamente 
Algumas coisas na minha vida jamais serão as mesmas depois disso. Foi o típico summer romance, onde tudo era lindo e possível. Mas como todo verão , a paixão também acaba, uma au pair sempre acaba voltando para casa, mais cedo ou mais tarde :/

4 - Aprender a andar de bicicleta de novo 
Chegar na nova host family que não tem carro, mas tem uma bike , e ter que aprender a usa-la como meio de transporte, depois de 7 anos sem andar em uma. Me senti com 6 anos de idade, o vento batendo no rosto e as pernas meio esquisitas depois de tanto tempo sem usar uma bicicleta.Mas foi muito boa a sensação de reaprender algo tão divertido. 

5- Dormir no Central Park 
Nada melhor do que um dia preguiçoso, depois de festejar , deitar na grama do parque e não fazer PORRA nenhuma. Life is good.

6- Receber o primeiro salário 
Esse dia foi bom, primeira semana como au pair, tudo é lindo e bonito. E o dia do pagamento chega , junto com o seu dia off. Nada pode deixar uma au pair mais feliz do que salário mais dia off. 

7- Conhecer os meus ídolos , e beber com eles também 
Dispensa comentários, mas tudo é possível em NY.

8- A primeira vez que eu vi a neve 
Foi um pouco antes do Halloween, já estava frio pra cacete, e eu super ansiosa porque nunca tinha visto neve na vida, estava dormindo e uma amiga me ligou "Vanessa, vai pra janela, está nevando" e eu  "WHAAAAAT *O*". Fiquei muito feliz, fiz questão de sair de casa hahaha, foi muito legal, escorregar e por a mão em tudo e jogar neve para todos os lados.O mais legal da neve foi poder usa-la como freezer para os meus drinks.






9- Fazer a minha baby dormir nos meus braços
Este entra para os momentos mais top especiais de todos do universo. A baby que eu cuidava tinha 6 meses, e ela era a minha única razão para nunca querer ir embora. Também teve a primeira vez que eu segurei ela no colo, nunca vou me esquecer. As vezes eu a abraçava, mas era como se fosse ela quem estivesse me dando um abraço,  para eu me sentir melhor e menos homesick. E quando ela dormia em mim, era um momento só nosso, não tinha barulho, não tinha preocupações, apenas aquele anjinho respirando e babando no meu braço. Saudades infinitas :(


10- Deitar na Times Square
Foi engraçado, eu estava sentada e pensei "por que não deitar?" , só para ver qual era a sencação mesmo. Primeiro você acha que vai morrer pisoteada por algum ser humano a qualquer momento, depois você vê tudo de ponta cabeça e é muito legal,  e por fim você se sente retardada por estar fazendo algo tão bobinho e acaba levantando. Mas, é engraçado poder dizer que já fez isso.

Acho que deu para perceber que meus momentos são uma mistura de coisas bobas com coisas sérias.
Poderia escrever até o número 22 , mas não vou me prolongar. O mais importante de todos estes momentos, foi que , um dia eu decidi me dar a chance de vive-los. Quando você tem um sonho e abre as portas para deixar ele acontecer, tudo é possível, coisas ruins acontecem, mas boas e maravilhosas também. Por isso eu acredito tanto nas coisas e não duvido dos sonhos de ninguém jamais. São momentos como esses que marcaram minha vida, meu ano. Momentos como esses que eu não esquecerei , lá na frente , quando eu for bem mais velha. Recordar é viver, mas para viver, tem que se permitir.

Quem gostou desse post e quiser conhecer mais o meu trabalho, acesse o Pensamento Livre  e curta a minha página no facebook.



32 comentários :

  1. Anônimo22/5/14

    Lindo post *.*

    ResponderExcluir
  2. QUE FOFA!
    Amei teu post!

    ResponderExcluir
  3. Vanessa, que post envolvente (:
    Muito bonito de se ler! Fui lendo e imaginando cada coisa descrita ^^

    E Parabéns, menina. Nada melhor do que comemorar, relembrando momentos que ficarão sempre guardados com você.

    Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha que bom que deu pra imaginar. Obrigada Radira =]

      Excluir
  4. Que post lindo! Todas nós poderíamos fazer um assim! Mas quero saber: quais ídolos foram esses? :O

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadao Leticia , hahaha seria bacana se todas fizessem sim, é interessante a ideia. Entao, os idolos sao umas bandas que eu curto, talvez eu jogue aqui no proximo post haha.

      Excluir
  5. Aeeeeeeeeeeeeee Uhullllllllllllll Parabéns para nós !!!!
    Hoje é meu niver tbm \o/
    Adorei o post... super fofo sua baby... e deitar na times square deve ter sido engraçado mesmo huahuahaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AEEE ! Parabens Thais hahaha. Obrigada, que bom que curtiu.

      Excluir
  6. Nossa, Vanessa! Que post mais lindo! Adorei sentir um pouco das suas emoções e vivenciar seus momentos mágicos por meio das suas palavras. Entendo esse lance de fazer coisas aparentemente bobas, mas que significam muito. Senti o mesmo quando fui para a Alemanha e me deitava nas praças da cidade onde fiquei. É uma sensação muito boa. Ah, e conta para a gente o encontro com seus ídolos! Fiquei super curiosa!! :) bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É foda, no final, as lembranças sāo a única coisa durável que podemos trazer para casa, depois de viver essa experiencia incrivel chamada Au Pair hahaha.

      Excluir
    2. Ahh, entendo perfeitamente. Não como Au Pair (ainda), mas do que fica após vivências especiais.. :D

      Excluir
  7. Que lindo post. E como assim: Conhecer os meus ídolos , e beber com eles também ??? Quem são eles? o.O rsrs
    Curiosidade matou o gato, eu sei rs
    Adorei e ta lindo o post.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sao umas bandas que eu curto, ninguem famosao e tals, mas pra mim foi foda hahaha, ja tenho ideia pro proximo post entao haha

      Excluir
  8. Que história incrível!

    Parabéns, e super inspirador. Obrigada por compartilhar!

    Beijos!

    Nath,
    www.brazucaupair.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thalia , fico feliz que tenha gostado, estamos aqui pra compartilhar hahaha obrigada =D

      Excluir
  9. Lindoooo! me emocionei e passou na minha cabeça os meus melhores 22 dias

    ResponderExcluir
  10. Que lindooooo!!!
    quais os ídolos, conta conta conta,hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marilia, que bom que curtiu. Vou fazer um post sobre os ídolos no próximo mês hahaha

      Excluir
  11. É tão bom vc ler um post e se identificar, me senti menos sozinha nessa doideira de embarcar como au pair.
    Ainda tô na fase de criar expectativa de como vai ser meu próximo ano, e adorei vc ter compartilhado um pouco dessa sensação de ser au pair, ahahaha

    ResponderExcluir
  12. É tão bom vc ler um post e se identificar, me senti menos sozinha nessa doideira de embarcar como au pair.
    Ainda tô na fase de criar expectativa de como vai ser meu próximo ano, e adorei vc ter compartilhado um pouco dessa sensação de ser au pair, ahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser au pair é amor demais, compartilho e continuarei compartilhando, fico feliz que tenha se identificado, obrigadão <3

      Excluir
  13. Ler seu post e sentir um frio na barriga, mais vontade, mais amor, mais tudo HAHAHAHA AIII MEU DEUS. Controla ansiedade e vai dar tudo certo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Letícia, eu tambem sentia isso hahaha. Vai dar tudo certo sim, força na peruca haha

      Excluir
  14. Sabe aquele momento que vc le algo e se imagina naquela situação, pois é foi o que senti lendo o seu post.
    Amei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kate , que bom que vc se identificou, ficou MUITO feliz, obrigada mesmo <3

      Excluir
  15. Eu tambem nasci no dia 22 de Maio!! Só que em 92... Esse ano fiz 22 no dia 22, esperava por isso desde criança! haha
    Lindo Post, fiquei emocionada até!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahaha Gabs eu tbm queria muito fazer 22 no dia 22. Fiz no ano do meu intercambio 2012 hahahahaa

      Excluir