terça-feira, outubro 13, 2015

Le visa français - parte 2

Salut tout le monde, vous allez bien? Hoje vamos continuar a saga que eu comecei no mês passado. O último post foi basicamente toda a parte burocrática do visto que nós temos que fazer enquanto estamos no Brasil, agora a gente vai falar um pouquinho da continuação e todo o processo de regularização do visto.

Quando você pega seu passaporte no consulado, você tem o visto impresso e colado bonitinho, mas ele ainda não está válido. No momento em que você recebe seu passaporte de volta, a pessoa responsável no consulado te entregará uma folha com os procedimentos a serem feitos quando chegar na França.



Assim que você chegar na sua cidade francesa, procure na listagem que o consulado te entregou o endereço do OFII que cuida da sua região. O que é o OFII? O OFII (Office Français de l'immigration et de l'intégration) é o organismo francês responsável pelos processos imigratórios no país.

Logo que descobrir o endereço do OFII responsável pela sua cidade você tem até 3 meses para enviar para eles cópias dos seus documentos (não consigo lembrar exatamente quais, prefiro não tentar colocar nada aqui pra não acabar falando besteira, mas no papelzinho do consulado vem toda a listagem bem direitinha). Lembrando que seus documentos devem ser enviados em carta registrada com aviso de recebimento!

Depois de alguns dias eles te encaminharam para uma mostra de documentos (cópias e originais) para agendar a consulta médica (no caso do visto de au pair eles pedem um exame clínico simples, raio-x de pulmão e teste de visão) com os médicos do organismo e te dão o valor do imposto do seu visto. Cada tipo de visto tem um valor diferente, no caso do visto de estudante au pair, custa 58 euros, para pagar o imposto vc deve comprar os "selos fiscais" no valor exato, os selos vocês acham em qualquer loja de tabaco.

Chegando o dia da sua consulta médica você deve se encaminhar para o local designado com TODOS os papéis que te entregarem no dia da mostra de documentos + o seu passaporte + os selos fiscais no valor exato do seu imposto. É extremamente importante estar com todos os documentos em ordem e mais importante ainda é estar com os selos fiscais em mão no valor exato.

Depois de passar por toda essa procissão burocrática e ter terminado seus exames clínicos, você sai do OFII com o seu titre de séjour colado no passaporte e tem finalmente o seu visto válido para a sua estadia na França!

Então é isso pessoa, espero que eu tenha ajudado!

Gross bisous

Marcella

Facebook
Instagram
Blog pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário