segunda-feira, novembro 23, 2015

The Second One

Olá pessoas!! Como aqui em New Jersey já passa da meia noite hoje eu comemoro 8 meses de USA! E por um lado como eu acho que passou rápido, por outro parece que é outra vida! 
O post desse mês eu vou contar um pouco de como foi passar pela primeira vez o aniversario da minha mãe e o meu longe de casa! Para a grande parte das meninas que fazem intercambio o aniversario é uma das partes mais difíceis! Foi um dia bem chato devo dizer pra mim pois caiu numa segunda e eu tive que trabalhar! E não ganhei nada de mais no dia! A minha HF vida louca só se lembrou de fazer algo na terça feira! 
Devo admitir que a melhor parte do meu dia foi vir para o meu quarto e falar com a minha melhor amiga e A PARTE MAIS IMPORTANTE: Fazer FaceTime com meus pais e irmã! Eles cantaram parabéns para mim com uma vela em cima de um sonho!! (sdds Sonho de goiaba) eu sei que as vezes não escolhemos ficar tristes a tristeza simplesmente se povoa em nós! Mas durante todo esse dia eu fiquei meio que repetindo uma frase que acabou por se tornar um mantra: é o preço que você tem que pagar por tudo que você está vivendo aqui! Tem NYC, ganha em dolar, tem boy magya (hahahaha I wish), tem balada de limo, tem viajem pra Europa e isso tudo vem com um preço! 
A vida sempre cobra esse preço, e resta a nos pagarmos ou simplesmente entrar em parafuso por querer desfrutar de todas essas coisas sem querer que se exista uma taxa por elas! E posso dizer que durante meu aniversario que foi dia 26 de outubro eu não me senti triste! Mas me senti velha! Sim velha! Eu me tornei aquele tipo de pessoa que não tem mais aquela revolta da idade! Agora eu tenho no lugar disso a maturidade comigo! Não chorei, não fiquei triste (mas isso não é uma teoria excludente de quem chora e se revolta não pode ser adulto! Mas eu estou falando do tipo de adulto que eu estou me tornando! Até porque eu não tenho muita certeza nem de mim... vou ter dos outros)
Eu simplesmente peguei esse dia pra mim e encarei de uma outra forma! Sei que o meu grande desafio será passar o natal longe de casa! Data essa realmente importante para a maioria de nós! Ainda terei o fato de passar essa data com uma família judaica ortodoxa! E acho que mais uma conquista desse dia foi que eu comprei minhas passagens para a Europa sozinha sem ajuda de ninguém algo que eu JAMAIS conseguiria no Brasil com o salario de pedagoga! 
Bem gente para concluir esse post eu termino dizendo que todos nos devemos ter ciência que a vida não nos dá coisas maravilhosas! Ela troca conosco! Experiencias por outras! E o nosso eterno aprendizado é saber trocar com a vida e com outras pessoas! E creio isso ser mais uma coisa que estou aprendendo nesse intercambio! Já que o mesmo até no nome mostra What is all about... 
E termino com um trecho de um poema chamado Invictus de William Ernest Henley: 
Sou o senhor do meu destino,
E o capitão da minha alma


Sei que esse mes a postagem foi mais introspectiva, creio que seja o reflexo dessa nova idade que chegou! Até dezembro pessoal! :) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário