quarta-feira, janeiro 11, 2017

Eu não pertenço a isso aqui

Olá galera, everything alright? Eu estou de férias no Brasil e por isso resolvi falar sobre os crazy feelings de voltar para casa.


Eu sai do país pela primeira vez em 2014 quando fui para a Holanda como au pair, foi também minha primeira vez (tão) longe de casa e por tanto tempo. Eu confesso que no final do meu intercambio eu já estava morrendo de saudade de casa, mesmo amando a Holanda mais do que tudo. Saudades de ir ao mercado e entender tudo, de andar pelas ruas que eu sempre andei, sentar no sofá da minha casa, etc, mas chegar em casa não tão bom quanto eu imaginava.

O sentimento é muito estranho, nas primeiras semanas eu estava feliz por estar de volta, visitando e sendo visitada, revendo todos os lugares que eu senti tanta saudades e rodeada de todos os familiares e amigos que me fizeram falta, mas depois de um tempo eu comecei a odiar tudo, a me sentir um peixe fora da água.

Quando moramos fora, somos feliz e temos uma ótima experiência, nos apegamos a isso tudo e voltar para casa (que na verdade acabou virando sua segunda casa) pode ser difícil. Aqueles amigos que viraram irmãos já não estão mais lá, aquele barzinho/café/restaurante que você batia cartão está tããão longe, a comida que você amou só Deus sabe quando você vai comer again, bem como rever seus hosts, amigos e lugares favoritos. Além disso considere o choque de voltar a país onde crime e violência são normais, que sair com o Iphone de casa é coisa de louco, onde tudo é tão absurdamente caro que ter momentos de lazer e diversão serão raridade

Resumindo tudo, eu só quis dizer "be prepared", seu coração ficará dividido para sempre e você jamais será a mesma pessoa, mas claro que tudo vale a pena e claro que a violência, criminalidade, pobreza e preços absurdos aqui do Brasil acabam comigo, MAS deixo claro que apesar de tudo isso eu AMO meeu país e tenho muito orgulho de ser brasileira! É isso ae galera, até mês que vem direto da Europa novamente, kusjes.


camihfeer@gmail.com

0 comentários :

Postar um comentário