sexta-feira, setembro 18, 2015

Quando você percebe o quanto mudou.

Ontem foi meu aniversário! Yeah! 27 aninhos e este é o terceiro post que escrevo sobre meu aniversário. Terceiro em que a linda da Isabela posta no dia do meu aniversario e eu no dia seguinte... E só por isso que meus posts saem, no dia 18 de setembro, com um ar meio nostálgico e de agradecimento.

Li o texto da Isa de ontem e fiquei pensando quais as minhas maiores conquistas nessa vida de Au Pair. Digo, tava lendo, lembrando que acompanhei um pouco da história dela, lembrando da minha própria saga e pensando o quanto eu tenho que valorizar o quanto mudei desde que cheguei aqui, o quanto amadureci, o quanto percebi que o tempo não volta, que as conquistas são minhas, que os esforços são meus e que, não importa o quanto você precise das pessoas, elas, às vezes, não precisam de você.

Depois de dois aniversários sem meu pai me ligando e falando que ia comprar bolo, pizza e vinho pros meus amigos e que eu tinha que convidar alguém, nunca dei tanto valor a esta ligação que normalmente não durava mais que dois minutos. Minha host family não lembrou do meu aniversário. O que eu senti? Gente, eu já esperava. Eu AMO meu aniversário. Sério. Amo ler todas aquelas mensagens avulsas e automáticas de "Parabéns", "Felicidades" que pipocam no feed do facebook, mas eu realmente não esperava nada de minha host family. 

Eles são minha quinta família. Sim! Você não leu errado. Esta pessoa que vos fala é um daqueles raros - ou não mais tão raros - casos que passou por diversas famílias, diversas situações de instabilidade emocional e passou pela situação de mudar inúmeras vezes de família: uma normal (para o padrão americano), outra complicada, duas perigo e uma completamente normal (para o padrão americano). Tive que me reacostumar, tentar encontrar companhias, tentar me adaptar diversas vezes... Como esperar que depois de cinco famílias alguém fosse lembrar que ontem foi o aniversário da Au Pair? Não me iludo mais com essas coisas. hahaha (quer saber mais? me manda perguntas no meu Blog pessoal)

Ontem, passando o dia sozinha, lendo as diversas mensagens e emails me parabenizando por esta data linda em minha vida, percebi o quanto mudei depois desses loucos quase dois anos nos Estados Unidos. Quando cheguei aqui eu era uma flor de pessoa, acreditava que o programa ia ser lindo, que teria uma família linda, que me sentiria em casa, que eles me auxiliariam com as inconstâncias sentimentais que a gente passa ao sair de casa, que host family podia também ser sinônimo de apoio e segurança e... é... eu era sonhadora. Quer dizer, ainda sou, a diferença era que era muito iludida hahaha

Hoje, sou bastante mais forte do que quando cheguei. Aprendi a ser mais rápida, eficaz e mais segura. Aprendi a tomar conta de mim e saber que minha conta bancária não tem cano mágico que vai me deixar milionária da noite pro dia - cadê minha fada madrinha? Acima de tudo percebi que morando fora de casa, distante de tudo e de todos, tendo um apoio sentimental online haha foi a única forma que toda essa mudança se tornou possível.

Mudei minha forma de pensar e ver o mundo, aprendi a dar a valor ao Brasil, a minha nacionalidade, a forma como falo com pessoas e também a maneira como as trato. Aprendi a me dar valor e a ver que eu só posso aceitar ser tratada da maneira que quero ser tratada e que não importa se sou preta, branca, azul, amarela, lilás, brasileira, mexicana ou afegã! tenho meus direitos, tenho meus quereres, tenho meus desejos. Aprendi a me colocar em primeiro lugar sem precisar passar por cima de ninguém.

"É caminhando que se faz o caminho" alguém disse... Caminhando neste outro país e como Au Pair, meu caminho foi sendo feito, vai sendo feito, vai sendo traçado. 27 anos foram necessário para ser a pessoa que sou agora. "Agora" amanhã pode mudar, mas eu, Gabriella, tenho que manter na memória esses aprendizados, esta força, esta garra, este sabor de vitória. 

Eu "camaleoa"... Cada ambiente um novo eu! #Aprendendo
Quer ler mais sobre mim? Acesse:
Gabriella Lado B (confira aqui meu primeiro vídeo!)

Siga-me: @gabriellassa
Tumblr: @gabriellassa

Nenhum comentário:

Postar um comentário