sábado, março 28, 2015

Extensão: should I stay or should I go?

Olá, meninos e meninas do mundo

Nesse mês eu resolvi falar sobre a decisão de estender ou não estender.  É um assunto tão complicado que o verbo se escreve com s - estender - e o substantivo com x - extensão. Isso mesmo, dicas de português com a Tia Amanda. De nada.

Eu estou em Seattle há 6 meses e nos últimos 3 essa era uma dúvida latente na minha cabeça: should I stay or should I go?  Fico ou vou embora?



A minha família é a melhor família de todas. Mas, ainda assim, eu tinha vários motivos pra não querer ficar mais. Mas também tinha alguns pra querer ficar, então comecei a fazer algumas listas imaginárias,

Motivos para não ficar:

1) Você já é formada e quer passar mais do que um ano da sua vida sendo babá?
2) Vários e diferentes amores (famílias, amigos e amorzinho) me esperam. Saudade
3) Depois de um ano, pode ser que a sua paciência vá diminuindo até a relação com a host family não ser maravilhosa como é hoje em dia

Esses foram os 3 fatores que mais me preocuparam. Mas aí tem os motivos para ficar:

1) Amo demais minhas 3 kids e não estou preparada para deixá-los (nunca estarei, mas quero aproveitar mais)
2) Em um ano não vou conseguir visitar todos os lugares que eu quero desse país gigante.
3) Se eu ficar mais, meu inglês, consequentemente, ficará melhor.


(Como ir embora se ainda tem mil lugares lindos como esse pra conhecer? Esse lugar da foto é em Oregon. Fui nesse mês numa viagem de weekend off.  Multnomah Falls)

Na minha cabeça, os motivos tem pesos semelhantes. Mas depois de uma conversa super espontânea com a host mom resolvi que: "Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, estou pronto, digam ao povo que fico". Nessa conversa a minha host foi suuuuuper fofa, falou que queria que eu ficasse 2 anos e mais, que eu poderia estudar aqui, que eles poderiam me ajudar, que as kids iam morrer quando eu fosse embora e>>> que eu poderia passar até 1 mês no Brasil se eu tivesse com muita saudade da minha família.

Gente... Um combo desses não tem como negar, né? Mas nessa conversa eu falei que eu estava pensando em ficar apenas mais 6 meses, acho que é o ideal. Então claro que não vou passar 1 mês inteiro no Brasil porque seria demais, mas vou visitar minha família sim e renovar o visto.

Só vou assinar os papéis e tudo mais em 2 meses provavelmente. Mas a minha host já falou com a LCC pra saber detalhes sobre o novo visto, minha viagem pro Brasil e etc. Então uma certeza existe: tenho mais 1 ano de EUA pela frente ainda... Quem sabe até mais que um ano...  Contarei minhas aventuras por bastante tempo ainda.

image

Quem quiser me acompanhar fora desse blog, meu instagram é @amandaarraism e também tenho um blog pessoal sobre a minha experiência como au pair.

Beijos e see you all later!






3 comentários :

  1. Olá, Amanda!! Como vai?
    Nossa, lendo seu post agora, me vi nos passando pelo mesmo dilema. Sou Aupair na Alemanha e meu ano termina agora em julho. Bom, eu não posso eStender como Au Pair, mas minha dúvida é? Devo procurar alguma coisa por aqui e ficar de vez? No momento tbm estou construindo minha lista de prós e contras. bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alemanha!! Nossa, quando terminar meu programa de au pair quero ir praí, fiz até aulas de alemão aqui em Seattle! Boa sorte, Aline! Espero que tudo dê certo pra você :)

      Excluir
  2. Ah, você vai adorar a Alemanha, Amanda! É um país bem interessante.Gosto muito daqui. beijinhos

    ResponderExcluir