quarta-feira, junho 23, 2010

Ser intercambista...

Não fui intercambista durante um ano. Eu sou intercambista pelo resto da minha vida. Intercâmbio não é apenas um ano no exterior, é um modo de vida. Estar em intercâmbio é aprender como viver sendo intercambista. É aprender a olhar o mundo de outra maneira. É aprender que o mundo é pequeno o bastante que cabe em seu coração e o seu coração é pequeno o bastante que além de caber o mundo, cabe todas as pessoas que estão dentro dele.

É aprender que você nem sempre tem a resposta para tudo e que nem tudo tem resposta.

É aprender a conviver consigo mesmo e a viver com as outras pessoas. É aprender que você não precisa de companhia para todas as horas e que momentos inesquecíveis também podem ser compartilhados apenas com você e a sua máquina fotográfica. E que outras vezes é bom compartilhar outros momentos inesquecíveis com pessoas inesquecíveis.

É aprender a dar valor a saudades e que um "Tchau" pode ser interpretado com um "See you later!"

É entender que não existe melhor ou pior, mas existe o diferente.

É perceber as pequenas nuances do mundo. Aquelas que antes eram imperceptíveis, e perceber também que você é capaz de tudo, mas é também capaz de nada.

É descobrir que você não precisa agradar a todos e que nem todos precisam lhe agradar. É entender como você é, e não precisar provar isso a ninguém.

É descobrir que uma tarde de domingo só é tediosa se você quiser que seja, e que deitar na cama não significa descanso.

É saber dar valor a um sorriso, um abraço, uma lágrima. É conseguir compreender uma pessoa complicada. E que viver em sociedade significa ter 2 ouvidos e apenas meia boca.

É descobrir que você é a única pessoa que estará ao seu lado para o sempre e não se lamentar por isso. É entender que existem leis na vida e que uma delas é que tudo acaba. Tudo, sempre, acaba. É não espernear por isso, por tudo, realmente acaba.

É descobrir que um filósofo estava certo quando ele disse que nós nunca nos banhamos no mesmo rio 2 vezes e entender que só o tempo encaixa todas as coisas no seus devidos lugares.

É descobrir que melhor amigo não é aquele que está todas as horas ao teu lado, mas é aquele que quando olha em seus olhos sabe o que você sente, e que 10 minutos em silêncio vale mais do que 3 horas de conversa.

Ser intercambista é ter a alma sadia e um sorriso no rosto. É dividir experiências e viver mais outras tantas. E que apesar das derrotas, dos momentos ruins, a vida é cheia de felicidade. Aquela felicidade que vem de dentro.

Intercambista vive a melhor época da VIDA.

Quem disse que a infância é a melhor fase da vida, é porque nunca foi INTERCAMBISTA!!!

‘Guardo as recordações
Das terras por onde passei
E dos amigos que lá deixei’

Texto de autor desconhecido. Se alguém souber a autor por favor informe. O texto foi postado para que não ficasse mais um dia vago no blog... =)

5 comentários:

  1. Lindo DEMAIS!!

    Estou no meu terceiro intercambio, sei MTO BEM de cada palavra que o texto esta falando.. e eh tao verdadeiro, tao real..

    chorei..

    Prestem atencao na parte de que sempre acaba.. SEMPRE!!!

    Aproveitem cada segundo pq tudo vale a pena

    Bjao =)

    ResponderExcluir
  2. Lindo...
    Eu quero muitoo ter essa vida, conhecer pessoas e lugares *-*

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito o texto... É uma lição de vida... bjos

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. O texto é do genial Luís Gonzaga:

    VIDA DE VIAJANTE

    Minha vida é andar
    Por este país
    Prá ver se um dia
    Descanso feliz
    Guardando a recordação
    Das terras onde passei
    Andando pelos sertões
    Dos amigos que lá deixei...

    Chuva e sol
    Poeira e carvão
    Longe de casa
    Sigo o roteiro
    Mais uma estação

    E a saudade no coração...

    Mar e terra
    Inverno e verão
    Mostro um sorriso
    Mostro alegria
    Mas eu mesmo não

    E a saudade no coração...

    ResponderExcluir