domingo, junho 29, 2014

Contagem regressiva e cabeça pirando

Oi gente linda! Mês passado não consegui postar aqui no blog porque fiquei doente e esqueci de programar o post... Desculpem. :p
Muitas meninas pediram nos comentários para eu contar um pouquinho mais do meu processo e porque demorou tanto. Prometo falar sobre isso no próximo post, ok? Daqui pouco mais de 20 dias eu embarco, então decidi escrever sobre uma coisa meio louca que tem passado na minha cabeça e já rendeu muitas risadas aqui em casa: quem eu quero ser nesse intercâmbio.
Funciona assim:

Vocês já pararam para pensar no quanto o intercâmbio pode te mudar? Ou melhor, te ajudar a mudar.

Eu cresci em cidade pequena, no interior de São Paulo, daquelas que você conhece todo mundo e todo mundo acredita que sabe o que é melhor pra você... Sabe? Por isso eu me encanto tanto com a “cidade grande”, você é só mais uma pessoa entre várias, e ninguém se importa. 



Quando eu assinei o contrato do programa de au pair a minha cabeça começou a funcionar enlouquecidamente (acredito que seja comum). E uma das coisas que eu pensei foi: “nossa, agora posso ser quem eu sempre quis ser!”. Logo depois veio a pergunta de um milhão de dólares: mas quem eu quero ser?
Devo confessar que sempre quis ser uma pessoa estilosa e rebelde, sabe? Na minha adolescência eu ganhei um skate de Natal e pensei “é agora!”... Ai eu descobri que eu conseguia subir e sair andando, de primeira (legal!), mas eu precisava de mais! Muito mais! Fui toda diva para uma rampa, skate em baixo do braço, tênis estiloso, cadarço pintado de cor diferente (com tinta guaxe) e... descobri que sou uma marmota quando se trata de altura! ¬¬



Após essa fase, pensei “vou ser uma pessoa mais tranquila, silenciosa, tímida...”. Pfff, contei a proposta de vida para meu irmão e minha cunhada e eles começaram a rir. Como dizia um professor meu: “pra isso, só se você nascer de novo!”. Ok, desisti.
Hoje a minha expectativa está em não ficar com medo no avião e não me perder dentro do aeroporto, já que é minha primeira vez dentro de um! Torçam por mim! :D

E vocês? Quais são as expectativas para o intercâmbio? Conta ai nos comentários! 

DICA: gente, sério! Eu morri de rir com esse post! Vale a pena:
 http://oblogdas30aupairs.blogspot.com.br/2014/06/expectativa-x-realidade.html



Um comentário:

  1. Liza, antes de embarcar , um mundo de possibilidades se abre em nossas mentes. Podemos ser qualquer coisa, menos o que fomos antes. A expectativa é a maior culpada por este friozinho na barriga que todo mundo sente. E se eu nao gostar de ser a pessoa na qual irei me transformar ? hahaha É incerto e louco. Mas vale muito a pena e eu faria tudo de novo. Obrigada por indicar o meu post, fico feliz que tenha gostado <3

    ResponderExcluir