terça-feira, novembro 28, 2017

Venha e vá sem medo!


O medo te paralisa? Desde o começo do meu intercâmbio muita gente me pergunta como é se mudar para um novo país, viver uma nova cultura, ter que se virar em uma língua diferente, não ter família e amigos por perto e até hoje alguns consideram isso tudo coragem enquanto outros, loucura. Pois é...

Tenho um pensamento bem definido sobre o que vivo, mas antes, vou me apresentar. Eu sou a Thaís, 23 anos, estou estreando aqui no blog (que honra ❤) e estou no meu 2º ano de au pair em Danville-CA, sendo que meu 1º foi em Morristown-NJ. Me encontro atualmente na reta final de umas das experiências mais loucas da minha vida, cheia de conquistas, desafios, choros e sorrisos: o intercâmbio de au pair!

Quando decidi que viria, nunca tive dúvidas de que estava pronta pra enfrentar essas mudanças, e sempre vi tudo como um desafio saudável, que iria me fazer crescer e amadurecer. E não deu em outra, vivo em um aprendizado constante, e me orgulho muito da Thaís que me tornei.

Uma Thaís mais forte, mais madura, que toma suas próprias decisões, que cuida de si se não, ninguém fará isso por ela; que aprendeu uma nova língua, fez amigos de várias partes do mundo, que quando caiu aprendeu a se levantar sozinha em outro país; que cuida das crianças como se fossem suas, uma Thaís que pode se tornar mãe hoje que tirará isso de letra, uma Thaís, que na verdade, sem perceber, se tornou mãe sem ser de sangue.

Se lá atrás eu tivesse me deixado levar pelos medos que a vida e a sociedade nos impõe, eu nunca teria vindo, eu não teria me redescoberto, amadurecido, conhecido 3 países, mais de 20 estados americanos, ter tido a amizade de pessoas incríveis, sonhadoras e batalhadores como você, que escolheu deixar tudo e correr atrás do que acredita. E ainda tem gente que diz que estamos perdendo tempo, oi?

Um intercâmbio te transforma, meu caro! As lições e aprendizados que a vida no exterior te ensinam são únicas e inesquecíveis. E sabe sobre o medo de estar longe de tudo e todos? Aprendi que a distância não muda em nada o que é verdadeiro! Os laços familiares estão mais fortes, os amigos de verdade que ficaram estão tão perto quanto antes, e acredite, muita gente começa a torcer e querer fazer parte do seu mundo e você começa a inspirar pessoas a chegarem lá também.

E aí o tempo passa, você se adapta, aceita e se vê satisfeita com sua nova vida, mas chega um novo medo: o medo de voltar! São tantas incertezas que nos cercam, a saudade que apertava de quem ficou no Brasil, agora se torna das pessoas incríveis que cruzaram sua vida por aqui, de tudo que você conquistou, momentos, lugares... um mundo novo que você só conheceu porque não teve medo de vir e se entregar. É um batalhão de sentimentos sem fim, a sensação de que você nunca estará 100% completa em um só lugar mais. E sim, eu que estou na contagem regressiva (5 meses pra partir), estou vivendo exatamente essa fase. E estarei compartilhando tudo isso com vocês!

Temos um encontro marcado todo dia 28, combinado?! 

Então, até mês que vem! Bye!!


Thaís Alencar

Nenhum comentário:

Postar um comentário