segunda-feira, dezembro 01, 2014

Recomeçar você realmente esta apta pra isso?


Gente, decidi Recomeçar a história. Entretanto preferi substituir o "era uma vez" pelo "eh dessa vez".
A vida é um acontecimento que merece ser comemorado. A cada dia, a cada instante, ela se renova generosamente  nos pequenos espaços.  A vida é miuda, feita de pequenas partes. Viver é construir um mosaico, parte por parte, dia apos dia. A beleza de um momento unida a tristeza de outras horas passa a ocupar o mesmo espaço no quadro.  As vezes mudamos as peças de posição, para ver se encaixa melhor. E foi o que decidi fazer.
Antes de vir para os EUA, escutei tantas coisas, uma delas foi o quanto eu era corajosa de vir ca, de largar minha vida no Brasil (e ate os Americanos me falam que sou corajosa)! Se eu parar pra pensar sou corajosa mesmo né!? Sair da minha casa, da minha zona de conforto, onde eu tinha 3 trabalhos fixos, e amava o que eu fazia, dava o meu melhor, então sai de la, e vim pra ca,  para morar com meus chefes, cuidar de crianças que não são minhas, novo país, pessoas, lugares, língua, cultura, meu Deus é muita coisa. Pois é, mas também escutei muito: “ Maringá é pequeno pra você, só saindo da nossa zona de conforto que cresceremos” Eu sempre me achei muito Madura, muito independente. Talvez seja precipitado para falar, pois são apenas 20 dias, ainda tenho 340 dias pela frente, mas eu já me considero uma mulher muito Madura. E realmente aquela cidade não era para mim, eu gosto de desafios, metas,  crescimento pessoal, e lá não estava mais me proporcionando isso. E agora, ta tudo junto e misturado, aprendizado, desafios, metas, qualidade de vida. Vida agitada, não profissionalmente pois meus pequenos dormem o dia inteiro, mas sim psicologicamente. Aprendendo muita coisa de uma vez só!
Esta semana vai completar um mês que estou aqui. E antes de eu sair do Brasil as pessoas falavam: "Você não vai aguentar, eu dou uma semana pra você querer voltar". "Eu te dou duas semanas pra você começar a chorar de saudades daqui." "Evite de falar com a sua família, pois você vai ficar pra baixo".
Olha eu não sei, posso estar errada, mas eu li tantas coisas, tantos blogs, tantos posts de Au Pairs dizendo sobre saudade, dizendo sobre brigas com a família, sobre ambas as partes não serem justas, verdadeiras, que quando eu cheguei aqui fiquei esperando acontecer as coisas.. Alguém fazer a primeira intriga, ou eu ficar pra baixo.  Só eu que sou diferente?  Não sinto saudade de nada do que deixei pra trás? Eu sempre aprendi que uma hora temos que bater asas e voar, que pessoas não duram pra sempre, que existem outras para que possamos conhecer, nos dar uma vida nova. Claro que as pessoas que deixei são muito importantes, mas eu sei que elas estão ali, e que vão estar me esperando quando eu voltar.  Não tem porque sentir tanto por isso, afinal eu queria estar aqui ou lá? Saudades sinto sim, porém ela fica ali guardadinha, sem sofrer por isso.
Se eu decidi estar aqui, então devo deixar lá, de lado. Claro que temos aqueles dias que tem um sentimento  em que você não esta necessariamente triste, mas você  sente um vazio e todas as coisas em sua volta te irritam. Mas passa, experiência própria.
Minha família aqui é linda! Meus “Hosts” são maravilhosos comigo. Me levam para todos os lugares pra conhecer, me dão opção. Esta semana mesmo eu nem trabalhei, mas recebi. Pois foi uma opção dela em me levar pra passear rsrs. Eles amam viajar, e claro eu também, eles me ensinam o máximo de coisas possível, mas infelizmente eu não aprendo tudo na hora. Mas em 3 semanas eu aprendi o que nunca iria aprender se estivesse no Brasil.
Ah! Eu também provo todos os tipos de comida que ela faz, ou compra. Só para ver o que gosto e o que não gosto, para poder argumentar depois e falar que ja comi um dia. Mas ela sempre pergunta o que gosto de comer, mas a maioria é típico de Americano ate ela sabe disso rsrs.
Bom minha lição para vocês é que: As pessoas quase nunca estão APTAS a mudanças. Nunca estão preparadas para uma morte inesperada ou esperada, brigar com alguém e nunca mais falar, mudança de cidade,  e muito menos mudar de um país. Por mais que a vontade seja grande, quando chega no lugar, a maioria quer voltar. Estou errada? Então, estejam aptos ao NOVO, o ser humano é o único ser vivo que é apto a mudança. Então não percam a chance de conhecer pessoas, culturas, língua, de deixar de lado um pouquinho o que você realmente deixou para trás. Ouse, o novo esta bem próximo de você. E só você pode mudar seu dia para bom ou ruim.
Fico por aqui e até ano que vem, dia primeiro estou de volta, contando pra vocês mais uma experiência de vida e de au pair.
Quem quiser acompanhar minhas fotos, podem seguir no Instagram: @sufuzer


12 comentários :

  1. Suh Parabéns pelo post! Tenha uma ótima semana, que Dezembro seje ainda mais abençoado como foi Novembro! Saudades bjooo td de bom sempre!!Sucesso

    ResponderExcluir
  2. Menina eu AMEI o post. Realmente tudo que tu disse.. Adorei meeeesmo
    Beijoos

    www.livinganamericanlife.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei seu Blog, realmente devemos colocar metas sim, essas coisas que pode fazer antes de 2015 e muito mais coisas, infelizmente ficar Online nao depende so de voce. Mas pratique estas coisas, esta espetacular ;D

      Excluir
  3. Barbara G1/12/14

    Me surpreendi ao ver que sua cidade é a mesma que a minha... Haha realmente maringa é muito pequena e quando achamos uma au pair da mesma cidade é uma surpresa e tanto, por qual agência você foi?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pela ICI Barbara. e voce? qual cidade esta aqui?
      me add no face Suellen Fuzer p gnt troca figurinha hahaha

      Excluir
  4. Oii Suellen! Amei o seu texto!!! Pretendo ser Au pair no próximo ano, então assim como você e muitas meninas pesquiso tudo sobre esse intercambio!!! E texto como o seu, serve como inspiração e nos dão força para não desistir dos nossos sonhos!!! Obrigada!!! Posso te add no Face?? Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro Gabriela, meu nome esta como Suellen Fuzer

      Excluir
  5. Cibelle3/12/14

    Oi Suellen adorei seu texto : . abri por acaso e assim como a Barbara me surpreendi quando li Maringá. Também sou daqui e parto em janeiro pro meu ano como au pair! Adorei o texto.. to tao ansiosa ler coisas assim me deixam maos tranqüilas e seguras da decisão que tomei.

    ResponderExcluir
  6. Cibelle qual cidade voce vai ficar? Que bom que gostou.. tento sempre descrever o que acontece, mesmo quando eh uma sensassao inexplicavel rsrs obrigada

    ResponderExcluir
  7. Que lindooo... Suellen amei seu post, concordo em cada palavra. Bjao

    ResponderExcluir
  8. Que lindooo... Suellen amei seu post, concordo em cada palavra. Bjao

    ResponderExcluir