terça-feira, setembro 15, 2015

Vida de aupair terminando....e uma aventura pela frente(parte I)


Era um domingo de sol no meio do verão quando tudo aconteceu. Meu namorado (agora noivo!) estava me levando para a estação de trem e eu lá, no banco do passageiro, tristonha, sem expectativas para a semana que iria começar, quieta no meu canto, deixando as ideias fluírem. Com raiva da minha hostfamily por algum motivo agora desconhecido (eles não são de todo ruim, eu que tb não sou de todo boa para essa profissão, tenho que admitir), quando tive um devaneio.
- Rico, imagina se no seu último dia de trabalho (30/10), vc passa me pegar em casa e a gente foge junto pros Alpes e ficamos lá dois meses na casa do seu avô, já pensou sair vazada da casa da família MUAMUAMUAMUA


- Eles bem que merecem. A gente podia ir mesmo né, ficamos lá, vc me ensina português, a gente faz trilhas.....
- ah, mas sair vazada é mancada, não é? 
- Verdade . Então vê no seu contrato com quanto tempo de antecedência vc tem que avisar e sai a gente avisa e vai.
- Mas é o visto? Será q eu posso ficar na Suíça por tanto tempo sem visto depois que meu visto pra Alemanha ter sido cancelado? E dinheiro?
- Quanto ao visto, eu ligo nos lugares amanhã cedo. E dinheiro vc contribui com quanto vc puder e eu completo com o resto. No seu último dia a gente faz uma compra grande de comida e produtos de higiene na Alemanha e dai vamos pra Nesslau. Mas vamos dormir e pensar se é uma boa ideia....
-Ok.
- no trem de volta pra casa, desenvolvi o assunto com as amiga aupair tudo...

No outro dia cedo

- e aí? Fechou role nos Alpes? Já liguei no consulado, eles te deixam ficar três meses aqui, mesmo depois de ter tido visto da Alemanha. Vc fica como turista, relaxa!
- simmmmmmm

Bom, depois dessa conversa, fui ligar pra minhas duas almas gêmeas, a Gabi e a Bruna pra perguntar como eu falaria para a família, se a ideia era realmente boa é se era muita loucura. A resposta delas foi 

- muito a sua cara! Avisa sua hostfamily com antecedência, mas vai na fé que vai dar certo!

O próximo passo foi falar com meus pais. Minha mãe ficou meio desorientada, para ela, não é normal alguém ficar dois meses sem trabalhar. Mas falou : vai na fé, vc sabe o que faz.
Eis que chega o momento de contar para a hf. O gancho surgiu quando ela falou que testava vendo as novas meninas Para começarem ano que vem. Eis que eu digo:
- e se você procurar alguém para começar em novembro? Pra mim é tranquilo.
-sério? Ai, seria ótimo pra gente também, porque daí as crianças se adaptariam a ela antes de o meu marido viajar. 
- sim, sim, tranquilo.
Sai correndo liguei pro Rico e contei as novidades. E eLê, muito sábio me responde:
-mas e se eles não acharem outra aupair, vc fica?
- ih, não sei
- vai lá e esclarece isso, Luana. avisa q vc sai em outubro.
Eu fiquei que era a ansiedade em pessoa. Mas numa quarta feira rolou um stress no jantar e eu desembuchei, bem direto e reto, como diz papai:
-Eueoricoconversamoseeusaioemoutubro.
-oi?
-sim, eu trabalharei até outubro. No máximo até 11/11
- mas e se eu não achar outra aupair até a data? Comofaz?
-não sei, dai vc tem que ver. Tem três meses para procurar.

((((((Climãoooooooooo))))))


Continua.....

2 comentários :

  1. Geeente mais que tenso hein, só me resta te desejar boa sorte e espero de coração que tua host encontre uma aupair a tempo pra vê se diminui esse climao
    Bjoss

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir