segunda-feira, julho 17, 2017

10 Fatos sobre a Finlândia

Oi gente, esse mês de julho eu completo um ano escrevendo no blog e, muito menos divertido, esse é meu último mês de Finlândia e eu estou só no choro. Vejo muitas au pairs contando os dias pra se 'livrar' do programa e eu quero só rebobinar. Entretanto, estou em contagem regressiva para deixar a Finlândia, mas não para deixar de ser au pair, no próximo post contarei aonde será meu próximo ano.

Então, dia 20 de julho eu completo um ano morando aqui, e por isso resolvi fazer um post falando de dez curiosidades sobre esse país que já tem um espaço gigante no meu coração:

1. A educação é considerada a melhor do mundo. Já fiz um post aqui falando sobre um dia que eu passei na escola a qual a minha hostmom da aula. É simples gente, não teria como ser diferente essa posição no ranking, a Finlândia se destaca pela igualdade entre as escolas, alta qualificação dos professores e por sempre estar repensando o currículo escolar.

2. Congelar morangos no verão. Não conheci até agora uma família que não congele quilos e mais quilos de morango no verão para durar (teoricamente) o ano inteiro. Aqui em casa foi até janeiro, depois disso passaram a compra os já congelados mesmo. O morango finlandês é delicioso, super doce e grande.

Metade dos morangos congelados aqui em casa

3. O estereótipo de um finlandês é bem parecido com o finlandês. Ao mesmo tempo que ele é coração frio, ele é muito carente (quando se trata de dates, namorados,...). Conheci poucas exceções nesse tempo (pra minha sorte minha hostfamily é mais coração quentinho). Eles são pessoas que dão valor ao dinheiro, não saem gastando com qualquer bobagem só por que tem, eles planejam cada centavo.

4. Eles tomam leite como a gente toma água. Leite Puro. Eles tomam leite com o almoço, janta, café da manhã,.... Tem finlandês que toma um litro de leite por dia. Nas escolas, no horário do almoço as crianças são proibidas de tomar água, ou toma leite ou não toma nada.

5. O País da Sauna. Tem gente que faz sauna todos os dias aqui, tem gente que só uma vez por semana, mas é uma certeza que todos fazem. Basicamente qualquer casa finlandesa que se preze tem uma sauna, se tu mora em condomínio provavelmente terá uma sauna no prédio. Há milhares de saunas públicas na Finlândia, inclusive em praias. 

A quantidade de saunas públicas aqui na Finlândia

6. Existem, basicamente, dois tipos de finlandeses. Existem, como eles mesmo se intitulam, os 'true finns' que são os finlandeses que são alfabetizados em finlandês e não entendem o porquê a língua sueca é considerada uma das línguas oficiais, pois afinal, estamos na Finlândia e não na Suécia. E existem, como eles mesmo se intitulam, os 'Swedish-speak-finns'. São os FINLANDESES (aí de você se chamar eles de suecos) que são alfabetizados em sueco primeiro e não entendem porque a Finlândia continua falando finlandês, já que é uma língua tão difícil. E é muito engraçado ver os dois lados se avacalhando e brigando veladamente. Eu moro numa cidade de true finns, mas perto da maior cidade de Swedish-speak-finns. Então eu conheço os dois lados nessa 'guerra' e posso dizer que é o tipo de problema que eu poderia esperar de um país como a Finlândia. Obviamente não é só na língua que há diferença entre eles, a cultura em geral é um pouco diferente.

7. Burocracia. Meus amores, juro que nunca mais reclamarei sobre a burocracia e demora para as coisas se resolverem no Brasil depois de morar aqui. Gente, é tudo custoso aqui. Filas e mais filas em supermercado. Fui fazer um boletim de ocorrência e jurando que iria ter ele na mesma hora, descobri que eles mandam pelo correio e que demora uma semana. Para ligar para a migração a linha telefônica só está disponível duas vezes na semana, duas horas cada dia. Enfim, é uma tortura isso.

8. Finlandês ganha auxílio do governo para tudo. Você nasceu, ganha uma caixa com produtos para o bebê e para a mamãe ou o valor em dinheiro. Depois disso o governo paga mensalmente um valor para cada filho finlandês (segundo o governo é para cobrir os gastos com comida e roupas, segundo os finlandeses reclamões, não da nem para comida) lembrando que o governo paga educação e saúde já. Quando você vai para faculdade (que é de graça) recebe um auxílio para estudar. Isso inclui mestrado e doutorado. Sim, é pra qualquer finlandês que não esteja trabalhando (mas não precisa comprovar renda ou algo parecido, todos têm direito). Finlandês pode ter licença maternidade até 3 anos, isso inclui o pai. Seguro desemprego é válido até tu arranjar outro. Se o teu salário não está cobrindo todas as tuas despesas, tu ainda pode pedir um reforço ao governo. E tem outras rendas que eu não vou ficar citando aqui, por que teria que fazer um post só de rendas.

9. O imposto finlandês. Eles inclui todo e qualquer dinheiro recebido para cálculo de imposto. Uma criança estava vendendo limonada na porta de casa e o governo foi lá taxar a criança (provavelmente os ganhos da criança deu abaixo do valor considerado para isenção), mas era necessário que a criança declarasse. Um menino de 12 anos estava juntando garrafa pet para poder ir pra Disney, alguém (mal amado pra caramba) denunciou o menino, mas o imposto verificou que o menino já havia declarado os recebidos e era isento também. Os altos salários aqui, chegam a ser taxados em 50%.

Para quem denunciou o menino de 12 anos e se deu mal

10. A Finlândia é um país gelado mas é muito amor, se tiver a possibilidade de vir, venha.


Até mês que vem pessoal,

Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário