terça-feira, agosto 11, 2015

Uma despedida e um coração partido

Olá pessoal, hoje o post é direto do Brasil. Sim, eu voltei e sim time flies :/ Hoje eu contarei um pouquinho como foi um dos piores momentos que eu já experimentei em toda minha vida: a partida.


Eu fui au pair na Holanda por um ano, foi a melhor experiência da minha vida. Durante meu ano de au pair eu fui feliz como eu nunca tinha sido antes. Eu amei o país, a cultura, os hosts, as kids, os boy magia, fiz vários amigos e não estava nenhum pouco preparada para dizer adeus, para deixar tudo isso para trás. 

A minha volta foi muito conturbada, afinal estamos falando de Camila Fernandes, a menina dos micos, trapalhadas e rainha do "tudo dá errado", então de lição eu deixo para vocês o seguinte: se forem fazer conexão, levem em consideração que voos atrasam com mais frequência do que você pensa; NÃO encham a bolsa pessoal (além de mala de mão) de uma maneira que vocês não possam fechar o zíper, é sofrido; e o conselho mais importante de todos: em hipótese alguma tome suco de maracujá de caixinha vencido para acalmar os nervos, achando que não vai dar nada (sim, eu fiz isso e quase morri durante o meu voo de 11 horas :D).

Partir foi uma das coisas mais difíceis que eu já fiz. Abraçar meus amigos, hosts e kids pela última vez, ver minha Amsterdam, minha Holandinha pela última vez sem saber quando eu estaria lá de novo partiu meu coração em um milhão de pedaços, me machucou tanto que as vezes eu acho acho que nunca mais vou me curar.

A maior verdade que eu aprendi com essa lição que a vida me deu é que nós nunca estaremos preparados para os finais que teremos de enfrentar, nós nunca vamos aceitar finais sem ter sequer uma dorzinha, mas infelizmente ou felizmente eles sempre estarão lá e finais não significam apenas o término de algo, mas também o início de algo novo, de uma nova jornada, um novo desafio. 

A Holanda foi a melhor coisa da minha vida, eu aprendi muito, cresci, realizei sonhos, fiz loucuras e fui a pessoa mais feliz do mundo lá, mas meu "ciclo holandês" chegou ao fim, assim como tantos outros que eu já encerrei nessa vida, sempre dando espaço para um ciclo ainda melhor começar e que assim seja esse novo caminho que eu começo a trilhar agora (que por sinal nem eu sei qual é). 

Apesar de não ser mais au pair continuarei escrevendo aqui, pois tenho várias histórias para contar, experiências para compartilhar e escrever aqui, ajudar pessoas, iluminar ideias, dar asas a sonhos, é a minha forma de expressar a gratidão, amor e respeito pela minha Holanda querida. É isso ae pessoal, até dia 11 do mês que vem, qualquer coisa é só dar um alô ;) Kusjes!
Facebook
Instagram
camihfeer@gmail.com

2 comentários:

  1. Camila, força na peruca! Eu voltei há quase 4 anos, e ainda dói... mas fui visitá-los esse ano e foi maravilhoso, parece que nada mudou (tirando a menina que cresceu e um baby novo), boa sorte com a adaptação de volta ao Brasil! :)

    ResponderExcluir