domingo, maio 03, 2015

O sonho texano X o pesadelo californiano

Oi pessoal, tudo bem?

Hoje vim aqui falar sobre uma questão que é incansavelmente tratada nos grupos de au pair e que ainda divide opiniões: "qual o melhor lugar pra morar?" 

Diariamente eu me deparo com meninas questionando "qual agência tem mais famílias na Califórnia" ou respondendo "aaaahhhh, mas é em Nova Iorque" e isso me desespera.



Pra quem ainda não conhece minha história (que está aqui), passei os 6 primeiros meses do programa na Louisiana (fica do lado do Texas, a titulo de conhecimento) e, quando pedi rematch, fui pra uma família "aiiii, na Califórnia". 

Quanto tive meu primeiro match eu via as pessoas torcendo o nariz quando eu dizia que ia pra Louisiana e, quando tive meu segundo match, ouvia as pessoas suspirando quando eu dizia que estava agora indo pra Califa. Elas (e eu) não poderiam estar mais erradas.

Eu não tinha uma vida ótima na Louisiana, mas eu posso afirmar com propriedade que a minha vida lá era MUITO melhor que a minha vida na Califórnia, porque nesse mundo de au pair o que realmente define se seu ano vai ser um sonho ou um pesadelo é a host family e não o lugar em que você vai morar.


Eu confesso que, após morar um tempo na Califórnia, eu entendo um pouco a obsessão que as pessoas tem por lá (que é exatamente a obsessão que tenho por NYC), mas eu NUNCA vou conseguir entender as pessoas que escolhem a família pelo lugar.


Eu não só entendendo, como concordo que todo mundo queira conhecer esses cenários cinematograficos, mas as suas duas semanas de férias estão aí pra isso. Viaje, conheça os lugares que quer conhecer, mas nunca se esqueça que você vai passar, no mínimo, 70% dos seus dias trabalhando e morando com a host family, e não visitando a Estátua da Liberdade ou tomando sol em Santa Mônica. 

Claro que se você estiver na dúvida entre duas famílias que você gostou, você pode leve em consideração o lugar em que eles moram, mas isso NUNCA deve ser prioridade!!! Se você se programar (leia-se economizar) direitinho você vai conseguir fazer toda as viagens que desejar, então foque no que realmente importa quando for escolher uma família. 

Não deixe que sua vontade de viver a vida sobre as ondas seja maior que a sua vontade de viver em paz, porque seu sonho californiano pode virar um pesadelo.

2 comentários: