domingo, outubro 05, 2014

Hosts Kids: A escolha da idade!

Oi oi, gente!! Espero estar tudo ótimo com vocês.
Primeiro, peço desculpas pela falta de post no meu último dia 05. Como todo humano, ocorreu um problema e não tive cabeça para escrever. Quem sabe, assunto para um próximo post :P

Enfim, mais um dia 05, três meses de Suécia, vou abordar no texto de hoje um tema até que discutido por nós au pairs! Cuidar de babies ou kids maiores ?



Advertência: O texto a seguir será baseado nas minhas experiências :P

Antes de ser au pair na Suécia, eu tive uma experiência como au pair no Brasil (sim, você não leu errado, fui au pair em São Paulo, mais especificamente). Durante um período de 06 meses, eu cudei de dois lindos boys, 1 e 3 anos. Os pais trabalhavam muito, então eu meio que fui mãe dos pequenos durante minha estadia lá haha. Tinha dias que eu estava ''mortinha da silva'', sem exageros. Cuidar de criancas pequenas requer TODA, eu disse TODA uma atenção. Você não pode se dar ao prazer de se descuidar um minuto das ''pecinhas'', o que faz com que muitas au pairs escolham kids maiores para olharem. Até aí eu concordo, mas em contra partida, eu penso que a adaptação com crianças menores ocorre de uma maneira mais natural. Levando em conta a idade e se você passa uma boa parte do seu tempo com elas, naturalmente, elas vão se apegar a você e não saberá destinguir se você é ou não uma babá, uma tia, uma amiga ou até mesmo a mãe haha. 

Isso aconteceu comigo, meu baby de 1 ano só gostava de tomar a mamadeira antes de dormir no meu colo e toda vez que me via, era uma alegria! Várias vezes ele pulou do colo da mãe pra se aconchegar no meu lol
Até mesmo meu menino de 3 anos não me via como uma babá, na cabecinha dele, eu era como uma amiga. E quando eu ficava brava, ele punha bico de choro e me perguntava se eu não queria ser mais sua amiguinha... Coração amolecia na hora, né ?! :)

É ótimo essa inocência das crianças e o carinho que elas te dão, sem te diferenciar. Mas como eu tinha sempre muito trabalho, porque crianças assim, você tem ficar atenta a toda higiene deles, corta unha, troca fralda, dar banho, penteia cabelo, troca fraldas, alimenta, escova dentes, troca fraldas mais uma vez, coloca pra dormir... E mais umas trocentas coisas que não importa o seu schedule, se você for cuidar de criancas pequenas, você fará isso. E é uma rotina que você precisa cumprir, você não pode simplesmente esquecer de trocar as fraldas ou alimentar suas kids ou deixar para fazer no outro dia hahaha

E por esse motivo, as vezes eu me desesperava por dentro e pensava, minha próxima host family será com kids maiores. Pois bem, cá estou eu com 3 kids 6, 8 e 10 anos e querendo meus pequenos de volta.

Como uma boa au pair, nunca estamos satisfeitas, certo ?

Bom, cuidar de crianças maiores, realmente, não precisa de tanta atenção. Você fala o que eles tem que fazer e eles fazem by themselves, óbvio você não precisará dar banho ou seja lá o que for. Porém, crianças nessas idades sabem muito bem que você é uma babá, então muitas vezes, por mais boazinhas que elas forem, vão te tratar com indiferença em algum momento. Há aquelas que são mais mimadas e malcriadas e batem nas au pairs, ou dizem coisas absurdas, existem casos e casos assim. E tenho a sorte de não estar dentro dessa estatística. Minhas crianças até certo ponto são educadas e me respeitam. Eu disse até certo ponto, porque elas não sabem diferenciar dia de trabalho com dia de folga da au pair, então estão sempre na minha porta querendo brincar ou quando elas resolvem cuidar da minha vida. Sim!! Eles adoram saber tudo o que eu faço, que horas vou sair, quando vou voltar e com quem. Enfim, são coisas mínimas, mas que pode te incomodar, então você tem que impor no primeiro dia que chegar na casa da HF, ou caso contrário, elas te vêem como alguém que tem que estar sempre a disposição, e claro, não é assim que a banda toca.

A questão é que depois de passar pelas duas experiências, eu desejaria ser au pair de babies novamente.

Na verdade, isso é tudo muito relativo, eu sei. E vai de cada au pair saber o que prefere. Porque nos dois casos tem os prós e contras. Então ponha na balança e veja o que te favorece mais. Essa foi apenas a minha humilde visão a respeito do assunto (:
E vocês, o que preferem ?

Por hoje é só. Até o próximo mês ;)

3 comentários :

  1. Nossa, na Alemanha os menores as vezes me chutavam e beliscavam :( eu ja dei altas palmadas e uma vez o pa viu e nao fez nada pq ele tinha visto antes que o menino me bateu hahaha. Meninos sao mais fodas, e sim, os mimados desprezam... outro dia aqui mesmo ouvi um "thank you, MY SERVANT" e já fiz um barraco q eu nao sou NAO empregada dele e q se ele repetisse isso pra mim ou qualquer pessoa, o bicho ia pegar pro lado dele. Ai ele pediu desculpas... mas ja os babies, ai <3 morro hihi

    ResponderExcluir
  2. hahahaha, adorei o post e super adorei o comentário da Letícia.. Tá certíssima, tem que impor limites mesmo. ^^

    ResponderExcluir
  3. É por isso que prefiro babies. Além de ser tão fofossss *-* Mas eu gosto dessas idades, de 3/4 anos...acho incrivel a inteligencia deles nessa idade, é quando eles estão começando a descobrir as coisas de uma forma diferente, mas ao mesmo tempo não são tao maduros. Adorei o post!!

    http://mayaupairnoseua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir