quarta-feira, fevereiro 03, 2016

Vergonha de dizer a simples frase: SOU AU PAIR!

Não quero julgar os que se sentem envergonhados ao dizer que são Au Pairs, eu mesma sentia vergonha antes de vir pra cá, quando alguém me perguntava eu apenas falava "é um intercâmbio de trabalho e estudo" e ponto. Porém, com o tempo, eu caí na real de que não tinha NADA do que se envergonhar, muito pelo contrário, devemos nos orgulhar MUITO de sermos o que somos e vou convence-los disso neste texto!


Primeiro que, só de sair da sua zona de conforto para morar na casa de desconhecido por, no mínimo, um ano, já é um motivo dos grandes para se orgulhar de si mesmo e da decisão de ser Au Pair. Mas vamos lá que tem muito mais...
Vai parecer um pouco difícil de enxergar quando ainda não se é, de fato, Au Pair, mas tente. Olhe a sua volta, dentre a sua roda de conhecido e amigos, quantos deles se "daria bem" ou "aguentaria" ser Au Pair por um ano (ou mais)? No dia em que fiz essa análise foi quando, sem pretensão alguma, disse para mim mesma: VOCÊ É O CARA!
Ontem estava conversando com uma amiga e ela me disse algo muito interessante, ela tinha acabado de limpar um peito de frango e eu tinha descascado e picado um abacaxi quando ela me solta a seguinte colocação: Eu acho que o programa de Au Pair devia ser obrigatório para todas as garotas assim como todos os garotos devem se alistar ao exército. #Reflitam
Somos muito corajosos galera, é uma prova de fogo SIM, é fazer de quatro paredes um lar, é aprender comer comida estranha, é falar num idioma que não é o seu, é lidar com um mundo totalmente desconhecido sem nenhum conhecido. Quantos outros tipos de intercâmbios te oferece isso? Quase nenhum. Dê as caras a tapa, bata no peito e diga, vim como Au Pair mesmo e não foi porque queria cuidar da criança dos outros por um ano, foi porque essa era a oportunidade mais viável e que mais se encaixava a minha situação, porque foi a forma que eu achei de unir o que eu quero, o que eu posso e o que eu tenho.
Em um ano aqui eu fiz e aprendi muito mais coisas do que 10 anos no Brasil não me ensinariam... E isso só aconteceu porque estou aqui como Au Pair, porque tive que lidar com choro de criança mimada, porque tive que aguentar e abaixar a cabeça para coisas que antes discutiria até cansar, porque aprendi que o mundo é muito mais do que meu próprio umbigo, que europeus são tão gente como a gente, que não se pode ter preconceito com nada, pois o tal do nada pode ser apenas uma diferença cultural. Hoje eu sei descascar maçã e abacaxi, sei falar inglês, já pulei de paraquedas e nadei com golfinhos, ja voei mais de 15 vezes, conheci 8 estados, 3 oceanos e isso nem é nada, EU CRESCI, e só cresci O QUE CRESCI, porque SOU AU PAIR, e sinto muito orgulho disso.
E se mesmo depois de tudo isso que eu falei você ainda se sente envergonhada de dizer para os outros que é Au Pair, tudo bem, eu só espero que aí, bem aí dentro de você mesmo, você sinta MUITO orgulho e se sinta muito CORAJOSO por isso. Porque sim, é assim que você deve se sentir, ok?


Meu blog pessoal (sobre Au Pair também): All About the Au Pair Program
Snapchat: laristf
Instagram: @laristf9
Twitter: laristf

2 comentários :

  1. Guriaa tu me deve um celular novo... pois deixei o meu cair no chão para aplaudir seu post!!!
    HAHAHA
    Disse tudo, orgulho de ser aupair <3
    bjus tudo de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua fofaaaaaaa!!!
      Obrigada pelo carinho e por acompanhar o blog!!!
      #OrgulhoDeSerAuPair

      Excluir