quinta-feira, agosto 25, 2016

Ainda dá tempo pra ser Au Pair?









Vou contar uma coisa: eu viajo! Em todos os sentidos literais, figurados e sarcásticos que essa palavra possa ter. Se for pra inventar história eu invento, se for pra cantar música eu canto, se for pra continuar história sem pé nem cabeça eu também continuo, e se for pra entrar num avião eu também vou!

E nem sempre a viagem precisa ser minha pra eu viajar. Adoro compartilhamentos! Se tu quiser me contar sobre tua viagem pra Bangkok, pode vir. Vou morrer de inveja, mas vou adorar ver cada foto.  Me conte sobre Santos também. Adoraria conhecer Santos sob a tua visão. ;D

Então que várias pessoinhas já vieram falar comigo me pedindo dicas sobre lugares pra visitar na Europa, uma delas inclusive, me pedindo dicas pra viajar com criança! Rsrs Se jogue na Disney então! Uma horinha de Paris apenas. Não aceite tudo o que o hotel te empurrar, trens são mais baratos e geralmente mais flexíveis que transfers. Mas se quiser ir de transfer, vá de transfer. Antes de qualquer coisa, a viagem é tua, não minha. Quando é minha eu faço do meu jeito.

E por esse dias aí eu pensei em “Au Pairiar” de novo.. Mas mudo de ideia frequentemente porque depois que eu cuidei de três guris na Alemanha, acho que meu nível de paciência ficou negativo pra crianças..

Mas aí eu resolvi pesquisar, caso eu quisesse outra vez, agora, porém, com 27 anos, ir pra outro lugar.

Então, vamos lá pra ser Au Pair depois dos vinte e sete!

E se eu quisesse ir pra Espanha?
Na Espanha eu posso ser Au Pair até os trinta anos! Idade mínima é de 17, e máxima de 30.
O visto é de au pair e estudante. Para ser Au Pair tem que comprovar matrícula em alguma escola ou universidade pela duração do programa de Au Pair.
Teoricamente, o trabalho não pode exceder cinco horas por dia.
O programa é de um ano e pode ser estendido por mais um (Alemanha não pode =[)
Paga-se para Au Pair cerca de 70 euros por semana.
Informações no site da Embaixada da Espanha.

 Barcelona. Foto do Google.

E pra Austrália?
Pelo o que vi a Austrália não tem um programa chamado “Au Pair”, mas pode-se trabalhar como com um visto de trabalho durante as férias. Esse tipo de visto é pra pessoas de 18 até 30 anos, e tem a duração de 12 meses, não estendíveis.
O trabalho autorizado é de 30 a 40 horas por semana. Com visto de estudante, a carga horária é de 20 horas/semana.
Geralmente tem-se dois dias livres na semana, e o que se recebe varia entre 150 e 250 dólares australianos por semana, MAS depende da família.
Não é obrigatório que se faça um curso de idiomas enquanto estiver lá, mas dependendo do visto é obrigatório que o inglês seja fluente.

Sydney. Foto do Google.


Canadá também me aceitaria ainda!
Pra lá a idade mínima é de 18 e a máxima é de 30 anos.
O que se recebe lá não o mesmo pro país inteiro, varia conforme o território, mas a média é de 200 dólares canadenses por semana.
A carga horária é de 25-35 horas por semana, com um ou dois dias livres e ao menos um final de semana livre no mês.
Curso de idiomas não é obrigatório, mas se a/o Au Pair quiser é ela/e quem paga.
Duração de 12 a 24 meses.

Vancouver. Foto do Google.


Nesses três países a recomendação é que a/o Au Pair tenha um quarto separado e tenha as 3 refeições diárias. É o/a Au Pair quem paga a passagem de ida e volta e os custos com passaporte/visto. As tarefas são voltadas para as crianças.
Fiz um resumo bem resumido, sem a burocracia de requerimento do visto (nessa parte, além de outros documentos, o Canadá exige de ficha de antecedentes criminais, a Espanha quer uma carta de aceitação da escola onde a/o Au Pair estudará e a Australia quer saber se tu tem 5000 dólares australianos pra se manter por lá).

Agora é só escolher e se mandar \o/
Como diz o gato da Alice no Pais das Maravilhas “pra quem não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve”. Ou como eu digo “todo lugar é caminho pra algum lugar” ;D
Bom resto de agosto!

0 comentários :

Postar um comentário