quinta-feira, junho 05, 2014

Sites para se encontrar HFs!

Eu não achei que esse seria um assunto importante para se explorar, mas a quantidade de meninas e meninos que tem dúvidas sobre os sites para encontrar Hosts Families é grande. Geralmente, os au pairs que decidem ir sem agência (assim como eu) tomam esses sites como o pontapé inicial para a busca de uma família hospedeira em algum lugar do mundo. E devo dizer que é uma mão na roda! Há também os au pairs que vão pelo intermédio de agências e querem expandir o número de famílias em seus perfis. Procurando, conversando e, se o santo bater com o da HF, tentam convencê-las a irem pelas suas agências.
  
''Bom, e como funcionam esses sites que tanto falamos nos grupos ?'' Au Pair World, Great Au Pair, Au Pair.com, Find Au Pair... Como podem ver, existem várias opções. Vou falar aqui sobre alguns, ou, pelo menos, os mais usados.



Começando pelo tão famoso Au Pair World (APW)
Particularmente é o meu favorito, não só por ter sido o site onde encontrei a minha host family, mas por ter sido o que mais me deu retorno em quantidade de famílias que falaram comigo. Enfim, no Au Pair World, como na maioria, você faz o seu perfil, adiciona fotos, e tem três textos para você redigir: uma apresentação para as famílias, um texto sobre você e por último o porquê de você querer ser au pair. Feito as etapas, agora é só mãos a obra. Você poderá encontrar uma HF clicando em ''find a family'', onde você preenche uns critérios de buscas, tal como país da sua nacionalidade, seu sexo e país que você gostaria de ser au pair, podendo selecionar múltiplos países.

- Detalhe: Se você fez isso e achou paupérrima a quantidade de famílias mostradas, você pode expandir de outra forma o número de perfis, colocando que você é do mesmo país da família hospedeira, assim, aparecerá uma quantidade maior de HFs. Lembrando que nesse caso, aparecerá nos perfis delas a exigência de ter uma au pair no Host Country ou, pelo menos, no mesmo Continente, mas vamos combinar que pode ser chances a mais. Vai depender da sua abordagem (: -

Ou se você não quer ter nenhum pouco do trabalho citado acima, basta clicar na ferramenta ''easyfind'' que te redirecionará automaticamente para perfis de famílias que coincidem com o seu. Leia os perfis, veja com qual você se identifica e prepare uma boa mensagem para, quem sabe, sua futura family. Aproveite que o site oferece essa ferramenta do envio de mensagens e abuse e use. Ou, simplesmente, mande uma mensagem automática para ela. Coisa que eu não indico, porque todas nós sabemos que só o que essas famílias recebem são mensagens, então devemos fazer diferente, aborde um texto que, provavelmente, irá chamar a atenção delas.

O bom do Au Pair World é que você não precisa ser membro pagante para ter acesso ao sobrenome dos hosts, isso facilita na hora de dar uma de detetive no google. Aliás, faça isso, tente encontrar algo dos hosts na internet. Afinal, para quê queremos o google ? Não viramos loucas(os) detetives quando se trata dos nossos(as) namorados(as) ? Então, façam o mesmo com a vida das famílias ! hehe
LOL, falei pacas do nosso amigo Au Pair World. Vou ganhar quanto pela propaganda, produção ?


Esse aqui comigo não funcionou :S Nem famílias fakes me quiseram. #chateada! .-.
Bom, quando eu comecei a pesquisar sobre sites para esse fim, o GAP estava no topo. Obviamente, corri e fiz meu perfil lá, mas achei um pouco complexo de início, aos poucos você vai se acostumando.
Como procede ? Ele faz uso de mais aplicações. Você faz um perfil também, com uma quantidade maior de perguntas para se responder que os outros, faz os textos, coloca fotos, e além disso, você pode adicionar um vídeo seu com crianças  etc e tal, e terá a sua disposição uma entrevista para preencher em inglês e deixar arquivada no seu perfil. Não é obrigado fazer tudo, mas lembrando que quanto mais informações, melhor.

Feito isso, você, sendo membro não-pagante, estará restrito a muitas informações nos perfis das famílias e não poderá mandar mensagens, apenas favoritá-las e caso haja interesse por parte deles, eles entrarão em contato com você.

- Detalhe: Se as exigências das famílias não coincidirem com as descrições no seu perfil, nem adianta, você não consegue favorita-las, logo, as famílias não irão receber nenhuma notificação. Daí você parte pra outra, não perca tempo -

Eu gostei desse, bacaninha :) Mesmo blablablá inicial, faz perfil, põe as fotos, escreve os textos, busca famílias e favorite-as.
- Detalhe: Você consegue em alguns casos mandar mensagens para as famílias, outros não, apenas adiciona-las aos favoritos. Creio eu, que pode ser a questão de famílias pagantes ou não, não tenho certeza, e não procurei saber ao certo -

O bom do AuPair.com é que você consegue ver quem visitou seu perfil :)


Bom, se eu for falar de todos os sites existentes, tomarei todos os outros 29 dias das outras integrantes do blog, e ninguém quer isso, né ?
Então segue abaixo os links de mais alguns sites para se encontrar hosts families e algumas dicas.


Só os que me recordo no momento, sem falar dos muitos outros. É site a dar com pau, então façam suas escolhas e quem sabe sua 'família-metade' não está te esperando em algum desses rs'.


Tip 1: Importante, sempre tente colocar fotos com mais pessoas e em momentos diferentes, e não só de você. Com crianças, com sua família, em uma paisagem da cidade onde você mora. Atente para as roupas usadas nas fotos, querendo ou não, esse será seu emprego e muitas, senão todas, famílias prestam atenção nesses detalhes, então se é isso mesmo que você quer, capriche nas apresentações.
Faça textos claros, objetivos e com foco nas qualidades do seu trabalho com crianças. Não adianta colocar 3 linhas, não especificar quase nada e depois chorar que nenhuma família te quer.

Tip 2: Atente para as famílias fakes, não entre em desespero e aceite a primeira que aparecer, sem ao menos, procurar saber melhor sobre ela. Veja se a esmola não é grande, se for, desconfie! Mais uma vez, se conseguir, use o google para obter mais informações. Peça para conversar no skype, peça para ver as crianças. Ligue para o número que eles derem. Em hipótese alguma envie dinheiro. #Rááá! Você pensa que não ? Mas tem os casos de meninas que enviaram. Bom, não é nada de tão extraordinário que devemos fazer, ou no caso do dinheiro, não fazer. São coisas simples para verificar a veracidade da família.

Tip 3: Também não vá ficar totalmente descrente e achar que todas as hosts families são falsas, e sair dispensando tudo. Acalme-se, volte a 'tip 2' e faça aquelas verificações básicas e necessárias :)

4ª e última Tip: Use o google mais uma vez, de novo e quantas vezes forem necessárias, aproveite enquanto é de graça, vai que dá a louca nos fundadores e eles começam a cobrar! '-' Mas não digo apenas sobre esse assunto, use-o para pesquisar mais sobre todo o intercâmbio. A cada clique é uma informação a mais que você ganha. Jogue lá das mais diferentes maneiras possíveis: ''quero ser au pair'', ''como ser au pair?'' ''você quer ser au pair?'', ''o que é uma au pair?'', ''em quais países encontramos o programa de au pair?'', ''escolhi ser au pair, e agora?'', ''blogs de au pair''... Lembrando que temos aqui no Blog também a ferramenta de busca, 'a lupinha'. Garanto que sem resposta, você não ficará. (:

E por fim, Good Lucky for All !! xD

Qualquer coisa,
M. Facebook!
M. Blog!

Beijos!

19 comentários :

  1. Anônimo5/6/14

    CHIQUE!!! amei o post!!!!

    ResponderExcluir
  2. AmeI!! Uso os 3 mas também prefiro o APW, encontrei várias famílias lá e estou conversando com elas no momento. ESPERO QUE EU ACHE MINHA "FAMÍLIA METADE"! hahaha Gostei da idéia de pesquisar no Google! Obrigada! Ótimo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Brenda (:
      Sim, funciona ás vezes rss dá pra achar muitas informações das famílias. Boa sorte com elas!

      Beijos!

      Excluir
  3. Adorei Ra!
    otimo post

    Beijinhos

    Nath,
    www.brazucaupair.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Nath :)
      Espero que tenha esclarecido algo rsss

      Beijos!

      Excluir
  4. Ola adorei a ideia, tenhoo muita vontade de se au pair mas nao sei falar ingles. sera que consigo mesmo sem saber falar o idioma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Lane.
      Então, isso dependerá da exigência da sua família e do país que você escolherá ir. Se o programa de au pair para o país escolhido não exigir o inglês, você consegue encontrar algumas famílias nos sites que não o exigem também, então aí é de boa (: Se eu te contar que o meu inglês é péssimo e a minha HF, mesmo sendo suecos, queriam uma au pair que fale português vc vai acreditar ? haha Pois é, o negócio é a gente procurar por elas nos sites que citei ai em cima. Bjs. Boa sorte :)

      Excluir
  5. Adorei o post e as dicas!

    ResponderExcluir
  6. Anônimo6/6/14

    Olá! Gostei muito das dicas e informações que vc deu sobre estes sites, eu estava com muitas dúvidas, principalmente sobre o Great AuPair! Mas tem uma coisa que não ficou muito esclarecida...Vc sabe me dizer se o AuPair World serve para Aupairs que buscam morar fora e não com a família? No Great AuPair já vi essa opção, porém no AuPair Wolrs essa informação não me ficou muito clara :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, então, realmente, no GAP essa informação pode ser encontrada detalhada no perfil das HFs. No APW não tem essa opção de preenchimento. Daí vai de cada hf querer ou não especificar esse detalhe no perfil. Mas como temos a sorte de enviar mensagem para elas lá, só perguntando mesmo sobre essa condição :)

      Excluir
  7. Anônimo18/6/14

    Oi Radira, adorei o post. Não sabia nem que existia au pair sem ser por agencia... Você sabe dizer se existe idade máxima para ir? Ou isso também depende da família?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. obrigada.
      Na verdade, essa exigência depende do país escolhido. Exemplo, na Suécia e Dinamarca pode ser até aos 30 anos. (:

      Excluir
  8. Radira, sua linda, tu está aqui!
    Achei seu post ótimo e cheio de dicas úteis.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Roberta (:
      Siim, agora pode me acompanhar aqui tbm rsss
      Obrigada.

      Beijos ;**

      Excluir
  9. As dicas são ótimas! Informações muito úteis pra quem quer ir sem agência e não sabe por onde começar (eu uhauhahua). Queria ir lá por Março/Maio do ano que vem, é muito cedo pra começar a procurar?!
    Beeijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, Kyene. Muito bom saber que te foi útil (:
      Então, muitas famílias fazem ou atualizam o perfil com não tanta antecedência, mas existem também, algumas, que começam a procurar au pair bem cedo, então, eu acho bem válido você começar de agora, mesmo que não esteja tão perto. (:

      Beijos.

      Excluir
  10. Coloca pra gente compartilhar no facebook,não tem como aqui.

    ResponderExcluir