terça-feira, agosto 30, 2016

Férias com a host family em Portugal: SONHO OU PESADELO?


Olaaa meninos e meninas. 

Hoje completam 25 dias que estou nos Açores em Portugal de ferias com a host family e ficarei mais uma semana e meia. 




Sei que é um assunto batido, mas vim falar da minha experiência.A minha primeira impressão era que na verdade, viajar com a HF era a maior cilada. E se não fosse por uma imposição deles, eu não teria vindo. Mas depois de quase um mês aqui, posso dizer com toda certeza que teria me arrependido amargamente.Primeiro de tudo, eu to aqui, num pais que nunca tinha visitado, numa ilha no Atlântico cuja a viagem custa super caro, e de graça. Ainda que eu esteja trabalhando (e muito), é uma oportunidade unica na vida e to feliz de poder aproveita-la.Não estamos num hotel mas sim na casa de veraneio da família da minha Host mom. Aqui tenho meu próprio quarto com vista pro mar (chato né?).






Além disso, ter a oportunidade depois de 10 meses longe de casa, de falar português o tempo inteiro é um consolo pra mim.Pude participar do casamento dos meus hosts na igreja que foi feito a duas semanas atras, e do batizado dos meus dois babies.Fomos a vários passeios (eu trabalhei sim), turísticos e incríveis e eles pagaram ate a água que tomei. 





Consigo passear, ir a praia, ler, ou só sentar e ver o mar nos meus horários livres.Ainda que sim, eu confesso, tem sido cansativo, porque as crianças estão fora da rotina, não tem schedule definido, mesmo nos piores dias, eu posso olhar pro mar a qualquer minuto, e imaginar que to um pouco mais perto de casa.Portugal tem sido a melhor experiencia dos últimos meses, eu ganhei uma família aqui. Uma família calorosa, que me acolheu com muito carinho. (E que já deixou as portas abertas caso eu queira voltar).Estar aqui, tem sido como ter um pouquinho do Brasil comigo sem ter voltado pra casa.




 Então minha gente. Viajar com a Host Family esta longe de ser a viagem dos sonhos, mas pode ser muito melhor do que você imagina.
Vou me despedindo por aqui, também estou em ritmo de despedida  nesse paraíso e provavelmente no mês que vem estarei escrevendo, em outro pais com uma nova historia.



Até o próximo dia 30.

0 comentários :

Postar um comentário