sexta-feira, março 20, 2015

Era uma vez um Spring Break.... - Parte I

Genteeeeeeeeee!!!!

Voltei renovada da minha humilde semana de férias! Sou uma nova au pair - sqn! Mas na boa, esse Spring Break foi sensa, mára, fanta! E vou contar por quê, em duas partes: uma hoje e outra no próximo dia 20.

Pra começo de história, éramos 5 meninas combinando uma road trip pela Califórnia através do Facebook. Sabe aquela coisa de postar no grupão e juntar uma galera? Foi o que aconteceu. Éramos 4 no Texas, eu em Houston e outras 3 em Dallas. O 5º elemento ( Luzi, essa é você!) era da Virgínia, bem longe de todas nós. Ficamos 4 meses apenas nos falando por Whats App, programando aluguel de carro e reservas de hostels. E, cara, deu TUDO certo. Mais ou menos, na verdade. Mas no fim deu tudo MAIS do que certo! hahahahaha A gente não se preocupou em programar nada em termos de passeios e no fim fizemos uma viagem super completa. Acho que vou dividir esse texto em partes pra tentar traduzir a experiência incrível que tivemos! hahahahaha

Uma das vistas da Pacific Coast Highway

SOBRE O PLANO:

Todas nós compramos passagens chegando em São Francisco e voltando de San Diego. Fomos de um santo a outro, parando por 3 dias em Los Angeles, durante 7 dias, programando apenas as datas de chegada e saída dos Hostels em cada lugar. No mais, essa foi toda a programação que fizemos! Não tínhamos idéia do que íamos visitar e de como isso seria feito. Só que teríamos abrigo e um carro pra zanzar pra tudo quanto é lado.

O tão famoso Hollywood Sign

SOBRE O ENCONTRO:

A gente não se conhecia. Pelo menos a maior parte de nós. As meninas de Dallas haviam se visto 2, 3 vezes no máximo, e era todo esse conhecimento que elas tinham uma das outras. Eu não conhecia ninguém. Nem a amiguinha da Virgínia. Ou seja, tinha uma probabilidade enorme de rolar altas tretas entre nós! Mas foi uma surpresa maravilhosa! Todo mundo se divertiu muito e não houve sequer uma discussão durante toda a viagem. No final, a intimidade extrapolava os limites do natural! hahahahahaha Enfim, foi uma ótima forma de fazer novas amigas, e acho que todas nós encaramos o encontro de peito aberto, todo mundo se aceitando e disposto a fazer a coisa funcionar. E foi ótimo!

Painted Ladies em São Francisco

SOBRE AS HOSPEDAGENS:

Tudo correu como o combinado. Ou quase! Quando chegamos a São Francisco e decidimos checar o endereço do primeiro hostel, descobrimos que era uma cilada, Bino. Os reviews eram péssimos, e as fotos eram creepy! hahahaha Bateu um mini desespero, mas conseguimos cancelar a nossa reserva (feita com quase 2 meses de antecedência) e conseguimos quartos em um outro hostel. A gente até agora não entende o que aconteceu que a gente acabou bookando aquela coisa. O fato é que fomos parar nesse prédio antigo no meio da Chinatown. Um hostel super bicho-grilo, com comida vegetariana e toda uma política hippie. Os quartos eram minúsculos, mas a estética do prédio e do hostel em geral eram bem interessantes, quase excêntricas. Eles organizavam uns eventos à noite, mas o único que presenciamos foi uma banda de folk/blues de uns coroas maneiros. O segundo Hostel, em Los Angeles, foi o campeão, e será lembrado por nós por toda vida! hahahaha Não era nada fancy, e não era o mais barato. Mas ficava no comecinho da Hollywood Boulevard, na boca da Calçada da Fama. A noite o movimento era meio tenso, mas durante o dia era muito digno. Esse Hostel parecia um motel desses clássicos de beira de estrada dos Estados Unidos. O mais divertido é que todo mundo vivia no Hostel como numa grande casa de praia cheia de gente! hahaha Você nunca sabia quem era staff e quem era hóspede, porque todo mundo fazia tudo, desde vender rango pro jantar a organizar a fila do karaokê (sim, teve um karaokê. Com bebidas free. E Tacos free. Talvez a coisa mais digna da viagem! hahaha) Fomos felizes por demais nesse hostel. O terceiro, em San Diego, era outra coisa completamente diferente dos outros dois: no alcohol, no party, silence at 11pm. Era uma parada família e nunca vi tanto velho  idoso junto na minha vida! hahahahaha Sério, aquele Hostel tinha algum convênio com clube da "melhor idade". Mas foi o mais confortável e o banheiro parecia o de um shopping.

Próxima semana vou concluir esse post contando sobre como turistamos pelas cidades, como foi a road trip exatamente e concluir com umas dicas maneiras pra quem pretende fazer essa viagem!






Um comentário:

  1. Adorei. Mal posso esperar pela parte dois, Camila!
    Estou lendo e viajando junto *-*

    ResponderExcluir