quarta-feira, abril 18, 2018

Tragédia durante o programa





Olá!
Como vão?

Quando decidimos ser au pair, nós sabemos que estamos nos submetendo a coisas que estão fora do nosso costume. País novo, cultura nova, situações novas, né?

Geralmente quando digo que passei por situações estranhas durante o programa de au pair, as pessoas não costumam acreditar. Mas gente, sério foi um dia mais estranho que o outro.

Hoje queria falar de uma das situações mais bizarras diferentes que passei com os vizinhos da minha host family.

Logo no meu primeiro mês no EUA, eu estava já no meu quarto pronta para dormir até que começo ouvir barulhos de tiros. Fiquei desesperada, já achava que estava morando com alguma família louca e assassina que matam au pairs como hobby - nem um pouco dramática hahah. 

Resultado de imagem para que tiro foi esse

Como meu quarto ficava no sótão, eu não conseguia identificar se vinha dos andares de baixo da nossa casa ou se vinha da casa do vizinho. Meu quarto não tinha tranca e eu, como não sou tão trouxa, empurrei todos os armários e cômodas na frente da porta, não ia arriscar, né? Não dormi nada naquela noite.

Quando desci logo cedo de manhã vi a família toda chorando, assim como a mãe da família vizinha. Já fiquei com o estômago embrulhado esperando a notícia. Estava já tremendo e quase chorando também até que consegui perguntar o que estava acontecendo.

Eles me olharam e me contaram que houve um acidente na noite anterior e que... a galinha morreu. É, A GALINHA MORREU. A vizinha tinha algumas galinhas no quintal, e um guaxinim apareceu a noite e matou a galinha (uma das preferidas).

Resultado de imagem para galinha

E aí... vestimos preto e fomos para o enterro da galinha. hahahaha sério. A vizinha e os filhos fizeram discurso e tudo mais. E não contente, a vizinha pegou a câmera e ficou tirando foto do funeral.

Eu tive que me segurar para não rir - com todo respeito. E quando não aguentava mais me segurar, comecei a sair e a vizinha brava comigo veio perguntar o por quê eu não ia ficar. Com lágrimas (de riso) nos olhos, falei que ficava muito emotiva enterrando galinhas e que não suportava aquilo.

Resultado de imagem para oscar gif


Vida de au pair não é para qualquer um! Tem que estar preparado para tudo, inclusive funeral de galinha. hahaha


Beijos!


Um comentário: