domingo, julho 03, 2016

Curso na área de formação - Parte II

Oi todo mundo, como vão as coisas?
Já tem um tempo que tenho prometido tocar nesse assunto, tanto no meu blog pessoal como aqui. Sempre que comento com alguém que estudei em uma universidade aqui nos Estados Unidos e que o curso foi na minha área, rolam várias curiosidades e dúvidas. Realmente é um assunto que interessa muitos de vocês, então eu vou tentar explicar tudinho com mais detalhes, tintim por tintim, como achei os cursos, o que precisei para fazê-los, quanto me custo, como que foi e como que a universidade é, fisicamente falando e em comparação com as brasileiras.
Porém, antes de começar a falar especificadamente dos cursos que eu fiz, vou ressaltar e pedir que vocês também leiam uma outra postagem aqui do blog mesmo, na minha queridíssima Mari Rezende, onde ela já contou sobre a experiência dela fazendo curso na área de formação (por isso o "parte II" no título).
Depois de compartilhado essa informação com vocês, vamos direto ao ponto, né? E para facilitar a leitura de vocês, decidi separar o post entre alguns tópicos.

▪️Que tipo de curso que eu fiz?
O curso que eu fiz na University of California chama-se curso de extensão, em inglês "Extension Class", mas ele também pode ser denominado "Continuing Class" ou "Continuing Education", dependendo da universidade.
Entrada do prédio da Extensão, UCI
Dentro desse programa de extensão eu fiz dois cursos: Human Resources Management (Gestão de Recursos Humanos) e Talent Acquisition, Management and Retention (Aquisição de Talento, Gestão e Retenção), que é mais voltado para contratação de funcionários, treinamentos e técnicas para mantêm-los motivados na empresa.
Nessa mesma universidade em que fiz esses cursos existem outros voltadas para a área de Recursos Humanos, outros em Tecnologia da Informação, Engenharia, Marketing e Comunicação, Ciências, Direito e Educação.
Acredito que isso vá de universidade para universidade, então é aí que começa a sua sorte. Eu fui sortuda de a universidade que estudei oferece cursos que fossem do meu interesse, já que quero ingressar na área de Gestão de Pessoas, porém, se eu estivesse interessada em Química, não teria nada nessa área para eu fazer.

▪️O que é um curso de extensão?

Quando tento explicar para alguém o que é um curso de extensão, sempre comparo a nossa famosa pós graduação e vou explicar o porquê.
Primeiro porque aqui nos EUA eles não oferecem essa pós graduação que conhecemos e temos no Brasil, aqui você faz MBA, mestrado e/ou doutorado.
Prédio da escola de Business, UCI
E também porque, não sei se é assim em todas as universidades que oferecem esse programa, mas na que eu estudei, caso você fizesse uma quantidade X de aulas relacionadas ao mesmo tema, você ganha um diploma de especialização naquilo. Por exemplo, eu fiz dois cursos na área de Gestão de Pessoas, mas eles ofereciam outros 6, se eu fizesse mais esses outros 6 ganharia um diploma de especialização.
Mas Larissa, se você só fez 2, de que valeu? Valeu que eu tenho o certificado desses dois, individualmente falando. Pode não ser um certificado dizendo que sou especialista, mas diz que eu "manjo daquilo", especificadamente. 
Em resumo, eu diria que, quando se faz uma matéria é como se estivesse cursando um "curso livre específico", quando se completa o programa, torna-se especialista, tipo, pós-graduado. 

Pátio, UCI
▪️Onde que eu encontro esse tipo de curso?
Muitas das grandes universidades americanas oferecem esse tipo de curso, mas não há uma regra, tem que haver uma pesquisa. Por essa razão, você pode, assim como eu, ter sorte de cair em uma hostfamily onde há essa universidade.
Primeira coisa que você deve fazer é descobrir as universidades ao redor de onde você mora, e daí descobrir se eles oferecem esse tipo de programa. Basta chegar no nosso amigão Google e pesquisar "Extension Classes", "Continuing Classes" + o nome da(s) universidade(s), não tem erro.

▪️Quais são os pré-requisitos solicitados?
Os dois cursos que fiz não solicitavam pré-requisito algum, mas uma amiga tentou fazer outro voltado para a área de Direito e foi solicitado o TOEFL, então é outro tópico sem uma regra e que, muito provavelmente, também muda de uma universidade para a outra. Talvez seja uma boa ideia já ter o TOEFL desde antes de vir para os EUA, porque não se sabe se o curso irá solicitar ou não, e não é nada mal ter o TOEFL, não é mesmo?
Prédio da escola de Artes, UCI
Alguns cursos requerem que você tenha formação, mas foram poucos os casos que eu vi essa solicitação. E geralmente pedem isso quando o curso que você vai fazer é alguma matéria complementar de algum dos cursos que a própria universidade oferece, então é mais voltado para aquilo, se é que vocês entendem.

▪️Quanto que custou essa brincadeira? Dá créditos válidos para as agências?
Cada um dos dois cursos que eu fiz custaram cerca de $500 e ofereceram, cada um deles, 40 horas de curso presencial.
Na University of California, onde estudei, os preços variam entre $300 e $800 por curso, e isso vai da quantidade de horas oferecidas, do tema, e se ele é presencial ou online.
Cada um dos cursos que eu fiz me deram 40 horas e/ou 4 créditos, ou seja, vale sim para os créditos das agências, mas provavelmente te custará um tiquinho, uma vez que você terá que fazer mais de um ou algum outro curso para completar as horas e/ou os créditos.
Eu, por exemplo, fiz um dos dois cursos no meu primeiro ano e adquiri 4 créditos através dele. A ideia era fazer um outro de como falar em público, também nesse programa de extensão, que me custava $300 e me daria 2.5 créditos. Porém, eu decidi estender e tive que fazer um curso rápido para conseguir as documentações, então fiz um Weekend Class para Au Pairs.
Mas, se eu tivesse feito o que estava planejando, o segundo curso teria que ser pago com o meu salário, já que eu tinha gasto toda a bolsa de $500 no primeiro, e só me rendeu 4 dos 6 créditos necessários.
Já na minha extensão, optei por outro dos cursos que custam $500, e ele também me deu 4 créditos. Só que eu estendi por 6 meses, e isso quer dizer que eu só preciso comprovar 3 créditos e que a minha bolsa é só a metade também, ou seja, $250. Então, de qualquer maneira, eu tive que pagar parte do curso do meu bolso.
Espaço externo, UCI
Eu faria isso de novo, vim aqui com a intenção de melhorar o meu currículo e foi isso que eu fiz. Não vejo como gasto, vejo como investimento e acho que vale MUITO a pena, mas vai de cada um. Vai de você!

▪️Como que foi o curso?
Eu adorei ter essa experiência, ambos os cursos foram muito parecidos com matérias que tive na faculdade, e o clima era o mesmo.
Era gostoso sair de casa e ir para a faculdade sabe? Meus cursos foram ambos noturnos e era bem aquela sensação de ir estudar depois de um dia longo de trabalho, sabe? Conhecer pessoas novas, chegar em casa e rever matéria porque teria uma prova, ou ler um livro e fazer resumo. Até mesmo preparar e apresentar trabalhos, bem legal.
O método é o mesmo, nos dois cursos foi solicitada a leitura de um livro, tínhamos slides para acompanhar as aulas, trabalhos e apresentações, atividades e dinâmicas em grupo, provas e até exame final, exatamente como era na faculdade no Brasil. A única diferença eram as notas, que no Brasil eram de 0 a 10 e aqui vai de A+ a F, hahahah.
Um dos prédios de estacionamento, UCI
Foi muito bom esse contato a mais com a cultura e que, ainda por cima, fez com que eu melhorasse meu inglês, vocabulário e, de quebra, tivesse uma especialização a área em que quero seguir.

▪️Como que é estudar em uma universidade americana? Parece com o Brasil? E o espaço físico, é legal?
Como já comentei acima, achei bem bem parecido com estudar em uma faculdade brasileira. Era como se eu estivesse fazendo apenas uma matéria, sabe?
A universidade que eu frequentei é gigantesca, ocupa um espaço enorme. Eu compararia com a USP, em São Paulo. São vários prédios gigantes e divididos por "tema", por exemplo, terá um prédio para Direito, um para Administração, um só para Pedagogia e por aí vai... E os prédios são enormes, isso sem contar os prédios de estacionamento, um por quarteirão.
Além disso tudo, também há diversas lanchonetes e cafés por todo lado, quadras e espaços abertos, bibliotecas, espaços para estudos e repúblicas/moradias.
Um dos milhares Starbucks dentro da universidade, UCI
Assim como vemos nos filmes e seriados, logo que os jovens terminam o colegial, eles saem de casa para ir para a faculdade, é meio que a libertação deles. E geralmente vão para longe... Minha host veio de Chicago estudar na Califórnia, e eu nunca perguntei o motivo. Não sei se eles escolhem o local por quererem mora lá ou porque a faculdade é melhor na área que eles querem estudar, mas a grande maioria "foge" de onde mora e, por essa razão, em torno do "bairro universitário" existem vários condomínios e prédios exatamente voltados para esses alunos, são as nossas conhecidas repúblicas, bem bacana. Para quem já andou pela USP sabe do que estou falando, moradia estudantil.

▪️Enfim, valeu a pena?
Valeu MUITO a pena, por muitos motivos. Primeira grande razão de eu dizer que valeu muito a pena deve-se ao fato de eu estar diretamente ligada ao idioma e, com isso, praticar bastante. Desde as leituras de artigos, até as apresentações de trabalho e atividades em grupo, tudo sempre em inglês, e mais, com o vocabulário específico da área que quero seguir, o que é muito valioso.
Uma da salas de aula, UCI
Segundo grande fator foi, obviamente, o conhecimento adquirido. Eu aprendi muito, tanto sobre Gestão de Pessoas quanto sobre a cultura americana. E mais, esse conhecimento e essa experiência, sem sombra de dúvidas, será um grande diferencial quando eu estiver no Brasil, procurando uma vaga de emprego ou já trabalhando na área.
Então sim, eu super recomendo que vocês busquem esse tipo de curso nas universidades próximas a casa da sua hostfamily, mesmo que vocês aqui não tenham feito faculdade, ou não saibam que área vão seguir, sempre terá algum curso menos específico que irá de agregar, independente do que você decidirá sobre o seu futuro.

Eu espero que o post tenha saciado as curiosidades e duvidas de vocês, mas sintam-se a vontade para comentar e perguntar qualquer coisa que não ficado claro, de verdade!


Meu blog pessoal (sobre Au Pair também): All About the Au Pair Program
Snapchat: laristf
Instagram: @laristf9

6 comentários :

  1. Oii, amei o post! Você acha que depois do programa de au pair, se continuar no país, rola fazer outros cursos e até conseguir um emprego na área (tirando todas as excessões de pessoas que tiveram "sorte")?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazer outros cursos com certeza rola. Tinha uma brasileira na minha sala que já estava no sexto curso e só renovando o visto de estudante. Agora, emprego é mais complicado. Não conheço ninguém. Não que tenha conseguido emprego na área. Isso é bem complicado aqui nos EUA, burocracia é bem cuidadosa com relação a isso.

      Excluir
  2. Fazer outros cursos com certeza rola. Tinha uma brasileira na minha sala que já estava no sexto curso e só renovando o visto de estudante. Agora, emprego é mais complicado. Não conheço ninguém. Não que tenha conseguido emprego na área. Isso é bem complicado aqui nos EUA, burocracia é bem cuidadosa com relação a isso.

    ResponderExcluir
  3. Nossa que legal! Parabéns guria, amei seu post!
    E para quem não tem faculdade, vc conhece alguém ou acha que rola uma graduação aí? Tipo durante o aupair ou talvez após o programa mudar o visto para de estudante e continuar só estudando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheço meninas que trocaram o visto para o de estudante e a família ficou responsável pelos estudos dela, mas foi totalmente fora do programa de Au Pair.
      Obrigada! Que bom que gostou!! :*

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir