terça-feira, março 08, 2016

Das coisas que interferem no seu ano, tem uma que talvez você esteja esquecendo...



Posso parecer exagerada, mas vc já parou pra pensar qual é o tamanho da influência do SOL na sua vida?
Enquanto pesquisando e esperando pelo momento de ser au pair, imaginei todas as possibilidades possíveis, menos esse mero detalhe! Nunca pensei que eu fosse tão dependente assim, até eu curtir (ou não) o outono de Seattle!

Como sabemos, quanto mais ao extremo do globo uma região estiver, mais longos serão os dias no verão e mais curtos no inverno.. Se olharem o mapa, podem ver que o estado de Washington tá lá em cima..
Quando eu cheguei era verão (junho 2015) e estava anoitecendo lá pelas 10 da noite! 4 da manhã o sol já tinha nascido outra vez.. Apesar da rotina de verão das 3 crianças que eu cuido, minha energia tava lá no alto!

Quer saber como eu trabalhei quando o inverno começou?


Eu acordava pq precisava acordar e dormia pq era tudo o que eu queria fazer durante o dia INTEIRO! Mais do que comer, mais do que cerveja, eu queria virar um urso!
Dependi de duas doses de vitamina D por dia, pq o corpo parecia não responder a comando algum!

Eu saía da cama 6:30 e parecia ser 3:00 da madrugada: um breu da c#@$ta.. Sol nascia 8:30 e as 16:00 já era de noite... Detalhe: nascia só lá em Seattle, pelo visto.. Aqui na ilha onde moro era de breu pra nublado, de nublado pra breu, SEMPRE!
Se um diazinho na semana toda parecia que o sol ia aparecer, já ia logo pra previsão do tempo e:


Não é a toa que Washington é o estado com maior nível de suicídios! Essa semana saiu no jornal que fizeram uma pesquisa e descobriram que o estado também tem o maior nível de estresse... Jura? Quase não vejo motivos....

Hoje, só de pensar em como foi o inverno, sei que eu (eu apenas) precisaria de um aumento de 100% ou acima no bolsa au pair pra passar um segundo inverno aqui.. Hoje a primavera já tá aí batendo na nossa porta e eu não fiz esse post antes pq tava ocupada demais cortando meus pulsos hahahah

Aqui na ilha o sol ainda não é frequente mas pelo menos um dia ou outro na semana ele aparece..



Esses dias eu tava conversando com uma amiga minha que embarcou no mesmo dia que eu lá em São Paulo sobre ela vir me visitar e ela perguntou se deveria esperar a primavera.. Se a pobre Rafaella soubesse de todo esse drama antes, saberia por conta própria que nesse momento da minha vida não era aconselhável nem que o Papa se aproximasse de mim, tamanho foi a fúria! Além dos meus, era capaz que eu cortasse o pulso dele, inclusive hahahah

Brincadeiras a parte, sobrevivi até melhor do que imaginava que faria.. Quase botei o namorado na depressão né, mais "chorava as pitanga" do que um "te amo" soltava!

Com o fim do inverno e o fim do meu ano chegando, fico feliz por ter ficado a primavera pro final! É a estação do ano que eu mais gosto, que acho mais linda e, depois desse inverno do cão, tenho certeza que vou aproveitar 556 vezes mais!

Tchau in?erno!



Se quer saber quanto já gastei com estudos e algumas dicas, clique aqui..

Pra uma prova viva de que o MATCH PERFEITO existe, aqui!

Beijos!

3 comentários :

  1. hhahaha é bem verdade. Moro em NY e já senti a diferença... nao me imagino em Washington

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao se imagine mesmo!!! hahahah

      Excluir
  2. No meu caso, não sei se ia interferir muuito, ja que eu gosto muito de frio. Mas só vivendo pra saber mesmo. E deve ser beeeeeem punk !!

    ResponderExcluir