Imigração

Olá pessoal, como vocês estão? Por aqui tudo ótimo. Hoje eu vou falar um pouquinho sobre uma coisa que assusta muita gente: imigração! Believe me, passar pela imigração na Europa não é esse bicho de sete cabeças que muita gente imagina. Eu já tenho alguma experiência nisso, então se você não faz ideia de como é vamos simbora ler o post de hoje.


Para quem não sabe, muitos países da Europa (os mais "procurados" por viajantes e intercambistas diria eu) fazem parte da Schengen Area, que nada mais é do que uma "área" onde os países pertencentes tem um acordo sobre regras de imigração, que basicamente são as mesmas. Esse acordo foi criado especialmente para facilitar a vida das pessoas, já que uma vez dentro de um dos países parte da Área Schengen, você está apto (em relação a "visto") a entrar em qualquer outro.

A Holanda foi minha primeira viagem internacional, eu nem sonhava que precisaria passar pela imigração, muito menos o que era isso e menos ainda o que eu teria que fazer e por incrível que pareça eu entrei de boa. A imigração fica dentro do aeroporto então você querendo ou não vai ter que passar por lá, não tem como fugir. Você sai do avião, segue as placas para pegar a bagagem e cai automaticamente na imigração, depois dali que você pega as malas e está livre para entrar no país ou fazer alguma conexão.

Eu já passei por essa situação três vezes e todas foram muuuuito tranquilas. A primeira o oficial me fez várias perguntas (mesmo eu já tendo o visto provisório no meu passaporte) e eu sem saber o que que aquele cara chato queria de mim respondi as perguntas de qualquer jeito tipo "Ah, sei lá". Quase morri depois quando entendi que eu deveria ter sido bem mais séria, pois aquele cara chato era o immigrant officer :P. 

A segunda vez eu estava indo para Áustria, seria au pair, mas entraria como turista. Estava morrendo de medo, mesmo com a passagem de volta comprada e welcome letter em mãos. Antes de o oficial pedir já entreguei meu passaporte. Eu nem ouvi a voz dele, nem "Hi" ele disse, nem olhou na minha cara, só abriu o passaporte, carimbou, fechou e me devolveu. 

A terceira vez foi recente e por conta dos refugiados eu estava com bastante medo, pois ouvi dizer que eles estavam sendo mais rígidos com todos, porém essa foi a melhor e mais tranquila experiência. Desembarquei em Frankfurt mais do que preparada: documentos e um belo discurso em mente. Eis que o oficial falava português. Ele perguntou sobre o meu visto holandês antigo, se eu estava indo visitar a Holanda e se estava viajando sozinha eu disse que sim, que iria visitar um amigo, então ele carimbou meu passaporte e disse em tom de brincadeira "Amigo, huuum!" e eu fui para a minha conexão.

Enfim galera só queria dizer para quem está vindo e nunca teve essa experiência que não precisa ficar com medo, essa parte apesar de as vezes assustadora é tranquila, mantenha a calma, tenha em mãos os documentos necessários, respire fundo e tudo dará certo. É isso ae galera, até mês que vem, dia 11! Beijos.


Meu Blog
Facebook
Instagram
camihfeer@gmail.com


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os 3 casos mais assustadores do mundo Au Pair

Gírias + Expressões = Você precisa conhecer!

Mais 11 tipos de au pair: esses são os amigos que você terá!