segunda-feira, setembro 25, 2017

Saindo com a família...




Esporadicamente fizemos passeios juntos e eu achava meio estranho. Era divertido, mas eu nem sempre sabia como agir. Principalmente no começo, quando eu ainda não me entendia com as crianças e frequentemente pedia para que eles repetissem o que quer que tivessem dito.

A primeira vez que saímos todos juntos foi na primeira semana em que eu estava com eles; fomos jantar em um rodízio de comida japonesa e eu mal abri a boca para falar por diversos motivos – um: na mesma semana que eu cheguei, também chegaram de viagem o pai e o irmão mais velho, todos com coisas para contar; dois: meu alemão ainda era muito limitado. Todos foram muito compreensivos, todavia, inclusive as crianças, que ao me fazer uma pergunta, esperavam eu pensar ou olhar no meu dicionário qualquer palavra que eu quisesse (lembrando disso agora era extremamente ridículo! Mas era assim que eu fazia rs e quando eu esquecia de levar o dicionário comigo me chamavam a atenção para que eu não esquecesse haha).

Logo quando cheguei também, fomos a uma feira, a mãe postiça, uma amiga dela, o guri do meio, o guri pequeno e eu. O guri pequeno não me dava muito bola, e pra ser mais feliz ainda eu estava com o braço engessado pois tinha quebrado o dedão da mão \o/ Era uma loucurinha de todo mundo tentando fazer dar certo, tentando conversar, tentando achar coisinhas em comum.

Nesse início eu não me sentia muito confortável em quase nada nessas saídas, desde o trajeto no carro (com a impaciência das crianças) até a chegada no lugar o passeio em si.

Em contrapartida, depois de oito meses que eu já estava lá com eles fomos em um Biergarten a família toda, eu, e uns amigos e pareceu super normal com as crianças, com os pais, com os amigos. Tudo questão de tempo, né?

O segredo é ter paciência, dar tempo para as coisas de ajeitarem, tempo para se conhecer, afinal esse é o jeito.

Uma das coisas que aprendi nesse ano como Au Pair é dar tempo para que minha escolha desse certo.

Bom restinho de setembro

Até mês que vem o//

Nenhum comentário:

Postar um comentário