segunda-feira, novembro 17, 2014

10 Coisas que eu amo e não gosto nos EUA




Bom dia segunda-feira. Dia chuvoso, ótimo pra dormir e relaxar, e postar aqui no blog. Daqui uns meses irá fazer 3 anos que moro aqui nos Estates e tive a idéia de fazer uma lista das 10 coisas que amo e não gosto aqui nos Estados Unidos. Não vou dizer odeio, porque se eu tivesse uma lista de 10 coisas que eu odeio aqui, com certeza já teria voltado pro Brasil haha. Acho legal para as meninas terem uma noção do que se esperar daqui e espero que algumas tenham o mesmo ponto de vista do meu. Vamos lá:


10 Coisas que eu não gosto aqui:

1- Distância : No Brasil, especificamente em Santos, eu fazia tudo a pé. Era super simples e rápido, pois tinha tudo perto. Aqui, se eu preciso ir no shopping, preciso dirigir uns 15 minutos até outra cidade. Eu amo dirigir aqui, mas sinto falta de poder ir a pé aos lugares.
2- Insetos: Eu moro perto da praia, com muitas árvores e jardins ao redor. Tudo muito lindo e natural, se não fosse pelas gigantes moscas e abelhas que entram dentro de casa. O pior é que elas não vão atrás de comida, e sim de luz e calor, e ficam zanzando e fazendo um barulho insuportável. Quem quiser me mandar uma raquete elétrica irá me fazer muito feliz!!!
3- Comida fresca ser caro: Mc Donald's, fast foods, comida congelada,  e refrigerante é tudo barato. Agora na hora de comprar frutas, legumes e carne, a conta fica preta. Posso dizer que sou privilegiada por minha host deixar eu ir no mercado e comprar o que eu quiser pra comer. Mas só de ver que um mamão custa $3 dólares e dois filés de frango $5 dólares, dói o coração.
4- Imigrantes que se negam a falar inglês: Cansei de ver latinos falando só espanhol, e morando aqui por mais de 10 anos e ainda não falar inglês e não fazer questão de aprender. Por eu já estar morando há um tempo aqui e estar virando patriota, penso que se alguém tem interesse de morar em outro país, seja por amor ou dinheiro, deveria pelo menos seguir a língua do lugar. Mas vai de cada um.
5- Maioridade ser 21 anos: Acho que isso é um assunto que todos odeiam ou odiaram um dia. Eu lembro quando cheguei aqui e tinha 20 anos e não podia fazer nada por conta da idade. Hoje que tenho 23 anos tudo é uma maravilha, mas ainda sinto pelos menos amigos que não podem sair por causa da idade. Acho que se eles (governo americano) podem mandar jovens de 18 anos pra guerra, por que não deixar a maioridade ser 18 anos também?!
6- Desperdício de comida: É incrível como os americanos desperdiçam comida. Se eles pedirem um almoço e sobrar comida, não fazem questão de guardar pra comer depois. Raramente se guarda alguma coisa, e se compra muita comida pra ir metade pro lixo depois.
7- A preocupação com status: Ao mesmo tempo que você pode vestir o que bem entender e ninguém vai falar nada de você, as pessoas se preocupam muito com o que os outros vão pensar sobre sua vida profissional, pessoal e social. Por exemplo: se o vizinho ver da janela dele que você pendura roupa no quintal, ao invés de usar a máquina de secar, ele pode pensar que você é baixo nível ou não tem educação. Sem noção nenhuma, mas é a cultura deles.
8- Extremos: Ou você é magérrimo ou é gordo. Acho que só tem eu de normal aqui. Nunca vi tanta gente magra junta, ou muito gordo.
9- Alto preço do cinema: Pra vocês terem noção, a meia entrada pra estudantes sair por $9 dólares. O jeito é virar amiga do segurança e sempre levar um cupcake pra ele quando for no cinema, pra garantir a entrada haha.
10- Os psicopatas: No Brasil eu tinha medo de sair na rua e ser assaltada, ou levar uma bala perdida. Aqui tenho medo de um louco invadir minha casa ou algum psicopata aparecer na minha vida. Porque podem acreditar, todos os filmes de terror de Hollywood são verdade, especialmente aquele sobre a menina que fica sozinha em casa à noite e aparece um cara louco. É tudo verdade hahaha.


10 Coisas que eu amo aqui:

1- Temperatura: Amo o frio, amo o calor, amo a meia-estação. Mas acho que meu grande amor é o inverno, onde posso usar os mil casacos que comprei e muitos chapéis e luvas, com lindos cachecóis combinando. E não há nada de mais lindo do que ver a neve caindo e acordar e ver tudo branquinha lá fora. Mas pra quem não gosta de frio e esta vindo pro norte dos Estates, se prepara!!!
2- Facilidade de ir e vir: Tenho um carro em que posso usar pra onde quiser. Amo dirigir aqui pois as estradas são ótimas, as leis são ótimas. O transporte público também é muito bom, o trem é melhor ainda e dá para se chegar aonde quiser.
3- Baixos preços: Nada melhor do que ir às compras e pagar pelo o que o produto vale, não pelas milhões de taxas que alguém põe em cima. Isso vale pra roupas até carros.
4- Lugares públicos: Adoro poder ir aos parques, praias e lugares públicos, pois é tudo muito bem conservado. Mas adoro mesmo é ir à biblioteca, que tem uma ótima estrutura e internet disponível à todos. 
5- Utensílios domésticos: Nada como abrir uma lata sem esforço; ou jogar fora uma casca de banana no triturador da pia; ou lavar a roupa e já secar sem precisar esperar o dia todo por isso; ou não precisar lavar a louça, só colocar na máquina e tudo está limpo e reluzindo.
6- Viajar: como disse sobre o transporte, viajar por aqui é muito fácil. Posso estar em 30 minutos em New York ou em 3 horas em Boston, é só escolher o destino e subir no trem. E se o destino é um pouco mais longe, os vários aeroportos estão ai pra servir o que tem de melhor, preço baixo e rápido atendimento.
7- Minhas bandas preferidas serem daqui: Nada melhor do que saber que daqui uma semana tal cantor vai estar na sua cidade, ou sua banda preferida vai tocar mês que vem perto da sua cidade.
8- Ninguém se importar com o que você veste: Você pode sair em pleno inverno de mini saia, ou usar uma calça colorida no verão. Ninguém vai dizer que você é uma piriguete ou membro da família Restart só por isso. Estados Unidos é estilo, queria você ter ou não. 
9- Farmácias e mercados: Já imaginou ir na farmácia, e encontrar tudo o que você quiser. Desde ração para cachorro, até como revelar sua fotos. Tudo muito prático e fácil, assim como os supermercados.
10- Feriados: No Brasil, o povo só se interessa pelo feriado porque não vão ter faculdade ou ter de trabalhar. Mas aqui é muito mais sério e legal do que isso. As pessoas celebram com passeatas, grandes festas e muita comida, lembrando sempre que o que mais importa é o dia que estão celebrando, e não o fato de estarem de folga.


Espero que tenham gostado da minha lista, mesmo com críticas e opiniões muito pessoais. Mas esse é meu jeito de ver os EUA e de amá-lo cada vez mais, com ou sem defeitos.
Obrigada a todos e qualquer duvida estou à disposição!
Super beijos,


Camila de Almeida.

22 comentários:

  1. Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado!! :)
      bjos

      Excluir
  2. Adorei seu post. Concordo com qUse tudo. Faz pouco mais de jma semana que estou nos EUA e vi muito dessas coisas so nao desse tarado entra denteo de casa haha
    Ainda poderia citar mais algumas coisas rsrs mas ficou bacana concordo e gostei ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suellen, que legal que voce gostou e se identificou. Tem muito mais coisas mesmo, boa sorte no seu ano!
      bjos

      Excluir
  3. Ameeeiiii!!!! Menos a parte de q psicopatas existem em peso ai UASHUASHASU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Nuara!! Mas os psicopatas são loucos mesmo! haha foge deles, bjos

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Rafaella Beiriz17/11/14

    Olá gente! meu comentário aqui talvez seja meio "nada a ver" ,mas li muitos posts aqui no blog e estou amando cada um deles. Não tenho ninguém pra conversar sobre o meu enorme desejo de ser au pair. Não tenho ninguém porque ainda parece uma realidade bem distante e porque sei que muitas pessoas queridas não irão me apoiar. E é por isso que tô aqui, pra pedir ajuda e ouvir conselhos de vocês que já estão nessa aventura.
    Meu nome é Rafaella, tenho 21 anos e faço 22 em janeiro de 2015, ano maravilhoso porque me formo em Direito. E é aí que está a pressão. "Estudou 5 anos pra terminar sendo babá nos EUA?" mas estou resolvida e independente de qualquer coisa eu irei. Já estou lutando por isso. Meu próximo passo é passar no exame da OAB e partir pra essa aventura que eu sempre sonhei.Eu quero trabalhar seja lá do que for e conhecer o mundo, não tenho preguiça. A faculdade foi só por segurança caso tudos os meus sonhos caíssem por terra. (já são 4 anos de muita luta e o pior ainda estar por vir). Quero aprender outro idioma, outra cultura, conhecer pessoas e dar o máximo de mim pra família e para as kids.
    Então, se alguém puder me ajudar com algumas dúvidas eu serei muito grata.
    Por onde e com quanto tempo de antecedência? Gostaria de ir no inicio de 2016, quando posso começar a ajeitar as coisas para que tudo dê certo?

    Obrigada pela paciência de ter lido esse texto (desabafo) enorme :)
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafaella, eu posso tirar algumas dúvidas sem problemas...da uma passadinha la no blog:

      http://mayaupairnoseua.blogspot.com/

      Excluir
    2. Oii Rafaella, fico feliz que voce tenha escrito pra gente.
      Voce esta certa de ter feito a faculdade e ter essa segurança mesmo. E eu super apoio voce a fazer o intercâmbio, não tem nada a ver voce ser advogada que não pode fazer intercâmbio. Me add no face que te ajudo no que puder, Camila Camargo de Almeida.
      Beijos e boa sorte

      Excluir
  6. Concordo com tudo. Ótimo texto :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fernanda, que bom que gostou! Beijos

      Excluir
  7. Anônimo18/11/14

    O certo é States!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em ingles é States e em portugués quis escrever Estates, algo errado com isso? O único erro que vi aqui é você estar anônimo!!! Beijos

      Excluir
  8. Ameeei o post!
    Sempre que eu leio coisas sobre viagens e roupas baratas que tem aí eu me animo. Todos os lugares tem seus altos e baixos, o que importa é nossa perspectiva das coisas HAHA.

    Sucesso pra você!

    Bjão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Brenda, fico feliz que tenha gostado!!
      Sucesso em dobro, beijos

      Excluir
  9. Adoreeeeeei! Principalmente a parte "ninguém se importar com o que você veste". Já deu de julgamentos com a vestimenta alheia. As pessoas se importam demais com os outros e se esquecem de olhar para sí.
    Beijoos
    www.livinganamericanlife.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Adriane, que bom que gostou!! Nada melhor mesmo do que ninguém se importar com o que voce veste e não cuidar da sua vida.
      Beijos

      Excluir
  10. Adorei o post também :)

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post também :)

    ResponderExcluir
  12. Camila,

    Adorei o post e amo ler o seu blog, também sou de santos e sou uma futura au pair... gostaria de saber se você poderia me infomar um pouco mais sobre os 500 dólares para os estudos. É possível estudar por um ano com esse dinheiro?

    Abraços ;**

    ResponderExcluir
  13. Bom texto! Só um detalhe: chapéu - chapéus

    ResponderExcluir