segunda-feira, fevereiro 07, 2011

Não sei sobre o que falar - por Monick Vasconcelos

Gostaria de começar pedindo desculpa, geralmente eu penso em algum tema legal, mas ultimamente ando sem cabeça para nada. Completei os 9 meses aqui, não sei se devo ir ou ficar, e o que mais me assusta é que apesar de sentir muita falta de casa e da minha vida social no Brasil, vejo sei lá, 97% das que voltam, se arrependerem. Sinto inveja quando vejo alguém tão decidido: vou ficar! Vou voltar! Todo dia mudo de opinião. Eu sou formada no Brasil, mas venhamos e convenhamos, o mercado não anda lá aquelas coisas. Aí fico pensando: se eu voltar e ficar desempregada? Mas do que me adianta experiência de babá no currículo? Por mais que a gente estude, e tenha milhões de cursos, no Brasil a maioria das empresas querem é experiência. Tenho 23 anos, sinto o peso da idade chegando, queria começar a ter uma certa independência, mas não sei por onde começar. Aí vem a velha questão do inglês, um ano não é tempo suficiente... Deveria ficar e melhorar mais. O fato é que quando você mora fora do seu país, você acaba se acostumando com coisas do novo, e às vezes é difícil perder o costume. Celular ilimitado, carro automático, fast food barato, máquina de lavar louças, secadora. Quer queira, quer não, nos acostumamos com certos mimos americanos, e o que acontece quando a gente volta, é que tendemos a ficar mais rabugentos. Reclamar mais das coisas. Eu tenho um ex namorado que fez high school aqui, a frase da vida dele é "Mas nos Estados Unidos é assim e assado." Believe me, isso irrita. Mas infelizmente não podemos assistir as nossas vidas, bom, se eu voltar pro Brasil o que vai acontecer? Liga a tv, e se vê lá. E se eu ficar? Liga a tv e se vê. Não é assim. Minha host family me prometeu 3 meses no Brasil, poder passar todo o verão e voltar em Setembro e ficar até Maio. Seria bom pra me dar uma perspectiva, mas não sei se compensa 3 meses no paraíso e 9 no inferno.
Para acabar de destruir meus sonhos, meu namorado (não o que fez high school), mas o que me acompanhava pelos últimos 3 anos, decidiu acabar comigo. Eu já fiz um post sobre vir namorando, e realmente não me arrependo. Foi ele quem me ajudou em todas as noites tristes e foi pra ele quem eu passei 9 meses reclamando do quanto tudo era ruim e do quanto me sentia só. Mas enfim, teve seu fim. Se tem meninas que pensam em vir namorando, não achem loucura. (:
Ah, outra coisa que eu queria falar faz um tempo, é de como entrar em contato com o Brasil. Meses atrás eu descobri uma empresa chamada 012 Global. Funciona como crédito, você põe no seu cartão, fala com uma gravação. É simples, rápido e funciona a qualquer hora do dia. A melhor parte? Você pode receber ligações do Brasil no seu celular, e dependendo de onde você for, cobra como ligação local pra eles ou interurbano. Às vezes eu ligo pro cel da minha melhor amiga, do meu irmão, do meu pai... É bom pra não se sentir tão só. Não sei se tem outras empresas com a mesma facilidade, mas eu gostei dessa porque você pode receber ligações.
No meu último post eu falei sobre ir ao médico, mas agora vou falar algo que descobri. Tem uma coisa aqui chamada 'free care', não sei se só em Massachusetts ou em todo país, mas minhas amigas estão indo aos médicos de graça, fazendo exames e tudo mais. Basta levar uma carta falando que você é pobre. Rs.
Encerrarei sem pé nem cabeça mesmo. Mas como esqueci mês passado, desejo à todos os leitores do blog um excelente ano e que todos consigam realizar seus sonhos.

Monick Vasconcelos.

5 comentários :

  1. Oi Monick, tudo bem?!
    Apesar de não estar aí, acredito que a decisão entre extender ou não é a mais difícil de todas, mas sendo vc formada, não há com o que se preocupar, pois a experiência que o mercado de trabalho pede, não está restrita apenas à área de atuação e, sim ao conjunto delas. Cá pra nós, ir para outro país, passar um ano trabalhando lá, vivenciando outra cultura, adaptando-se a ela, enriquece muito seu currículo, as vezes até mais que uma experiência qq na própria área. É uma experiência enriquecedora e que poucos têm. Aproveite-se disso e tenha segurança e foco que, com certeza vc terá sucesso em seu país. Se isso for o que vc quer por agora...
    Espero não ter lhe confundido mais.
    Beijos, Sah

    ResponderExcluir
  2. Monick
    Essa incerteza eh normal, eu ja voltei pro Brasil faz 1 ano e ainda nao sei se minha vida eh aqui ou ai .
    E quanto ao seu ex namorado falar que la nos EUA isso ou aquilo , se prepare pq vc vai fazera mesma coisa memso nao querendo e sim vai acabar irritando as pessoas hauahaua eh quase inevitavel isso , a comparação é praticamente innevitável.
    E assim , acho que vc devia ficar pelo menos mais 6 meses pq ??? quando vc voltar para o Brasil e se arrepender nao vai ter mais como voltar como au pair e dai ja sabe que eh bem mais caro. Enfim conselho que eu dou, aproveite ao máximo pq mais 6 meses aqui ou ai nao vai fazer mta diferença no seu currículo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ahhhh esqueci de dizer que concordo com a Sabrina que postou ai.
    Eu sou um exemplo disso, estou terminando minha faculdade de Publicidade e Propaganda ( pq tranquei pra viajar) e nao tinha experiencia nenhuma na area. Fui contrata pra trabalhar em uma agencia pela minha experiencia de vida.
    Pelo meu perfil pessoal mesmo, tanto que a minha entrevista se baseou em eu contar oq eu vivi em 2 anos morando fora.
    E a pessoa que me entrevistou falou que as vezes mais vale a experiencia de vida de uma pessoas do que alguem com experiencia na area mas que nao fez nada na vida.

    Espero ter ajudado em alguma coisa hehehe

    ResponderExcluir
  4. uau, 3 meses no brasil? sounds great mas bem quando vc tiver acostumando, BUM: hora de voltar pra "realidade". acho que vai doer mais que ir 1, 2 semanas...
    n sei como é a sua família, e agora que o namorado a deixou, pq n cogitar estender? eu se pudesse n ia embora rs btw, admiro muito quem vem namorando, n é pra mim AT ALL :(
    boa sorte na decisãoo
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oii... =]
    Comentário nada a ver com o post d hoje.. é mais um pedido de ajuda...
    Tenho uma conhecida q está em NY e está em REMATCH, e precisa encontrar uma família até amanhã (sexta, dia 11)...
    Se você, ou alguem que ler esse recado puder ajudar, entre em contato com ela por favor...
    O e-mail é kmb17bra@yahoo.com.br e o facebook é http://www.facebook.com/?ref=home#!/profile.php?id=1233430439&sk=info
    Muito obrigada!!!
    Deus abençoe...
    Bjos...

    ResponderExcluir