sábado, janeiro 10, 2015

O dia que minha baby engasgou...

Como já contei aqui, eu cuido de uma baby e ela tem quase 6 meses, quando eu cheguei aqui ela tinha 2. Eu sou a única do meu grupo de amigas auperianas que cuida de um baby e quando marcamos playdates ou conversamos sobre as kids, elas sempre me dizem "você é louca e corajosa demais pra cuidar de uma baby".

É claro que baby exige mais atenção, mais cuidado e etc, mas confesso que essa é a idade que eu mais curto. A minha baby é tão feliz e eu morro de amores por ela, ela é uma das melhores coisas que eu tenho por aqui e sempre me senti confiante em cuidar dessa idade, até que levei meu primeiro susto...

Eu folguei 5 dias no Natal, como meus hosts são judeus e não comemoram, eles me disseram que queriam que eu me divertisse nessa data, mas que em troca, eu teria que trabalhar no ano novo porque eles queriam aproveitar e sair...

Então, lá vai eu toda linda de pijama no dia 1 de janeiro de 2015 trabalhar e meu ano começou de uma maneira BEM marcante. Meus hosts saíram e eu fiquei com as minhas duas kids em casa, como já estou aqui quase 4 meses, estou super acostumada a dar a vitamina D que a minha baby toma diariamente. Ela não gosta muito de tomar e agora que ela está começando a ter mais força, já se mexe mais e tem mais controle com as mãos e pra ser bem sincera não lembro muito como tudo aconteceu, só sei que ao dar pra ela, ela simplesmente engasgou e ficou parada, começou a mudar de cor, ficar mole e a tossir de uma maneira fraca. Na hora, tomei um susto muito grande, mas tentei manter a calma pra ajudá-la e por em ação o que eu lembrava de ter aprendido no treinamento caso uma criança engasgasse: virei ela de bruço e comecei a dar tapinhas nas costas dela. Logo logo ela já começou a voltar ao normal. Mas olha, eu já estava com o celular do meu lado pra ligar para o 911 caso sei lá. Depois que tudo passou e vi que ela estava normal, só o que conseguia fazer era chorar e chorar e chorar de soluçar, fui lá pra fora tomar um ar com ela e abraçava ela e chorava (não sei se estar longe da família toda nessas datas contribuiu pra choradeira toda). Liguei pra minha família no Brasil logo em seguida (estavam todos juntos por conta do ano novo) e só chorava e chorava. Foi um choque daqueles! Até hoje quando eu lembro sinto vontade de chorar, sério, foi o minuto mais longo da minha vida.

Minha mãe me acalmou e disse que essas coisas são normais, parece que toda a criança já engasgou pelo menos uma vez na vida. Meu irmão disse que já aconteceu com meu sobrinho e minha prima que é enfermeira disse que já aconteceu com a filha dela, mas a gente nunca acha que vai acontecer com a gente, né? Eu joguei no google também e vi que muitas mães tomam esse susto quando a criança engasga com leite ou esses tipos de vitaminas... Fiquei em dúvida se devia ou não contar para a minha host mom do ocorrido, mas não gosto de esconder nada dela das coisas que acontecem com as crianças e no fim decidi falar e ela é super de boa, disse que essas coisas acontecem e que ela só deve ter engolido do jeito errado e por isso engasgou, ela ainda ficava toda hora "I am so sorry you guys had a hard time today".

Me perguntei bastante o que me deu na cabeça de vir aqui e ter essa responsabilidade toda, porque olha, já pensou se acontece alguma coisa? Mas eu sei que sou super cuidadosa, mas não vou negar que com o nervoso e o medo, a minha vontade de desistir foi grande, viu? Falei com outras au pairs que já passaram pela mesma situação e elas me deram a maior força <3 Foi assutador? FOI. Mas não é motivo mesmo pra desistir, me dei conta disso depois que o nervoso passou...

O ponto desse post é dar uma dica pra vocês: prestem bastante atenção no treinamento, sério, o que eles ensinam é super importante. Uma vez ou outra peguem o resuminho que eles dão sobre primeiros socorros e deem uma relembrada, assistam vídeos no youtube e estejam preparadas! (lembrando que o procedimento muda conforme a idade da criança). Outra coisa que eu acho super importante, estejam sempre com os celulares por perto, eu tive a sorte de estar com o meu do lado porque não é sempre que estou com ele, as vezes subo e deixo no meu quarto que é na parte de baixo da casa, mas desde o ocorrido, seja onde quer que eu vá, eu levo ele comigo, sei que tem muitos hosts que não gostam, mas eu por exemplo, tento não ficar me distraindo muito e o tenho sempre comigo pra o caso deu precisar fazer mesmo alguma ligação (mas sempre dou uma olhadinha ou outra em facebook e instagram porque também sou filha de Deus, né? hahah).

Lembrem-se: se acontecer com vocês, mantenham a calma! O emocional pode atrapalhar muito nessas horas. Se for pra chorar, chora depois que nem eu fiz!

Aqui segue o procedimento a ser seguido com a idade menor que 1 ano:



Eu dobrei o cuidado que já tinha com ela e quando vou dar a vitamina, ainda tremo um pouco da perigosa hahaha Agora ela começou a comer comida sólida também e toda vez me certifico bem se a papinha dela está mesmo bem amassada :)) Outra coisa que faço é ter certeza de que não tem nenhum dos brinquedos que tenham peças pequenas da irmã dela (que já tem 5 anos) perto dos lugares que ela fica...

É isso aí, pessoal! Feliz ano novo pra vocês!

Se alguém precisar de alguma ajuda, feel free para me mandar e-mail no dannielyingrid@gmail.com que eu prometo responder todos.

Se quiserem me add no facebook e instagram, fiquem a vontade também:

facebook: https://www.facebook.com/danniely.ingrid
instagram: @dannyinthesky

Beijos e até o próximo dia 10!



2 comentários :

  1. Nossa, que susto! Eu até hoje me engasgo às vezes e minha mãe fica maluca, imagina um baby :/ Mas, graças a Deus você agiu certo e a salvou, porque um caso desses é bem perigoso. Adorei essa imagem que você colocou, eu não sabia exatamente como fazer esses socorros com babies, mas agora não vou mais esquecer! Acabei de relatar o fato para minha mãe e ela ficou tipo "misericórdia", porque ela bem sabe como é que é, já que teve minhas duas irmãs e eu. Um ótimo ano para você e que Deus continue te abençoando! Foi muito legal você compartilhar sobre esse ocorrido.
    xoxo

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Nossa, menina. Imagino o susto que você levou, eu também ficaria apavorada! Essa imagem aí foi super útil, inclusive já salvei, hehe.
    Super beijos <3

    ResponderExcluir